Projeto de Lei do Campus Zona Leste da Unifesp é sancionado pela Prefeitura

Proposta autoriza a concessão do uso do terreno de Itaquera para a construção do novo campus

Por Juliana Narimatsu

Na última sexta-feira (17/2), foi realizado, na Prefeitura de São Paulo, ato de sanção do Projeto de Lei (PL) que autoriza a concessão administrativa por 90 anos de uso da área municipal de Itaquera para a construção do Campus Zona Leste.

IMG_0579.JPG

Reitora da Unifesp destaca a representação do Campus Zona Leste na região

A ocasião reuniu, entre outras autoridades, a reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Soraya Smaili, e o prefeito da cidade de São Paulo em exercício, Bruno Covas.

Padre Ticão, pároco da Igreja São Francisco de Assis e líder comunitário da Zona Leste, comentou sobre a importância da universidade na região. “Eu nem preciso mencionar a importância desse ato, já que a zona leste representa cerca de 40% da cidade de São Paulo e vive uma desigualdade muito grande. Nós só temos a agradecer a todos os envolvidos por essa vitória”.

A reitora da Unifesp, Soraya Smaili, destacou a representação da instituição no município de São Paulo. “Esse é um momento extremamente especial para todos nós. Temos muito orgulho, porque a Unifesp representa o nosso estado e a nossa cidade. A universidade nasceu em São Paulo, com a Escola Paulista de Medicina e, hoje, ela é uma grande instituição, que está em seis cidades.

“Diante disso, quero salientar a relevância desse terreno e do projeto pedagógico que nós iremos desenvolver nesse local. Nós construiremos o Campus Zona Leste, portanto, o nosso sétimo campus. Já estamos funcionando com todos os projetos de extensão, de ensino à distância, na área de cultura e com a terceira idade. A região toda já está se beneficiando. Nós pretendemos construir, e temos o projeto executivo pronto, a primeira unidade do Instituto das Cidades. Pretendemos contribuir para a São Paulo com a formação de profissionais altamente qualificados para trazer soluções para as cidades e a todos os cidadãos. Este é o nosso papel, de uma universidade pública, brasileira, que faz ensino, pesquisa e extensão. É mais um passo que estamos dando e quero parabenizar a todos que participaram dessa luta”, complementou a reitora.

Anteriormente, no dia 10/2, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, com 46 votos favoráveis e nenhum contrário, essa PL que destina três áreas municipais à Unifesp e ao Serviço Social do Comércio (Sesc). No caso da universidade, a concessão é de um dos terrenos, localizado na Avenida Jacu-Pêssego, em Itaquera, por 90 anos. A área possui 163.055,75 m².

Após a assinatura do documento durante a cerimônia, o prefeito de São Paulo em exercício, Bruno Covas, falou sobre a relevância do processo. “Quando é uma ação que envolve toda a Câmara dos Vereados, nós estamos falando de uma ação que envolve toda a representação popular. A votação unânime por todos os vereadores é praticamente uma aprovação unânime por parte da população da cidade de São Paulo. Isso mostra o quanto a população deseja esse novo campus da Unifesp”.

IMG_0606.JPG

Prefeito de São Paulo em exercício, Bruno Covas, levanta documento que sanciona PL

O Campus Zona Leste é resultado, não apenas da ação do governo federal e da Unifesp, mas de movimentos sociais da região. Desde de julho de 2016, o espaço abriga o polo de extensão e cultura, viabilizado mediante parceria entre Prefeitura de São Paulo e universidade. O edifício, com cerca de 800 m², conta com salas de aula, laboratório de informática, sala multiuso para debates e exposições, área para observatório de políticas públicas, centro de memória da Zona Leste, salas de reunião, secretaria e administração.

A missão é futuramente funcionar, no mesmo local, o Instituto das Cidades, que oferecerá nove cursos de graduação, sendo que seis deles já estão autorizados pelo Conselho Universitário da Unifesp e pactuados com o Ministério da Educação para sua implantação: Administração Pública, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Geografia (bacharelado e licenciatura).

 

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse