Quarta, 28 Fevereiro 2018 16:29

Pesquisadoras da EPM/Unifesp traduzem guia para um aprendizado mais duradouro

Método comprovado pela Psicologia Cognitiva contribui para o aperfeiçoamento da memória e do desempenho acadêmico

A docente e pesquisadora do Departamento de Psicobiologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) Sabine Pompeia e Roberta Ekuni, doutora pelo mesmo departamento, traduziram e adaptaram para o português o Guia de Prática de Lembrar, voltado a professores e publicado pela Washington University in St. Louis.

O guia, resultado de pesquisas de cientistas que são referências mundiais na área, apresenta como estimular o uso da Prática de Lembrar em sala de aula, o que contribui para o aprimoramento da memória, o armazenamento do conteúdo por mais tempo e a melhora do desempenho acadêmico.

A Prática de Lembrar tem como estratégia melhorar o desempenho acadêmico por meio da extração de informações da “cabeça” do estudante, ao invés de tentar colocá-las “para dentro”, somente por aulas expositivas. Muitos professores já fazem isso dando exercícios, por exemplo, mas deveriam fazê-lo muito mais frequentemente.

“Comprovada pela Psicologia Cognitiva como eficiente, o objetivo do guia não é só explicar a técnica, mas também dar ideias a professores de como implementá-la no dia a dia, mostrando que recorrer as tecnologias ou dispor de mais tempo em sala de aula não são necessárias para promover um aprendizado duradouro”, explica a docente.

Ele está disponível gratuitamente para download. Além disso, a página dispõe de um espaço para opiniões após a leitura e, para aqueles que preencherem, será emitido um certificado. A proposta é aperfeiçoar o material de divulgação dessas técnicas.

 

Lido 2694 vezes Última modificação em Terça, 06 Março 2018 15:49

Mídia