Quarta, 17 Junho 2020 09:53

Pesquisa da Unifesp busca avaliar ação de enzima na replicação do novo coronavírus

Resultados poderão nortear estratégias de tratamento contra a infecção e propagação do vírus

Por José Luiz Guerra 

Um estudo conduzido pelo Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (ICT/Unifesp) - Campus São José dos Campos está analisando a ação de uma enzima (protease Mpro) no processo de replicação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

André Zelanis, docente do ICT/unifesp e pesquisador responsável pelo trabalho, explica que o objetivo principal do estudo é identificar alvos moleculares da protease Mpro do Sars-CoV-2 em culturas de células pulmonares humanas. "Devido à sua importante participação na reação química de proteínas essenciais para a replicação viral, a protease Mpro compreende um importante alvo terapêutico contra coronavírus". A proteína utilizada no estudo é produzida em laboratório pelo docente Martin Wurtele e pela pesquisadora Gloria Gallo, ambos do ICT/Unifesp.

Zelanis espera que resultados obtidos tenham o potencial de nortear estratégias de intervenção terapêutica para contenção da infecção e propagação viral, com possíveis implicações no controle da pandemia.

 

Lido 876 vezes Última modificação em Terça, 21 Julho 2020 17:37

Mídia