Quarta, 18 Dezembro 2019 12:47

IFES paulistas pesquisam envelhecimento e longevidade, temas estratégicos para o Brasil

Plataforma de divulgação científica on-line apresenta iniciativas na área das três universidades federais do estado de São Paulo

Envelhecimento federaisSP PORTAL

As universidades federais de São Carlos (UFSCar), de São Paulo (Unifesp) e do ABC (UFABC) lançaram nesta quinta-feira, dia 19 de dezembro, a segunda edição do projeto “Federais SP”, plataforma de divulgação científica que tem o objetivo de apresentar pesquisas de ponta realizadas pelas três instituições nas diferentes áreas do conhecimento.

Esta segunda edição apresenta iniciativas de pesquisa, extensão, inovação e de tecnologia voltadas às pessoas idosas e que tentam superar os desafios impostos pelo envelhecimento da população brasileira e mundial, em áreas como saúde, educação, trabalho, mobilidade e qualidade de vida.

Ao acessar o canal Federais SP, na plataforma Medium, os leitores vão conhecer, por exemplo, nova tecnologia para diagnóstico precoce da doença de Alzheimer, ações no cuidado a pacientes com Parkinson, projetos que fomentam a aceitação de idosos no mercado de trabalho e que combatem a solidão da velhice.

Entre os destaques também estão o desenvolvimento de cadeira de rodas motorizada que funciona em todas as direções em piso plano, incluindo subir escadas, facilitando o deslocamento de pessoas idosas que sofrem com a mobilidade reduzida, e pesquisas com engenharia tecidual para medicina regenerativa cardiovascular. Além do Ambulatório de Promoção à Saúde e dos tratamentos ofertados a idosos, em suas próprias casas, para o tratamento da artrose.

“Apresentamos uma ampla gama de ações, evidenciando como as universidades, a Ciência e o cientista trabalham pensando diretamente nas questões importantes da sociedade e no bem-estar das pessoas. Sem a produção de conhecimento dentro das universidades o progresso social em todas as suas esferas estaria absolutamente comprometido. É isso que tentamos mostrar nesta plataforma conjunta de divulgação científica que, neste momento, traz trabalhos de excelência relacionados ao envelhecimento”, afirmam os idealizadores do projeto, responsáveis pelos setores de Comunicação Institucional nas três universidades participantes.

Todo o material informativo disponibilizado na página foi elaborado de maneira colaborativa em um processo que envolveu o trabalho das equipes de comunicação das três universidades. O intercâmbio entre os saberes, as trocas de experiências e o compartilhamento dos recursos humanos e materiais enriquecem o projeto, que se configura como uma ação de divulgação científica interinstitucional inédita no Brasil. A primeira edição abordou pesquisas relacionadas ao diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes com câncer. O canal Federais SP está disponível para acesso gratuito em https://medium.com/@federaisSP.

 

Lido 1277 vezes Última modificação em Segunda, 06 Janeiro 2020 10:07

Mídia