Bandar Live Casino
Sexta, 21 Outubro 2022 08:53

CIM-Unifesp assina acordo para desenvolver materiais nanoestruturados

O objetivo é desenvolver óxidos metálicos nanoestruturados para aplicações específicas

O Centro de Inovação em Materiais da Universidade Federal de São Paulo (CIM-Unifesp), unidade que integra a rede Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), assinou o terceiro acordo de parceria com a empresa Termomecanica São Paulo S.A.

O acordo busca desenvolver materiais nanoestruturados a partir de óxidos metálicos por meio de novas metodologias de preparação, visando aplicações específicas. Esses óxidos metálicos podem ser aplicados em diferentes segmentos industriais a fim de obter propriedades específicas de aplicação. “Esse é o terceiro projeto com a Termomecanica, o que demonstra a qualidade das pesquisas do CIM-Unifesp e a busca constante pela inovação”, destaca o professor Maurício Pinheiro de Oliveira, coordenador-geral da Unidade CIM-Unifesp e integrante do projeto.

O projeto receberá recursos financeiros oriundos da empresa Termomecanica São Paulo S.A. e da Embrapii, assim como recursos econômicos oriundos da Unifesp. O projeto será desenvolvido nos Laboratórios de Materiais Híbridos (LMH), multidisciplinar em Saúde e Meio Ambiente, Materiais e Manufatura Mecânica (L3M) e de Síntese de Polímeros e Processos (LSPP), sob a coordenação do professor Diogo Silva Pellosi.

Logos da Unifesp, CIM-Unifesp e Termomecanica no topo e exemplo de óxido metálico nanoestruturado abaixo
Óxidos metálicos nanoestruturados podem ser aplicados em diferentes segmentos industriais 

O projeto contará ainda com a participação dos(as) professores(as) Ricardo Alexandre Galdino da Silva, Suzan Pantaroto de Vasconcellos, André Paganotti e Alexandre Magnus Gomes Carvalho. Além disso, integrarão o projeto pesquisadores(as), alunos(as) de graduação e técnicos(as) do CIM-Unifesp.

“Diante do grande potencial dos óxidos metálicos, o grupo de pesquisa do CIM-Unifesp unirá esforços e expertises para o desenvolvimento de óxidos metálicos nanoestruturados, agregando valor e tecnologia na aplicação industrial de tais materiais”, comenta o professor Diogo Silva Pellosi, coordenador do projeto.

Marcio Rodrigues da Silva, coordenador do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Ensaios da Termomecanica, afirma que “inovação é parte da estratégia da Termomecanica e, por isso, acreditamos e investimos em projetos com o CIM-Unifesp, visando o desenvolvimento de soluções e novos produtos que atendam às necessidades técnicas e sustentáveis”.

Para mais informações, acesse cim.unifesp.br.

 

Lido 533 vezes Última modificação em Quarta, 26 Outubro 2022 10:43

Mídia