Quinta, 30 Novembro 2017 14:21

Unifesp obtém nota máxima no IGC

Instituição é a sexta melhor universidade dentre as 12 com conceito máximo no país

Por José Luiz Guerra

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) obteve pelo quarto ano consecutivo o conceito máximo (5) no Índice Geral de Cursos (IGC) referente ao ano de 2016, elaborado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que é ligado ao Ministério da Educação (MEC).

Durante o ciclo avaliativo, que compreendeu os anos de 2014, 2015 e 2016, a Unifesp teve os seguintes cursos de graduação avaliados, totalizando 31: Campus Baixada Santista: Educação Física (Bacharelado), Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Serviço Social; Campus Diadema: Ciências Biológicas (Bacharelado), Engenharia Química, Farmácia e Química (Bacharelado); Campus Guarulhos: Ciências Sociais (Bacharelado e Licenciatura), Filosofia (Bacharelado e Licenciatura), História (Bacharelado e Licenciatura), Letras-Português (Bacharelado e Licenciatura), Letras-Português e Inglês (Licenciatura), Letras-Português e Espanhol (Licenciatura) e Pedagogia (Licenciatura); Campus Osasco: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Relações Internacionais; Campus São José dos Campos: Ciência da Computação (Bacharelado) e Matemática (Bacharelado); Campus São Paulo: Ciências Biológicas - Modalidade Médica, Enfermagem, Fonoaudiologia, Medicina e Tecnologia em Radiologia.

A pró-reitora de Graduação da Unifesp, Isabel Quadros, explica que o cálculo do IGC engloba os conceitos dos cursos de graduação e dos programas de pós-graduação (mestrado e doutorado), que por sua vez levam em consideração o desempenho dos estudantes, as condições de infraestrutura e instalações, a formação e produção do corpo docente, organização didático-pedagógica dos cursos, entre outros fatores. Ela celebrou a obtenção da nota máxima. “Apenas 12 universidades no país obtiveram conceito 5 em 2016, e a Unifesp é uma delas, mantendo o conceito máximo obtido no ano anterior, quando realizado o recredenciamento institucional da universidade pelo MEC”.

Em 2016, foram avaliados os bacharelados nas grandes áreas de Saúde, Ciências Agrárias e áreas afins e os cursos tecnológicos relacionados às áreas de Ambiente e Saúde, Produção Alimentícia, Recursos Naturais, Militar e Segurança. Esse universo representou 18 áreas de avaliação, 4.300 cursos e 195.757 alunos participantes do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

A nota do IGC varia de 1 a 5, sendo que 4 e 5 são consideradas excelentes e notas abaixo de 3, insatisfatórias. As instituições que obtiveram notas menores do que 3 ficam impossibilitadas de abrir novos campi, cursos ou aumentar o número de vagas, além de sofrerem redução de vagas já existentes ou ainda ter processos seletivos suspensos.

Confira as notas obtidas pela universidade desde 2010:

Ano do IGC

Nota

2016

5

2015

5

2014

5

2013

5

2012

4

2011

5

2010

5

 

 

Lido 1379 vezes Última modificação em Terça, 12 Dezembro 2017 11:34

Mídia

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse