Bases de dados de e-books (livros digitais)

Os livros digitais são recursos informacionais que vêm sendo incluídos nas bibliotecas nos últimos anos. Os principais modelos de negócios existentes são aquisição perpétua, assinatura, DDA (Demand Driven Acquisition) e STL (Short Term Loans), com possibilidade de variações de acordo com o fornecedor contratado. As restrições de acesso impostas pelos fornecedores (editores, distribuidores, agregadores, autores etc.) visam a proteção do conteúdo em relação a utilizações indevidas. O temor da pirataria resultou em apreensão e enrijecimento do mercado editorial na oferta de livros digitais para bibliotecas (Sibert, 2011, apud Serra, 2014)

Os livros digitais têm-se mostrado como recursos de importante aplicação no ensino e devem vir a ser cada vez mais presentes nos acervos das bibliotecas”. (SERRA, 2014, p.17)

 

Abaixo, é possível encontrar plataformas que oferecem livros digitais (e-books) em formato aberto (open access) e restrito (via parceria com o Portal de Periódicos CAPES ou por assinatura perpétua da Biblioteca da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas):

 

 

  • Portal de Periódicos CAPES: Oferece livros eletrônicos nas áreas de Biológicas, Exatas, Psicologia, Saúde, Engenharias, Tecnologia, Educação e Humanidades. 

    Opção de acesso remoto a esta base: Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp)

 

  • JSTOR: Mais de 90.000 e-books, sendo 6.000 em formato open access, nas áreas de História, Língua e Literatura, Filosofia, Ciências Políticas, Religião e Sociologia. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Minha Biblioteca: Disponibiliza livros técnicos e acadêmicos, de 12 editoras e 15 selos editoriais, nas áreas de Medicina, Saúde, Exatas, Jurídica, Sociais Aplicadas, Pedagogia, Letras e Artes. – São 9250 licenças de acesso. A pesquisa é integrada ao catálogo online Unifesp e o acesso também se dá através do login do catálogo.

 

  • Pearson: Oferece acesso ilimitado a mais de 8.000 e-books de várias áreas do conhecimento. O acesso é realizado pelo login no catálogo online da Unifesp e a busca pode ser realizada no catálogo com a escolha do filtro “Coleção Pearson” que aparece no canto direito da tela.

 

  • ProQuest: Mais de 25.000 livros nas áreas de Negócios, Finanças, Marketing, Liderança, Economia, Psicologia e Comportamento Organizacional, Capitalismo, Política Monetária, História Econômica e Informação Tecnológica.

 

  • EEBO: Oferece milhares de e-books nas áreas de Literatura Inglesa, História, Filosofia, Linguística, Política e Religião. Opção de acesso remoto a esta base: VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

 

  • The Making of the Modern World: Oferece acesso a livros raros sobre a Revolução Industrial, a expansão do comércio mundial e o desenvolvimento do capitalismo moderno entre os séculos 15 e 19. Opção de acesso remoto a esta base: VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Gale eBooks: Mais de 500 livros nas áreas de Artes, Negócios, Educação, Ciência, Direito, Medicina, História, Literatura, Estudos Culturais e Ciências Sociais. Opção de acesso remoto a esta base: VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Wiley Online Library: Mais de 22.000 livros nas áreas de Artes, Humanidades, Psicologia, Direito, Ciências Sociais, entre outras. O acesso se dá via Portal de Periódicos CAPES. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

 

  • Cambridge Books: Mais de 80 livros e 3.000 capítulos de livros nas áreas de História, Literatura, Filosofia, Sociologia, Arqueologia, Religião, Antropologia.  Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Cambridge Library Collection: Coleção de livros raros da Cambridge University Library e outras instituições mundialmente conhecidas. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Cambridge Handbooks in Language and Linguistics: Oferece manuais nas áreas de Língua e Linguística e no estudo de idiomas. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • DOAB – Directory of Open Access Books: O Directory of Open Access Books (DOAB) é um serviço conjunto da OAPEN, OpenEdition, CNRS e Aix-Marseille Université. Oferece mais de 29 mil livros acadêmicos revisados ​​por pares de 390 editoras. O acesso é aberto.

 

  • Free-Ebooks.net: Milhares de livros em acesso aberto nas cateogrias Ficção, Não-ficção (Educação, História, Filosofia, Política, Religião, entre outras), Acadêmicos, Manuais, Clássicos e Áudiobooks.

 

  • Knowledge Unlatched: São mais de 1700 títulos desbloqueados. Cobre as áreas de Antropologia, Estudos de Mídia, Comunicação & Cultura, Língua Inglesa & Literatura, História, Línguas e Linguística, Estudos Internacionais, Política, Sociologia. A pesquisa está integrada ao catálogo online da Unifesp e o acesso é aberto.

 

  • Ebook Collective: Oferecem acesso aberto a centenas de livros na área de Literatura Esquerdista.

 

  • MLA Bibliography: Base referencial. Oferece acesso à referência de mais de 250.000 livros nas áreas de literatura, linguagem e linguística, folclore, cinema, teoria literária e crítica, artes dramáticas, bem como os aspectos históricos da impressão e publicação. OBS: o acesso ao texto completo pode não estar disponível. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Project MUSE: Oferece acesso aberto a mais de 3.000 livros nas áreas de História, Ciências Sociais, Literatura, Educação, Filosofia, Religião, Artes, Língua, Linguística, Antropologia, Estudos de Gênero, Folclore, entre outras.

 

  • Oapen Library: Oferece acesso aberto a livros em vários idiomas e de todas as áreas do conhecimento.

 

  • OECD Library: Todos os anos, cerca de 300 novos títulos são publicados via OECD iLibrary associados aos seguintes temas: Agricultura e Alimentação, Desenvolvimento, Economia, Educação, Emprego, Energia, Meio Ambiente, Finanças e Investimento, Governança, Indústria e Serviços, Energia nuclear, Ciência e Tecnologia, Questões Sociais / Migração / Saúde, Tributação, Comércio, Transporte, Desenvolvimento Urbano, Rural e Regional. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • The Online Books Page: Milhões de livros em acesso aberto nas áreas de Filosofia, Religião, História, Antropologia, Folclore, Ciências Sociais, Ciências Políticas, Direito, Educação, Artes, Literatura, entre outras.

 

  • Oxford Reference: Promove acesso a algumas obras de referência (dicionários e enciclopédias) sobre Música. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Project Gutenberg: O Project Gutenberg é uma biblioteca com mais de 60.000 eBooks gratuitos. Escolha entre epub e eBooks Kindle gratuitos, baixe-os ou leia-os online. Você encontrará a grande literatura mundial aqui, com foco em trabalhos mais antigos para os quais os direitos autorais dos EUA expiraram.

 

  • EconPapers: Livros e capítulos de livros na área de Economia.

 

  • IDEAS: Uma compilação de sites e bases de dados em acesso aberto com livros na área de Economia.

 

  • SocINDEX with full text: Milhares de livros na área de Sociologia. Opções de acesso remoto a esta base: 1- Acesso Cafe (através de usuário e senha da Intranet Unifesp) ou 2- VPN (instale de acordo com o sistema operacional do seu computador)

 

  • Science Open: Uma plataforma de pesquisa e descoberta que oferece acesso aberto a centenas de livros.

 

 

  • Open Research Library: A Open Research Library (ORL) foi planejada para incluir todo o conteúdo de livros com acesso aberto em todo o mundo em uma plataforma para descoberta amigável, oferecendo uma experiência perfeita de navegação em mais de 20.000 livros. Há conteúdos nas áreas de: Arte, Arquitetura, Design, Educação,Estudos de Língua Estrangeiras, História, Literatura, Crítica Literária, Música, Filosofia, Fotografia, Poesia, Ciências Políticas, Religião, Ciências Sociais, entre outras.

 

 

  • Editora FGV: disponibiliza alguns livros, em acesso aberto, nas áreas de Administração, Administração pública, Antropologia, Arquivologia, Arte e Biografia, Ciência política, Comunicação e Educação, Contabilidade e Finanças, Direito, Economia, Filosofia, Gestão de pessoas, História, Marketing, Matemática, Relações internacionais, Responsabilidade social e ambiental e Sociologia.

 

  • Editora UFSC: disponibiliza alguns livros, em acesso aberto, em diversas áreas do conhecimento.

 

  • Editoras universitárias brasileiras: planilha com os e-books de acesso aberto publicados por editoras universitárias brasileiras em todas as áreas do conhecimento. A planilha está organizada por área do conhecimento e em constante atualização.

 

 

  • Portal Domínio Público: Obras que se encontram em domínio público ou que contam com a devida licença por parte dos titulares dos direitos autorais.

 

 

  • Porto Livre Fiocruz: livros, em acesso aberto, nas áreas de Comunicação, Saúde Coletiva, Tecnologia da Informação e Comunicação, Educação, Informação e Comunicação em Saúde, Ciência da Informação, Direito, Biblioteconomia, Política Pública e Ciência da Computação

 

  • Portcom: Abarca publicações na área de Ciências da Comunicação

 

  • Scielo Livros: livros em acesso aberto, em várias áreas do conhecimento, editados, prioritariamente, por instituições acadêmicas

 

 

REFERÊNCIA:

SERRA, Liliana Giusti. Política para a gestão de livros digitais: a formação do bibliotecário e dos usuários. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, Marília, v. 8, n. 1, p. 1-18, 2014. Disponível em: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/bjis/article/view/4253/3092. Acesso em: 26 ago. 2020

ISSN - orientações

Prezada(o) usuária(o),

 

Conforme orientação dada pela Comissão Brasileira do ISSN (CBISSN), sediada no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), a publicação objeto da solicitação do ISSN deve estar disponibilizada em uma plataforma web exclusiva (site). No intuito de apoiar a elaboração da plataforma, indicamos alguns modelos de sites, os quais podem nortear a estruturação de um repositório específico às publicações periódicas (revistas, anais de evento, entre outras), requisito necessário na solicitação do ISSN. No caso do sistema, ele se chama Open Journal System (OJS), e é uma plataforma muito utilizada no gerenciamento de publicações periódicas de acesso aberto, abrangendo assim as edições anteriores e as próximas.

Recomendações de plataformas e cursos na implantação de um repositório/site dedicado à publicação:

- Guia do usuário OJS (Open Journal System);

- PKP School - Flujo de trabajo editorial en OJS 3 (este link refere-se ao curso oferecido pelo Public Knowledge Project na modalidade EaD acerca dos fluxos de publicação desenhados à última versão do OJS);

- Curso Revista Científica: qualificação de novos editores (curso na modalidade EaD oferecido pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, o qual habilita uma formação de editores na utilização do OJS);

- http://coneci.com.br/anais/;

- https://www.ebegeo.com/anais;

- https://www.revistas.ufg.br/ijaeedu/index;

- http://www.seer.ufms.br/index.php/ENAPHEM/index.

Quando a publicação estiver disponível, recomendamos que vocês procurem o IBICT acerca do pedido do número do ISSN. Para informações, acesse o site: http://cbissn.ibict.br/index.php. No menu principal à esquerda, clique na opção "Solicitar ISSN", lá haverá indicações do processo de pedido do número do ISSN junto ao IBICT, bem como os documentos necessários e os meios de envio da documentação.

Aproveite e conheça o Portal de Periódicos UNIFESP

Quaisquer dúvidas sobre o processo, contate-nos pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Usando o modelo de trabalho acadêmico (Writer)

Introdução

Este guia tem por objetivo orientar ao uso do modelo de monografia da EFLCH/UNIFESP (versão 3) usando o arquivo EFLCH_Monografia_Writer_v3.ott para LibreOffice Writer.

O modelo é um arquivo contendo, na medida do possível, toda a pré-estrutura e formatação exigida pelo Manual de normalização de trabalhos acadêmicos da EFLCH/UNIFESP. Este guia mostrará como estruturar e formatar seu trabalho de forma simples.

As normas utilizadas para a formatação e estrutura deste modelo são: ABNT NBR 6023:2018, 14724:2011, 6024:2012, 6027:2012, 6028:2003, 10520:2002 e IBGE Normas de apresentação tabular, 1993.

Este guia não substitui e não exemplifica o Manual de normalização. Este guia não pretende ser um manual de uso do Writer.

Requisitos

O modelo com extensão .ott poderá ser usado no programa LibreOffice Writer e foi testado na versão 6.2. Presume-se que o arquivo possa também ser usado no OpenOffice e em outros programas que utilizam esse tipo de arquivo, mas pode haver problemas de compatibilidade.

Para maior entendimento deste guia, presume-se que o usuário tenha conhecimentos básicos de informática e do programa Writer.

Convenções

Neste guia, as sequências de comandos serão descritas como comando 1 > comando 2 > etc. Ex.: Referências > Inserir Citação. Significa clicar no menu Referências e depois em Citação.

Os atalhos (combinação de teclas do teclado) serão descritas como tecla 1+tecla 2. Ex.: Ctrl+C (significa segurar a tecla Ctrl e depois apertar a tecla C).

Configurações iniciais

Baixe o arquivo disponível no site da biblioteca. Abra o arquivo no Writer.

Para usar todos os recursos descritos neste guia, você deve salvar o trabalho com o formato .odt.

Inserindo metadados

Metadados são informações sobre seu trabalho (autoria, título, ano de apresentação etc.). Essas informações serão atualizadas automaticamente no documento, dessa forma você não precisará, por exemplo, repetir o título na capa, folha de rosto etc.

Acessando as propriedades personalizadas no Writer: Clique no menu Arquivo > Propriedades. Clique na aba Propriedades personalizadas.

Alterando os metadados: Para alterar os metadados, em cada registro, no campo Valor digite a informação necessária. Depois de preencher todos os campos, clique em OK.

Quadro 1 - Metadados

Propriedade

Descrição

Exemplo

Ano

Ano de apresentação

2012

AutorNome

Prenomes e sobrenome do meio

Adhemar Ferreira da

AutorSobrenome

Sobrenome (como em citação)

Silva

Cidade

Local da instituição

Guarulhos

Curso

Curso de graduação

História

Instituição1

Instituição “primeiro nível”

Universidade Federal de São Paulo

Instituição2

Instituição “segundo nível”

Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Orientador

Nome do orientador

Dietrich Gerner

Subtítulo

subtítulo do trabalho

resgate para novas políticas educacionais

Título

Título do trabalho

História do esporte e do lazer

 

Por padrão, um campo automático fica com o fundo cinza. Não o altere diretamente. Quando precisar atualizar uma informação, basta voltar ao quadro de propriedades e alterar a informação desejada.

Estruturando seu trabalho

Depois de inserir os metadados, o próximo passo é alterar outras informações no trabalho. Substitua as informações que estão entre colchetes.

Os itens opcionais, como lista de ilustrações, podem ser apagados se não forem usados.

Copiando texto de outro documento

Para copiar texto de outro documento, recomendamos que você use o comando Colar Especial (Editar > Colar Especial), selecionando a opção “Texto sem formatação”.

Outra opção (menos recomendável) é colar normalmente e depois aplicar os estilos padrão do modelo.

Estilos

Ao redigir seu trabalho, recomenda-se que você use os estilos disponíveis no modelo. Um estilo é um formato pré-definido de tipo, tamanho, espaçamento, numeração etc. Por exemplo, ao usar o estilo Título 1 para marcar uma seção primária do seu trabalho, toda a formatação necessária (como iniciar em uma nova página) será aplicada automaticamente.

Os estilos estão disponíveis na barra de ferramentas. Se você clicar no botão writer icone estilos a janela de estilos e formatação aparecerá.

Praticamente não há necessidade de formatar o texto usando as opções de caractere ou parágrafo. As únicas exceções são as ênfases (itálico e negrito), caracteres especiais, subscrito e sobrescrito. Não é recomendado alterar tamanho da fonte, cor etc. para que o texto não fuja do padrão estabelecido pelo Manual de normalização de trabalhos acadêmicos. Mas, se você quiser, por exemplo, mudar o alinhamento do texto, modifique o estilo para que o trabalho todo seja atualizado automaticamente.

Quadro 2 - Estilos disponíveis

Estilo

Descrição

Estilo padrão

Texto do trabalho

Título 1 a 5

Seção e subseções (primária a quinária)

Lista 1

Alíneas e subalíneas*

Citação

Citação com mais de três linhas

Bibliografia

Referência bibliográfica

Ilustração

Imagens e gráficos

Título de tabela

Cabeçalho da tabela/quadro

Conteúdo da tabela

Células da tabela/quadro

Legenda

Descrição de ilustração/tabela/quadro

Fonte

Fonte e nota de ilustração/tabela/quadro

Sem espaçamento

Para uso em lista de abreviaturas/siglas/símbolos e glossário

Pré-textual > Título

Título de elemento pré-textual (ex.: Resumo)

Pós-textual > Título

Título de elemento pós-textual (ex.: Referências)

*Para transformar uma alínea em subalínea, no início do texto aperte a tecla Tab. Para fazer o inverso, aperte a combinação Shift+Tab. Não use as opções numeração e marcadores da barra de ferramentas.

Para aplicar um estilo, posicione o cursor do mouse sobre uma parte do texto a ser formatado e selecione/clique duplo o estilo desejado.

Inserindo ilustrações

Clique em Inserir > Figura > De um arquivo... Selecione a ilustração e clique em Abrir. É obrigatório colocar a descrição e a fonte da ilustração.

A descrição da ilustração deve ficar acima desta. Para inseri-la, clique com o botão direito sobre a ilustração e selecione Legenda... Edite os seguintes campos:

    a) Legenda: título/descrição da ilustração;

    b) Categoria: selecione a categoria*. Você também pode criar uma;

    c) Numeração: Arábico;

    d) Separador: dois pontos e espaço [: ]

    e) Posição: Acima**

* Desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, retrato, figura, imagem etc.

** Devido a um problema no próprio software, a imagem poderá encobrir o texto abaixo dela. Uma solução é adicionar quebras de linha para que o texto reapareça abaixo da ilustração.

Abaixo da ilustração digite Fonte: e indique a fonte da ilustração. Depois aplique o estilo “Fonte”.

Notas opcionais podem ser inseridas abaixo da fonte, usando-se o mesmo estilo.

Abaixo da ilustração é obrigatório informar a fonte da mesma. Notas opcionais podem ser inseridas abaixo.

Inserindo tabelas ou quadros

A tabela se distingue do quadro por apresentar dados estatísticos. No modelo há um exemplo de cada tipo. Você pode salvá-los como AutoTexto e utilizá-los quando precisar.

Para salvar a tabela como AutoTexto, selecione a tabela (incluindo a legenda e a fonte) e clique em Editar > AutoTexto. No campo Nome digite Tabela, selecione a lista Meu AutoTexto, depois clique em AutoTexto > Novo. Faça o mesmo com o quadro.

Quando quiser inserir uma tabela/quadro em seu trabalho, clique em Editar > Autotexto, selecione Meu AutoTexto > Tabela/Quadro e clique em Inserir.

A descrição e a fonte são itens obrigatórios.

Inserindo referências bibliográficas

O uso de gerenciadores de referências está fora do escopo deste guia, porém recomendamos o uso de um. Há várias opções disponíveis, como o Zotero. Lembramos que a norma a ser utilizada no seu trabalho é a ABNT NBR 6023, e os gerenciadores citados requerem a importação do formato ABNT. Ver: https://www.zotero.org/styles?q=abnt.

 

Usando o modelo de trabalho acadêmico (Word)

Introdução

Este guia tem por objetivo orientar ao uso do modelo de monografia da EFLCH/UNIFESP (versão 3) usando o arquivo EFLCH_Monografia_Word_v3.dotx para Microsoft Word.

O modelo é um arquivo contendo, na medida do possível, toda a pré-estrutura e formatação exigida pelo Manual de normalização de trabalhos acadêmicos da EFLCH/UNIFESP. Este guia mostrará como estruturar e formatar seu trabalho de forma simples.

As normas utilizadas para a formatação e estrutura deste modelo são: ABNT NBR 6023:2018, 14724:2011, 6024:2012, 6027:2012, 6028:2003, 10520:2002 e IBGE Normas de apresentação tabular, 1993.

Este guia não substitui e não exemplifica o Manual de normalização. Este guia não pretende ser um manual de uso do Word.

Requisitos

O modelo com extensão .dotx poderá ser usado no programa MS Word 2007 ou versão mais recente. Este modelo não é compatível com o Word online.

Para maior entendimento deste guia, presume-se que o usuário tenha conhecimentos básicos do sistema Windows e do programa Word.

Convenções

Neste guia, as sequências de comandos serão descritas como comando 1 > comando 2 > etc. Ex.: Referências > Inserir Citação > Adicionar Nova Fonte Bibliográfica. Significa clicar no menu Referências, depois em Citação e depois em Adicionar…

Os atalhos (combinação de teclas do teclado) serão descritas como tecla 1+tecla 2. Ex.: Ctrl+C (significa segurar a tecla Ctrl e depois apertar a tecla C).

Todos os comandos se referirão à versão 2007, exceto quando outra versão for explicitamente indicada. Os comandos nas outras versões poderão ser diferentes.

Configurações iniciais

Baixe o arquivo disponível no site da biblioteca. Abra o arquivo no Word.

Para usar todos os recursos descritos neste guia, você deve salvar o trabalho com o formato .docx.

Inserindo metadados

Metadados são informações sobre seu trabalho (autoria, título, ano de apresentação etc.). Essas informações serão atualizadas automaticamente no documento, dessa forma você não precisará, por exemplo, repetir o título na capa, folha de rosto, catalogação-na-publicação etc.

Acessando as propriedades avançadas no Word 2007: Clique no botão do Office (botão redondo no canto superior esquerdo), depois em Preparar > Propriedades. Clique em Propriedades do Documento > Propriedades Avançadas. Clique na aba Personalizar.

Acessando as propriedades avançadas no Word 2010: Clique no menu Arquivo e depois na aba Informações. No lado direito clique em Propriedades > Propriedades Avançadas. Clique na aba Personalizar.

word propriedades

Alterando os metadados: Para alterar os metadados, a) clique em uma das propriedades (ex.: Sobrenome); b) no campo Valor digite a informação necessária (ex.: Silva); c) clique no botão Modificar (ou tecle Enter). Atenção: se você não clicar neste botão, a informação inserida se perderá.

Se algum campo não for usado (ex.: Subtítulo, AssuntoB, Assunto C), preencha o campo Valor com um espaço. Atenção: Se você não colocar nada o campo desaparecerá e o documento apresentará erros. Neste caso, você deve reinserir a propriedade. No campo Nome digite o rótulo exatamente como era (veja quadro abaixo), digite um espaço no campo Valor e clique em Adicionar.

Quadro 1 - Metadados

Propriedade Descrição Exemplo
Sobrenome Sobrenome (como em citação) Silva
Nome Prenome e sobrenome do meio Adhemar Ferreira da
Título Título do trabalho História do esporte e do lazer
Subtítulo subtítulo do trabalho resgate para novas políticas educacionais
Ano Ano de apresentação 2012
Trabalho Tipo de trabalho Dissertação/Tese/Trabalho de conclusão de curso
Grau Título a ser obtido Bacharel
Habilitação Modalidade do curso Bacharelado
Curso Curso de graduação História
Concentração Área de concentração Poder, Cultura e Saberes
Orientador Nome do orientador Dietrich Gerner
Coorientador Nome do coorientador Samuel Wainer
Instituição1 Instituição “primeiro nível” Universidade Federal de São Paulo
Instituição2 Instituição “segundo nível” Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Cidade Local da instituição Guarulhos
Volume Volume do documento 1
TotalVolumes Total de volumes do trabalho 1
AssuntoA-E Assunto(s) do trabalho História do esporte


Observação: se o resumo e a catalogação-na-publicação tiverem mais de cinco assuntos, descreva os assuntos restantes manualmente no documento.

Depois de inserir os metadados, clique em OK para voltar ao documento. Selecione todo o trabalho (atalho: Ctrl+T), tecle F9 e clique em OK. Todos os campos automáticos serão atualizados.

Um campo automático fica com o fundo cinza ao ser clicado com o mouse. Não altere-o diretamente. Quando precisar atualizar uma informação, basta voltar ao quadro de propriedades, alterar a informação desejada e atualizar o documento.

Estruturando seu trabalho

Copiando texto de outro documento

Para copiar texto de outro documento, recomendamos que você use o comando do Word Colar Especial (Início > Colar > Colar Especial), selecionando a opção “Texto não formatado”.

Outra opção é colar normalmente e depois aplicar os estilos padrão do modelo.

 Estilos

Ao redigir seu trabalho, recomenda-se que você use os estilos disponíveis no modelo. Um estilo é um formato pré-definido de tipo, tamanho, espaçamento, numeração etc. Por exemplo, ao usar o estilo Título 1 para marcar uma seção primária do seu trabalho, toda a formatação necessária (como iniciar em uma nova página) será aplicada automaticamente.

Os estilos estão disponíveis no menu Início, seção Estilo.

Word - Barra de estilos

Praticamente, não há necessidade de formatar o texto usando as opções da barra Fonte ou Parágrafo. As únicas exeções são as ênfases (itálico e negrito), caracteres especiais, subscrito e sobrescrito. Não é recomendado alterar tipo de fonte, tamanho, cor etc. para que o texto não fuja do padrão estabelecido pelo Manual de normalização de trabalhos acadêmicos.

Quadro 2 - Estilos disponíveis

Estilo Descrição
Normal Texto do trabalho
Título 1 a 5 Seção e subseções (primária a quinaria)
Lista Alínea
Lista 2 Subalínea
Citação Citação com mais de três linhas
Bibliografia Referência bibliográfica
Ilustração Ilustração
Tabela Tabela e quadro
Legenda Título de ilustração/tabela/quadro
Fonte Fonte e nota de ilustração/tabela/quadro
Sem espaçamento Para uso em lista de abreviaturas/siglas/símbolos e glossário
Pré-textual > Título Título de elemento pré-textual (ex.: Resumo)
Pré-textual > Título (lista) Título de elemento pré-textual (ex.: Lista de ilustrações)
Pós-textual > Título Título de elemento pós-textual (ex.: Apêndice/Anexo)
Pós-textual > Título (lista) Título de elemento pós-textual (ex.: Referências/Glossário)

Para aplicar um estilo, posicione o cursor do mouse sobre uma parte do texto a ser formatado e clique no estilo desejado. No caso de uma tabela, clique no pequeno quadrado no canto superior esquerdo da mesma e clique no estilo Tabela.

Inserindo ilustrações

O modelo oferece um jeito rápido de inserir uma ilustração. Clique no menu Inserir, na seção Texto clique em Partes Rápidas > Ilustração. Atenção: se o modelo não estiver instalado no computador que você estiver usando, a ilustração não aparecerá.

Para trocar a imagem, clique na mesma com o botão direito, clique em Alterar Imagem e selecione a imagem desejada. Para alterar o tamanho a imagem, clique com o botão direito sobre a imagem e depois clique em Tamanho. Recomenda-se que a imagem não ultrapasse as margens da página.

Para inserir um título (obrigatório) clique com o botão direito sobre a imagem e clique em Inserir Legenda.

Em Rótulo selecione o tipo de ilustração desejado (figura, gráfico, fotografia etc.). Você pode criar um rótulo clicando em Novo Rótulo. Em Posição selecione “Acima do item selecionado”.

word legenda

Abaixo da ilustração é obrigatório informar a fonte da mesma. Notas opcionais podem ser inseridas abaixo.

Inserindo tabelas ou quadros

A tabela se distingue do quadro por apresentar dados estatísticos. O modelo oferece um jeito rápido de inserir uma tabela ou quadro.

Clique em Inserir > Partes Rápidas > Tabela (ou Quadro). Atenção: se o modelo não estiver instalado no computador que você estiver usando, a tabela e o quadro não aparecerão.

A tabela/quadro já conterá o título e a fonte (obrigatórios). Para apagar, inserir, mesclar e alinhar células, linhas ou colunas, selecione a parte desejada e clique com botão direito para acessar o menu de opções.

Inserindo referências bibliográficas

O uso de gerenciadores de referências está fora do escopo deste guia, porém recomendamos o uso de um. Há várias opções disponíveis, como o gerenciador do próprio Word e o Zotero. Lembramos que a norma a ser utilizada no seu trabalho é a ABNT NBR 6023, e os gerenciadores citados requerem a importação do formato ABNT. Ver: https://github.com/codingo/BibWord e https://www.zotero.org/styles?q=abnt.

Salas de estudo em grupo

  • O uso das salas de estudo em grupo é destinado a membros da comunidade acadêmica da EFLCH;
  • O agendamento deve ser feito presencialmente no balcão de atendimento da biblioteca por um usuário cadastrado, na semana em que a sala for usada e com um dia de antecedência no mínimo;
  • O uso das salas de estudo em grupo é para grupos a partir de 2 usuários, respeitado o limite de assentos por sala: 6 lugares e 8 lugares (uma sala apenas);
  • Cada reserva de sala tem o tempo máximo de 2 horas. Caso não haja agendamentos posteriores ao agendado por um grupo, o mesmo poderá ocupar o espaço além do período de 2 horas;
  • O tempo de tolerância para uso de sala reservada é de 30 minutos. Decorrido este intervalo, caso haja solicitação de outra pessoa para uso da sala não ocupada, a reserva anterior será cancelada.
  • Caso haja reserva para uma sala em uso, o funcionário da biblioteca notificará o grupo nos 20 minutos finais quanto à necessidade de desocupação da sala para atender a reserva seguinte;
  • Não é permitida a entrada de bolsas nas salas de estudo em grupo;
  • Após o uso, as salas de estudo em grupo devem ser deixadas organizadas e sem sujeiras;
  • O uso das salas de estudo em grupo implica na aceitação e cumprimento das regras de uso estabelecidas.
  • Este regulamento pode ser modificado sem aviso prévio pela Comissão de Biblioteca. Todos os casos omissos ou conflitantes neste regulamento serão resolvidos pela direção da biblioteca.

Subcategorias

Subcategorias