Curso de Formação de Jardineiros

 

Início: 18/02/2019 à 19/07/2019, de 2ª a 6ª feira das 08h00 às 12h00

Local: Unidade de Extensão Universitária Santo Amaro - Av. Padre José Maria, 545 - Santo Amaro

(ao lado do Terminal de ônibus de Santo Amaro - Metrô Largo Treze)

Inscrições encerradas

 

Havendo interesse no curso, por favor, venha conversar com o coordenador do mesmo, sempre nos horários das aulas.

 

A inscrição deve ser feita pessoalmente, preenchendo o formulário específico e apresentando um documento válido de identidade e os documentos comprobatórios da escolaridade mínima exigida e uma foto 3X4.

As vagas serão preenchidas pelos candidatos que atendam às exigências de escolaridade mínima, pela ordem de inscrição. Terão prioridade no preenchimento das vagas os servidores do município de São Paulo e da UNIFESP que exerçam atividades de jardinagem em unidades municipais ou da UNIFESP, assim como os funcionários de empresas prestadoras de serviços de jardinagem ao município de São Paulo e à UNIFESP.

Em todos os casos de prioridade, a inscrição deverá ser acompanhada de carta da chefia imediata autorizando a inscrição do candidato no curso e comprometendo-se à sua liberação para o acompanhamento de todas as atividades do curso, inclusive o estágio supervisionado.

 

SOBRE A PROFISSÃO DE JARDINEIRO

A profissão de jardineiro, embora amplamente difundida, não possui regulamentação. Ela figura na ClassificaçãoBrasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho, sob o código 6220-10 (ocupação).

Na Administração Municipal de São Paulo, os serviços prestados por jardineiros são principalmente demandados para a manutenção de áreas verdes públicas (praças, parques, etc.) e para a produção de mudas de plantas ornamentais e de árvores usadas na arborização urbana. Esses serviços são prestados por terceiros contratados que, no entanto, não investem na formação desses profissionais temendo a sua perda para empresas concorrentes após esse investimento. Essa situação associada à falta de cursos de formação de jardineiros e ao impedimento legal do poder público promover formação durante o trabalho dificulta a exigência, nos editais públicos de licitação, da certificação dos jardineiros contratados e, por conseguinte, a contratação de profissionais melhor formados.

Estudos realizados pela Subprerfeitura de Santo Amaro, no início dos anos 2000, para traçar o perfil econômico dos distritos por ela abrangidos, evidenciaram, entre outras, uma grande concentração de instituições de ensino tanto de nível superior como de níveis básico, médio e profissionalizante, muito provavelmente em função da centralidade e facilidade de acesso de Santo Amaro.

Outra constatação desses estudos foi uma grande concentração de condomínios com amplas áreas verdes, os quais juntamente com as residências, igualmente com amplos jardins, criam uma grande demanda local por jardineiros.

A Lei Municipal nº 8.277/1975, regulamentada pelo Decreto nº 15.180/1978, criou o Curso Municipal de Jardineiros com o objetivo de formar, treinar e especializar pessoas na arte da jardinagem. Esse curso foi oferecido pelo Departamento de Parques e Áreas Verdes até a década de 1980 quando, sob a alegação de falta de público, deixou de ser oferecido, embora a lei continue em vigor.

Tendo em vista as demandas apontadas, a presente proposta busca resgatar em essência, duração e conteúdo o Curso Municipal de Jardineiros, adequando-o aos preceitos da formação continuada e da certificação profissional e ao perfil do jovem atual. O curso será desenvolvido por meio de parceria entre a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (Divisões Técnicas dos Núcleos de Gestão Descentralizada da Zona Sul) e a Universidade Federal de São Paulo, na sua Unidade de Extensão de Santo Amaro, a qual se localizada ao lado do Terminal de Ônibus de Santo Amaro e próxima à Estação Largo Treze do Metrô e à Estação Santo Amaro da Linha Esmeralda da CPTM.

O curso tem duração de 400 (quatrocentas) horas aula, sendo 4 horas aula por dia. Além das aulas teóricas e práticas, os módulos 2, 3 e 4 terão 108 horas de estágio supervisionado obrigatório, cada um.

Público alvo

Adultos e jovens (com idade igual ou superior a 16 anos) que tenham concluído o equivalente ao atual 5º ano do Ensino Fundamental (4ª série do Ensino Primário ou 4ª série do Ensino Fundamental, etc.), ou que comprovem saber ler e escrever.

 

 

Conteúdo do curso

  • Módulo 1 – Introdução à Jardinagem

         Duração: 40 horas 

         Objetivo do Módulo: Fornecer aos participantes do curso uma visão geral da jardinagem e das principais técnicas nela utilizadas.

  • Módulo 2 – Implantação e Manutenção de Viveiros de Mudas

         Duração: 120 horas

           Objetivo do Módulo: Fornecer aos participantes do curso os conhecimentos teóricos e práticos necessários à implantação e manutenção                                                 de viveiros de produção de mudas.

  • Módulo 3 – Implantação e Manutenção de Áreas Verdes

         Duração: 120 horas

           Objetivo do Módulo: Fornecer aos participantes do curso os conhecimentos teóricos e práticos necessários à implantação e manutenção                                                 de áreas verdes.

  • Módulo 4 – Implantação e Manutenção de Arborização Urbana

         Duração: 120 horas (30 dias)

           Objetivo do Módulo: Fornecer aos participantes do curso os conhecimentos teóricos e práticos necessários à implantação e manutenção                                                 de árvores em meio urbano.

Pró-Reitorias

Campi

Unidades Universitárias

Links de interesse