Sexta, 03 Agosto 2018 14:32

Terapia de horticultura é tema de projeto de extensão e pesquisa na Unifesp

Rotina diária pode ajudar a lidar com o estresse, além de dar melhor destinação ao lixo produzido

compostagem1
(Foto: Renato Conte)

Um projeto de extensão que vem sendo desenvolvido no Campus São Paulo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) está contribuindo com a melhora da qualidade de vida e com a melhor destinação da produção de lixo na unidade. Denominado Compostagem e horta como estratégia de promoção da saúde: eixo alimentação e saúde mental, o projeto conta com a participação de docentes, técnicos administrativos em educação e estudantes.

A atividade possibilita a preservação do meio ambiente, a produção de fertilizante orgânico, a economia de gastos na retirada do lixo, a integração da comunidade acadêmica, além de proporcionar o bem-estar, a oferta de bolsas, e o desenvolvimento de pesquisas.

As visitas monitoradas a horta comunitária e a compostagem acontecem todas às terças-feiras, às 14h. Mais informações sobre o projeto estão disponíveis na página do Campus São Paulo da Unifesp.

Lido 1207 vezes Última modificação em Terça, 11 Setembro 2018 16:21

Mídia