Arqueologia Forense

Inscrições até 20/9

O emprego de técnicas e métodos utilizados nas etapas de campo em Arqueologia aplicado aos contextos forenses, desde a busca, localização, delimitação e mapeamento da cena, até a utilização de métodos não-invasivos e invasivos, como o registro cuidadoso e sistemático do cadáver e do contexto ao redor, por exemplo, a observação atenta, a identificação, o registro e a coleta das evidências da fauna e da flora que podem compor o contexto como um todo – como a presença de polens, sementes, ossos animais e ainda os vestígios da natureza entomológica (por exemplo, a presença de larvas de insetos como moscas que podem auxiliar no processo de identificação do processo de decomposição do corpo por meio da determinação do tempo decorrido entre a morte do indivíduo e sua deposição até sua descoberta. Isso constitui um instrumento fundamental na análise e na resolução de um caso forense).

O curso tem como objetivo um exercício prático dos procedimentos arqueológicos por meio do registro minucioso dos componentes da cena e do processo de retirada e coleta do material osteológico. Com o emprego desses protocolos a partir do registro formulado em campo, é possível que o investigador possa reconstituir mais facilmente a cena do crime e, consequentemente, das ações criminosas.

Após a realização da inscrição, os interessados devem encaminhar currículo com o número de inscrição para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com o assunto Curso – Arqueologia Forense. 

Serviço
Arqueologia Forense 
Dias: 16 a 18 de novembro 
Horário: a partir das 9h 
Local: EPPEN/Unifesp – Campus Osasco 
Mais informações e inscrição
Última modificação em Terça, 18 Setembro 2018 21:05

Mídia