Segunda, 13 Novembro 2017 11:44

Disciplina de Neurocirugia da EPM/Unifesp realiza curso pioneiro internacional nos Estados Unidos

Em parceria com a Universidade de St. Louis, o projeto propõe a prática de técnicas neurocirúrgicas em cadáveres de humanos

A Disciplina de Neurocirurgia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp), em parceria com a Universidade de Saint Louis, promoveu o primeiro curso internacional sobre técnicas neurocirúrgicas avançadas, realizado na própria instituição de Missouri (EUA) entre os dias 1º e 4 de novembro.

O acordo entre as universidades para a realização deste projeto foi firmado em novembro de 2016. Pioneiro neste formato, o curso imersivo foi divido em três módulos: micro neuroanatomia (direcionado para abordagens no cérebro), prática em cadáveres e discussão de casos clínicos neurocirúrgicos. Da América Latina, foram 44 inscritos, mas o curso contou com a presença também de neurocirurgiões estadunidenses. “Esse curso seguramente marca a inserção e atuação internacional da disciplina, pois está conseguindo, dentro de uma universidade americana de renome internacional, trazer vários estudantes do Brasil e da América Latina para fazer essas técnicas tão importantes para o dia a dia de um neurocirurgião”, explicou Sérgio Cavalheiro, professor e chefe do Setor de Neurocirurgia Pediátrica da EPM/Unifesp.

técnicas neurocirúrgicas avançadas
Participantes aprendem técnicas neurocirúrgicas avançadas na Universidade Saint Louis

Por meio das instalações e tecnologias de ponta oferecidas pela Universidade de Saint Louis, os participantes desenvolveram suas habilidades em 22 estações de trabalho que continham cabeças de cadáveres humanos com vasos sanguíneos injetados, que permitiram exercitar os diversos acessos ao crânio, dos mais simples aos mais complexos. Para o debate de casos, foram apresentados truques, dicas e armadilhas das abordagens mais frequentes em pacientes pediátricos e adultos. “O curso é ímpar, porque fornece ao aluno a bagagem suficiente para que ele tenha uma noção anatômica e cirúrgica, o que é fundamental na formação de um neurocirurgião”, comentou Felipe Guardini, estudante da primeira turma de pós-graduação em Neurocirurgia da EPM/Unifesp.

A proposta para os próximos anos é de realizar o curso nos Estados Unidos como também em outros países. A segunda edição está prevista para acontecer entre os dias 31 de outubro a 3 de novembro de 2018, novamente na Universidade Saint Louis.

Os docentes da Disciplina de Neurocirurgia da EPM/Unifesp Fábio Veiga, Feres Chaddad, Manoel Antonio de Paiva Neto, Ricardo Centeno, Samuel Zymberg e Sérgio Cavalheiro foram responsáveis em ministrar as aulas. O projeto contou com o apoio do Hospital Santa Catarina, Medtronic, Sinnergy e Zeis.

*Fonte e mais informações neste vídeo.


Lido 342 vezes Última modificação em Segunda, 13 Novembro 2017 15:25

Mídia

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse