Mestrado e Doutorado em Cotutela

Categoria: Uncategorised Escrito por Maria Luisa Acessos: 7480

A fim de propiciar o intercâmbio acadêmico, bem como de estabelecer e fortalecer relações com universidades estrangeiras, os Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da Unifesp prevêm a realização de doutorados em regime de cotutela internacional. O objetivo é permitir às teses de doutorado a orientação conjunta de docentes da UNIFESP e de Universidades estrangeiras e a dupla titulação para alunos brasileiros e estrangeiros que optem por esta modalidade. Por ora, trabalhamos somente com a opção de cotutela doutoral, mas em breve estará aberta a possibilidade para os cursos de mestrado. Aguardem novas informações.

Para a solicitação da cotutela doutoral, os professores orientadores do candidato poderão manifestar o interesse à SRI, desde que já tenham acertado o interesse da cotutela com um professor orientador de uma Universidade estrangeira. A instituição estrangeira poderá ser uma das nossas parceiras nos convênios internacionias ou não. O instrumento jurídico que embasa esta modalidade também poderá ser elaborado de duas formas, ou constituir num acordo de cooperação acadêmica com cláusula de cotutela entre as instituições, que prevê a candidatura de estudantes de doutorado à coorientação e dupla titulação; ou, de forma individualizada, a constituição de um acordo de cooperação que trate somente da cotutela doutoral de um aluno em específico. A escolha entre um destes formatos depende do que nós já temos firmado nos acordos de cooperação acadêmica com as Universidades parceiras, e também, do interesse dos orientadores e das instituições em cada caso.

 

 

Quanto à documentação necessária para abertura de processo de solicitação de Convênio e de Cotutela Doutoral, clique aqui para baixar o check list e explicações procedimentais.

Para conhecerem os nossos modelos padrão de Acordos Gerais de Cooperação com a previsão de Cotutelas, escolha o idioma:

Modelo de Convenção Português - Francês
Modelo de Convenção Português - Inglês
Modelo de Convenção Português - Espanhol 

 

Por fim, para que um acordo de cooperação seja firmado, o processo de solicitação tramitará pelas seguintes instâncias da universidade:

Secretaria de Relações Internacionais - para o recebimento da documentação e abertura do processo
Coordenadoria de Convênios - para conferência dos documentos
Pró-Reitoria envolvida - para emissão de parecer
Núcleo de Inovação e tecnologia (NIT) - para emissão de parecer sobre a propriedade intelectua
Procuradoria Jurídica - para adequação das cláusulas à legislação brasileira
Gabinete do Reitor - para assinatura pela Mga. Reitora
Instituição estrangeira - para assinatura
Publicação do Convênio

Mais informações sobre as cotutelas, por favor, entre em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.