ICT/Unifesp dá início ao Programa Memória Institucional

Os presentes tiveram a oportunidade de mergulhar na trajetória e as lembranças marcantes do instituto

Na tarde desta última segunda-feira (26/9) o ICT/Unifesp deu largada para o início das atividades do Programa Memória Institucional, que tem como objetivo registrar a história do instituto, sua contribuição para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação, a tradição ligada à vocação tecnológica e sua relação com a sociedade.

Com o anfiteatro lotado, o lançamento contou com a presença da comunidade acadêmica (docentes, estudantes e técnicos administrativos), os diretores Luiz Leduíno de Salles Neto e Claudia Campos, a reitora Soraya Smaili, o ex-pró-reitor adjunto de Graduação (à época) Nildo Alves Batista, o diretor da Unesp de São José dos Campos, Estevao Tomomitsu Kimpara, e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Ciência e Tecnologia de São José dos Campos, Osman Alves.

Em formato mesa redonda, o evento teve a mediação da docente e responsável pelo projeto, Zuleika Stefânia Sabino Roque, que intermediou as exposições feitas pelo ex-diretor do campus Armando Milioni, a ex-diretora administrativa Tânia Mara Francisco, o estudante da primeira turma de graduação Célio Silva (Nescau) e o presidente da Agência Espacial Brasileira e do conselho de administração do Parque Tecnológico de São José dos Campos, José Raimundo Braga Coelho.

Memórias, legado e expectativas foram os três requisitos para o desenvolvimento das falas. Milioni retratou as dificuldades e obstáculos do início, a implantação do Bacharelado de Ciência e Tecnologia (BCT) e as conquistas ao longo dos anos; Braga trouxe à memória a luta pela conquista do terreno e permanência da universidade na cidade e sua contribuição para a sociedade; Tânia contou todo o processo administrativo de dezembro de 2009 a fevereiro de 2013, apresentando imagens que retrataram o período de desenvolvimento do instituto com a construção das unidades Talim e Parque Tecnológico; e Silva, formando da primeira turma, descreveu como era ser aluno à época, a infraestrutura disponível e seu olhar diante da universidade que se encontra hoje.

“Hoje é um dia importante. Nós estamos lançando um projeto que contribuirá para a documentação da nossa história através de documentos, fotos e imagens que contribuirão para manter vida a nossa instituição”, comemorou Leduíno.  

 

Todos tiveram a oportunidade de participar com perguntas, contar suas recordações, fatos marcantes e engraçados durante todos os anos. Ao final, um ipê foi plantado na unidade Parque Tecnológico em comemoração aos 10 anos do ICT na cidade de São José dos Campos.

O projeto seguirá com entrevistas, publicações semanais de fotos e fatos marcantes na página do projeto na internet e nas redes sociais, além de outros eventos públicos, culminando na publicação de um livro em 2017.

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse