Próximos passos após a Homologação

Próximos passos para do processo de seleção no PCsF, após a Homologação:

Este resumo é uma compilação da sequência cronológica dos acontecimentos dentro do processo de concessão da bolsa no PCsF desde 2012.
O aluno deverá  ler também com atenção as orientações constantes na Chamada Pública do respectivo país escolhido.

A Homologação da sua candidatura pela UNIFESP não significa que o aluno será contemplado com a bolsa.
Significa basicamente que a UNIFESP concordou que o aluno continue participando do processo de seleção do Programa CsF.

A Homologação da UNIFESP trata-se da primeira etapa no processo de seleção.

Na segunda etapa, a documentação do candidato que foi homologado será avaliada pela CAPES ou CNPq, sob os critérios explicitados na respectiva Chamada Pública, que poderão aprová-lo ou não.

  • O candidato que for aprovado pela CAPES/CNPq terá seu nome publicado na Lista de Aprovados, que será publicada no Portal do Programa CsF.
  • O candidato que não for aprovado poderá entrar com recurso junto à CAPES/CNPq, conforme orientações constantes na respectiva Chamada Pública.

Ter o nome nesta Lista de Aprovados da CAPES/CNPq é "meio caminho andado", porém, isso não significa que aluno será contemplado com a bolsa do PCsF.

A Lista de Aprovados será entregue às Agências Parceiras de cada país para estas começarem seus trabalho de Placement e de Application.

O candidato deverá preencher um Formulário On-line na página da Internet da sua Agência Parceira, conforme especificado na Chamada Pública (os prazos e documentos que serão exigidos variam conforme o país).

Na terceira etapa o candidato será contatado pela Agência Parceira e orientado a apresentar documentos traduzidos e formulários preenchidos. Será com base nesta documentação que a Agência Parceira irá localizar uma Instituição de Ensino e o Curso, adequados para o candidato.

Após a Agência Parceira concluir seu trabalho de Placement e Application, o candidato receberá por e-mail a carta de aceitação da Instituição de Ensino Estrangeira, que poderá ser um TOA - Terms of Appointment ou CAS - Confirmation of Acceptance for Studies.

O candidato deverá encaminhar para a SRI pelo e-mail internacional @unifesp.br as cópias em PDF destes documentos (TOA ou CAS).

Ter recebido o TOA ou o CAS é praticamente o final do pocesso, mas a bolsa só será concedida pelo Programa CsF quando o candidato receber por e-mail um destes dois documentos

  • "Carta de Benefícios e Condições da Bolsa" (no caso do CNPq);
  • "Termo de Compromisso e Outorga da Bolsa" (no caso da CAPES).

Carta de Concessão CNPQ e Termo de Compromisso CAPES (veja os modelos)

No caso do CNPq, a "Carta de Benefícios" seguirá por e-mail em arquivo compactado para o candidato. O candidato deverá ler o conteúdo e se aceitar as cláusulas, deverá devolver para o CNPq por email, com autenticação eletrônica.

No caso da CAPES, o "Termo de Concessão" seguirá por e-mail, em PDF. O candidato deverá ler e se aceitar as cláusulas, deverá imprimir o PDF para ser assinado pelo candidato e pela SRI. Depois deverá escanear o documento e enviar para a CAPES seu PDF por email e o original pelo correio (clique aqui para mais detalhes de como proceder).

Tão logo o Programa CsF (CAPES/CNPq) receber estes documentos o candidato passará a ser considerado como "BOLSISTA do PCsF" e o Programa liberará os recursos da Bolsa.

Neste momento de liberação da Bolsa pelo PCsF, o CPF do aluno não pode estar vinculado a nenhuma outra bolsa (PIBIC, PET, ...).

O candidato deverá encaminhar para a SRI pelo e-mail internacional @unifesp.br as cópias em PDF destes documentos: Termo de Compromisso (CAPES) / Carta de Benefícios (CNPq).

A SRI comunicará a ProGrad a mobilidade do aluno  somente após receber estes dois documentos. A ProGrad colocará sua matrícula em mobilidade na data que constar da documentação oficial do PCsF.

A orientação passada pela ProGrad é para o aluno fazer a rematrícula e assistir as aulas até a interrupção do curso.
Quando a Mobilidade começar a ProGrad vai elidir do registro as UCs nas quais o aluno se matriculou e colocará seu registro em situação acadêmica de “Em Mobilidade”. Veja mais informações no item "Sobre rematrícula", abaixo.

O Bolsista precisa se reunir com o Prof. Coordenador do seu Curso, para com ele fazer o planejamento tanto da sua interrupção do curso, como do seu retorno à UNIFESP (sair ou voltar no meio do semestre letivo em andamento). Isso deve ser acertado com o Prof. Coordenador antes do seu embarque e o Prof. verificará os detalhes regimentais do seu curso com vistas as Portarias da Prograd n° 01/2015 e n°12/2013, que regulam a Mobilidade e a Rematricula. Os modelos "Plano de Estudos modelo UNIFESP" e "Learning Agreement/Amendement" estão na nossa página e seu planejamento precisa ter a participação do Prof. Coordenador do Curso. Ele precisa estar ciente de tudo que acontecer na sua mobilidade.

O Bolsista deve apresentar o "Plano de Estudos modelo UNIFESP" e o "Learning Agreement/Amendement". A orientações e modelos dos formulários estão na nossa página (clique aqui para acessar).

Caso o bolsista receba proposta de estágio e precise prorrogar a bolsa,  clique aqui para ver as orientações sobre esta situação.
Tão logo o bolsista desembarque no país estrangeiro,  deverá procurar a Embaixada ou o Consulado brasileiros mais próximos para fazer o Cadastro Consular. Isso é importante pois o Itamaraty criou um departamento específifo para dar assistência aos bolsistas do CsF e oferecer serviços para facilitar as interlocuções em eventuais problemas jurídicos, ajudar a localizar vagas de estágio, contatar empresas, preparar currículos atendendo contextos locais, abrir conta bancária, etc.
 
Ao fazer sua inscrição no PCsF e assinar seu Termo de Compromisso, o bolsista tem que estar ciente que assumiu responsabilidades. Assim, é de responsabilidade do Bolsista a apresentação destes documentos e atender os prazos.

Caso o bolsista não apresente esta documentação, assumirá as consequências que porventura venham a acontecer na sua situação acadêmica, ficando em situação irregular perante a Prograd e/ou ao Programa CsF, que poderá cancelar sua bolsa, ou até mesmo perder sua vaga na UNIFESP.

 

Pró-Reitorias

Campi

Unidades Acadêmicas

Links de Interesse