Segunda, 18 Novembro 2019 15:33

Plataforma Somos permite acesso à pesquisa desenvolvida pela universidade

As informações foram extraídas da Plataforma Lattes, por meio de um convênio assinado entra a STI e o CNPq 
 

somos portal

Agora é possível visualizar os pesquisadores, as especialidades e a produção científica da Unifesp, por meio da Plataforma Somos. Os resultados são exibidos de forma visualmente atrativa e geram indicadores dos Programas de Pós-Graduação das escolas e institutos da universidade. A navegação é bastante intuitiva e acessível a diferentes públicos interessados.

O intuito é permitir acesso mais fácil às competências de pesquisa desenvolvidas na Unifesp, bem como a ampliação da visibilidade dos pesquisadores da instituição. “Esperamos que os mecanismos oferecidos pela plataforma Somos ampliem as possibilidades de intercâmbio entre os pesquisadores e permitam que a comunidade interna bem como o público externo conheçam a pesquisa desenvolvida em toda instituição”, afirma a reitora Soraya Smaili.

Ao permitir buscar por temas, pessoas ou áreas de interesse, a ferramenta torna-se valiosa para empresas interessadas na interação com a Unifesp ou mesmo para os próprios pesquisadores da universidade e de outras instituições de Ciência e Tecnologia.

As informações foram extraídas da Plataforma Lattes, por meio de um convênio assinado entre a Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) no primeiro semestre de 2019. Todos os docentes da Unifesp, bem como os orientadores externos vinculados a programas de pós-graduação, estão na plataforma e terão as atualizações do lattes automaticamente registradas.

A Plataforma Somos foi desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e foi implementada na Unifesp por iniciativa da STI juntamente com o Escritório de Dados Estratégicos Institucionais (E-Dados), recentemente aprovado no Conselho Universitário (Consu).

Lido 2241 vezes Última modificação em Segunda, 25 Novembro 2019 17:42

Mídia