Movimento social faz reunião para ampliar pressão sobre governo federal

Cursinho Popular.jpg

Na sexta-feira, dia 4/8, em reunião na Igreja São Francisco, com cerca de 200 pessoas, sob a liderança do Padre Ticão, o Movimento em defesa da Universidade Federal na Zona Leste decidiu que irá ampliar as mobilizações e articulação com outros movimentos e coletivos para realizar ações de rua em defesa da implantação do Campus Zona Leste, que não recebeu vagas de professores, técnicos e orçamento pelo Governo Federal desde 2015.

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse