Capacitação

Capacitação como parte da política de desenvolvimento de pessoal

O Plano de Desenvolvimento dos Integrantes do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação é definido no decreto 5825/06 artigo 3º:

I - desenvolvimento: processo continuado que visa ampliar os conhecimentos, as capacidades e habilidades dos servidores, a fim de aprimorar seu desempenho funcional no cumprimento dos objetivos institucionais.

 

A capacitação também é definida:

II - capacitação: processo permanente e deliberado de aprendizagem, que utiliza ações de aperfeiçoamento e qualificação, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento de competências institucionais, por meio do desenvolvimento de competências individuais.

 

O decreto exige que o plano de carreira contemple o programa de capacitação:

Art. 5° O Plano de Desenvolvimento dos Integrantes do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação será vinculado ao Plano de Desenvolvimento Institucional de cada Instituição Federal de Ensino Superior (IFE), conforme definido no art. 24 da Lei no 11.091, de 2005, e deverá abarcar:

I - Dimensionamento das necessidades institucionais de pessoal, com definição de modelos de alocação de vagas que contemple a realidade da instituição;

II - Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento e

III - Programa de Avaliação de Desempenho.

 

Assim sendo, a capacitação faz parte de uma política mais ampla, que envolve qualificação, avaliação de desempenho e dimensionamento das necessidades institucionais, devendo constar no Plano de Desenvolvimento Institucional da Universidade.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse