Quinta, 10 Agosto 2017 18:07

Orçamento das universidades federais é tema de reuniões em Brasília

Reitora da Unifesp, Soraya Smaili, participou de reuniões na Andifes e no MEC para definição da verba de 2018

Por José Luiz Guerra

A reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Soraya Smaili, participou, na manhã do último dia 9 de agosto, de reuniões em Brasília, com o intuito de discutir junto à Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), à Secretaria de Educação Superior (SESu) e ao Ministério da Educação (MEC) o orçamento das universidades federais para o próximo ano.

Além de Soraya, participaram das reuniões, por parte da comissão de Orçamento da Andifes, o presidente, Orlando do Amaral (UFG) e os reitores membros João Carlos da Silva (UFBA), Sérgio Cerqueira (UFSJ), Roberto Leher (UFRJ), Jaime Giolo (UFFS), Paulo Márcio e Silva (UNIFAL-MG) e Pedro Hallal (UFPel). Por parte da SESu estiveram o secretário, Paulo Barone, o diretor de Desenvolvimento da Rede de Instituições Federais de Ensino Superior Mauro Rabelo e o coordenador-geral de Planejamento e Orçamento das Instituições Federais de Ensino, Weber Gomes de Souza, além de assessoras do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os dirigentes das universidades federais apresentaram aos membros do MEC e da SESU a atual situação das instituições, que passam por severa restrição no orçamento, tanto de custeio quanto de capital.

Em linhas gerais, a intenção é a de que, com base no Censo 2016, o orçamento das universidades não sofra cortes em relação aos anos anteriores, mantendo o orçamento global de R$ 3,283 bilhões, acrescentando a este os recursos do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni). Também foi solicitada a correção do montante global da Matriz Andifes, utilizada como base para a distribuição dos recursos financeiros, com base no orçamento de 2016, corrigindo-o pelos índices inflacionários dos períodos de 2015 para 2016 e de 2016 para 2017 e pelo crescimento do sistema em termos do número de alunos equivalentes.

O grupo também mostrou-se preocupado com a verba destinada ao Programa Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), fundamental, principalmente, para os estudantes em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica. Foi apontada a necessidade de um aporte adicional para garantir os recursos futuros.

Soraya Smaili avaliou as reuniões como positivas e que apontam avanços para a Unifesp. “O trabalho foi produtivo e todos, incluindo o MEC, trabalhamos para que não haja perdas em 2018 e para que tenhamos a correção dos valores perdidos em 2017, visando também uma distribuição mais justa dos recursos, já que a matriz está sendo aprimorada”, completou a reitora.

Reunião da Comissão de Orçamento da Andifes
Reunião da Comissão de Orçamento da Andifes

Reunião da Comissão de Orçamento da Andifes

Reunião da Comissão de Orçamento da Andifes

Lido 1249 vezes Última modificação em Sexta, 25 Agosto 2017 11:11

Mídia

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse