Usando o modelo de trabalho acadêmico (Writer)

Categoria: Biblioteca Acessos: 880

Introdução

Este guia tem por objetivo orientar ao uso do modelo de monografia da EFLCH/UNIFESP (versão 3) usando o arquivo EFLCH_Monografia_Writer_v3.ott para LibreOffice Writer.

O modelo é um arquivo contendo, na medida do possível, toda a pré-estrutura e formatação exigida pelo Manual de normalização de trabalhos acadêmicos da EFLCH/UNIFESP. Este guia mostrará como estruturar e formatar seu trabalho de forma simples.

As normas utilizadas para a formatação e estrutura deste modelo são: ABNT NBR 6023:2018, 14724:2011, 6024:2012, 6027:2012, 6028:2003, 10520:2002 e IBGE Normas de apresentação tabular, 1993.

Este guia não substitui e não exemplifica o Manual de normalização. Este guia não pretende ser um manual de uso do Writer.

Requisitos

O modelo com extensão .ott poderá ser usado no programa LibreOffice Writer e foi testado na versão 6.2. Presume-se que o arquivo possa também ser usado no OpenOffice e em outros programas que utilizam esse tipo de arquivo, mas pode haver problemas de compatibilidade.

Para maior entendimento deste guia, presume-se que o usuário tenha conhecimentos básicos de informática e do programa Writer.

Convenções

Neste guia, as sequências de comandos serão descritas como comando 1 > comando 2 > etc. Ex.: Referências > Inserir Citação. Significa clicar no menu Referências e depois em Citação.

Os atalhos (combinação de teclas do teclado) serão descritas como tecla 1+tecla 2. Ex.: Ctrl+C (significa segurar a tecla Ctrl e depois apertar a tecla C).

Configurações iniciais

Baixe o arquivo disponível no site da biblioteca. Abra o arquivo no Writer.

Para usar todos os recursos descritos neste guia, você deve salvar o trabalho com o formato .odt.

Inserindo metadados

Metadados são informações sobre seu trabalho (autoria, título, ano de apresentação etc.). Essas informações serão atualizadas automaticamente no documento, dessa forma você não precisará, por exemplo, repetir o título na capa, folha de rosto etc.

Acessando as propriedades personalizadas no Writer: Clique no menu Arquivo > Propriedades. Clique na aba Propriedades personalizadas.

Alterando os metadados: Para alterar os metadados, em cada registro, no campo Valor digite a informação necessária. Depois de preencher todos os campos, clique em OK.

Quadro 1 - Metadados

Propriedade

Descrição

Exemplo

Ano

Ano de apresentação

2012

AutorNome

Prenomes e sobrenome do meio

Adhemar Ferreira da

AutorSobrenome

Sobrenome (como em citação)

Silva

Cidade

Local da instituição

Guarulhos

Curso

Curso de graduação

História

Instituição1

Instituição “primeiro nível”

Universidade Federal de São Paulo

Instituição2

Instituição “segundo nível”

Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Orientador

Nome do orientador

Dietrich Gerner

Subtítulo

subtítulo do trabalho

resgate para novas políticas educacionais

Título

Título do trabalho

História do esporte e do lazer

 

Por padrão, um campo automático fica com o fundo cinza. Não o altere diretamente. Quando precisar atualizar uma informação, basta voltar ao quadro de propriedades e alterar a informação desejada.

Estruturando seu trabalho

Depois de inserir os metadados, o próximo passo é alterar outras informações no trabalho. Substitua as informações que estão entre colchetes.

Os itens opcionais, como lista de ilustrações, podem ser apagados se não forem usados.

Copiando texto de outro documento

Para copiar texto de outro documento, recomendamos que você use o comando Colar Especial (Editar > Colar Especial), selecionando a opção “Texto sem formatação”.

Outra opção (menos recomendável) é colar normalmente e depois aplicar os estilos padrão do modelo.

Estilos

Ao redigir seu trabalho, recomenda-se que você use os estilos disponíveis no modelo. Um estilo é um formato pré-definido de tipo, tamanho, espaçamento, numeração etc. Por exemplo, ao usar o estilo Título 1 para marcar uma seção primária do seu trabalho, toda a formatação necessária (como iniciar em uma nova página) será aplicada automaticamente.

Os estilos estão disponíveis na barra de ferramentas. Se você clicar no botão writer icone estilos a janela de estilos e formatação aparecerá.

Praticamente não há necessidade de formatar o texto usando as opções de caractere ou parágrafo. As únicas exceções são as ênfases (itálico e negrito), caracteres especiais, subscrito e sobrescrito. Não é recomendado alterar tamanho da fonte, cor etc. para que o texto não fuja do padrão estabelecido pelo Manual de normalização de trabalhos acadêmicos. Mas, se você quiser, por exemplo, mudar o alinhamento do texto, modifique o estilo para que o trabalho todo seja atualizado automaticamente.

Quadro 2 - Estilos disponíveis

Estilo

Descrição

Estilo padrão

Texto do trabalho

Título 1 a 5

Seção e subseções (primária a quinária)

Lista 1

Alíneas e subalíneas*

Citação

Citação com mais de três linhas

Bibliografia

Referência bibliográfica

Ilustração

Imagens e gráficos

Título de tabela

Cabeçalho da tabela/quadro

Conteúdo da tabela

Células da tabela/quadro

Legenda

Descrição de ilustração/tabela/quadro

Fonte

Fonte e nota de ilustração/tabela/quadro

Sem espaçamento

Para uso em lista de abreviaturas/siglas/símbolos e glossário

Pré-textual > Título

Título de elemento pré-textual (ex.: Resumo)

Pós-textual > Título

Título de elemento pós-textual (ex.: Referências)

*Para transformar uma alínea em subalínea, no início do texto aperte a tecla Tab. Para fazer o inverso, aperte a combinação Shift+Tab. Não use as opções numeração e marcadores da barra de ferramentas.

Para aplicar um estilo, posicione o cursor do mouse sobre uma parte do texto a ser formatado e selecione/clique duplo o estilo desejado.

Inserindo ilustrações

Clique em Inserir > Figura > De um arquivo... Selecione a ilustração e clique em Abrir. É obrigatório colocar a descrição e a fonte da ilustração.

A descrição da ilustração deve ficar acima desta. Para inseri-la, clique com o botão direito sobre a ilustração e selecione Legenda... Edite os seguintes campos:

    a) Legenda: título/descrição da ilustração;

    b) Categoria: selecione a categoria*. Você também pode criar uma;

    c) Numeração: Arábico;

    d) Separador: dois pontos e espaço [: ]

    e) Posição: Acima**

* Desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, retrato, figura, imagem etc.

** Devido a um problema no próprio software, a imagem poderá encobrir o texto abaixo dela. Uma solução é adicionar quebras de linha para que o texto reapareça abaixo da ilustração.

Abaixo da ilustração digite Fonte: e indique a fonte da ilustração. Depois aplique o estilo “Fonte”.

Notas opcionais podem ser inseridas abaixo da fonte, usando-se o mesmo estilo.

Abaixo da ilustração é obrigatório informar a fonte da mesma. Notas opcionais podem ser inseridas abaixo.

Inserindo tabelas ou quadros

A tabela se distingue do quadro por apresentar dados estatísticos. No modelo há um exemplo de cada tipo. Você pode salvá-los como AutoTexto e utilizá-los quando precisar.

Para salvar a tabela como AutoTexto, selecione a tabela (incluindo a legenda e a fonte) e clique em Editar > AutoTexto. No campo Nome digite Tabela, selecione a lista Meu AutoTexto, depois clique em AutoTexto > Novo. Faça o mesmo com o quadro.

Quando quiser inserir uma tabela/quadro em seu trabalho, clique em Editar > Autotexto, selecione Meu AutoTexto > Tabela/Quadro e clique em Inserir.

A descrição e a fonte são itens obrigatórios.

Inserindo referências bibliográficas

O uso de gerenciadores de referências está fora do escopo deste guia, porém recomendamos o uso de um. Há várias opções disponíveis, como o Zotero. Lembramos que a norma a ser utilizada no seu trabalho é a ABNT NBR 6023, e os gerenciadores citados requerem a importação do formato ABNT. Ver: https://www.zotero.org/styles?q=abnt.