Boas práticas para economia de água

O Departamento de Gestão e Segurança Ambiental elaborou uma lista com boas práticas para uso racional da água. As orientações devem ser seguidas na universidade e nos demais locais de convívio das pessoas.

Nas áreas verdes:

  • Diminuir a frequência de rega de plantas;
  • Realizar a irrigação no início da manhã ou fim da tarde, a fim de reduzir a perda por evaporação;
  • Avaliar a substituição da vegetação de jardins e gramados por espécies resistentes à seca;

Limpeza:

  • Evitar lavar pisos. Porém, quando necessário, usar pano úmido e não jogar água;
  • Limpar calçadas e pátios com vassoura e não com mangueira;
  • Investir na aquisição de produtos químicos de limpeza que dispensam a utilização de água;

Frota:

  • Lavar carros oficiais com menor frequência ou a seco;

Sanitários:

  • Manter a torneira fechada enquanto escova os dentes, lava o rosto ou ensaboa as mãos;
  • Não usar vaso sanitário como lixeira;
  • Não apertar a descarga com válvula mais tempo que o necessário;
  • Não acione a descarga desnecessariamente;

Copa:

  • Antes de lavar pratos e/ou panelas, limpe os restos de comida e jogue-os no lixo;
  • Manter a torneira fechada ao ensaboar a louça;

Infraestrutura:

  • Colocar garrafa pet preenchida com areia/pedras dentro das caixas acopladas aos vasos sanitários, a fim de reduzir a vazão da descarga;
  • Instalar equipamentos economizadores de água: restritor, regulador e arejador de vazão nas torneiras;
  • Substituir de torneiras comuns por dispositivos com temporizador ou sensor de presença das mãos;
  • Comunicar imediatamente eventuais vazamentos ao setor responsável para providenciar o conserto;
  • Realizar inspeções periódicas em reservatórios e equipamentos hidráulicos, na busca por vazamentos;
  • Realizar manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos sanitários;
  • Instalar cisternas para o aproveitamento de águas pluviais;
  • Substituir válvulas do tipo hidra comum pelas eco-eficientes ou por caixas acopladas com mecanismo de descarga de duplo acionamento;
  • Sinalização de boas práticas em áreas comuns;
  • Considerar a instalação de telas ou desinfetantes para urinóis com enzimas (contenção de odores), poupando, porém, o uso de água para descarga;

Para todas as categorias:

  • Reutilizar a água sempre que possível.

Documento original em PDF: clique para baixar.

Notícia original:

Consulte também:

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse