Unifesp oferece vagas para voluntários em diversas áreas da saúde

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas científicas, oferece vagas para voluntários em diversas áreas da saúde. Confira:

CAMPUS BAIXADA SANTISTA

01 - PAPEL DA NUTRIÇÃO EM CUIDADOS PALIATIVOS

O Departamento de Saúde, Educação e Sociedade do Instituto de Saúde e Sociedade (ISS/Unifesp) - Campus Baixada Santista realiza estudo com objetivo de verificar o conhecimento de nutricionistas brasileiros(as) sobre o papel da nutrição na prática de cuidados paliativos.

Para participar, o(a) nutricionista que atua ou já atuou na área clínica deve responder o questionário on-line disponível aqui.

02 - ATIVIDADE FÍSICA E ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

Estudo internacional comparativo, envolvendo 13 países, com participação estimada de 20 mil pessoas no total, a pesquisa intitulada Atividade física e estratégias de enfrentamento durante a pandemia de covid-19 busca entender como as pessoas responderam ao coronavírus durante o período de quarentena em cada país e o que estão fazendo ou já fizeram em termos de atividade física referente a estratégias de enfrentamento da doença.

O trabalho, que tem como público-alvo moradores da cidade de São Paulo com mais de 18 anos, é liderado internacionalmente pela professora Jingzhen Yang, da Ohio State University (EUA). No Brasil, é coordenado, em parceria, pelos professores Ricardo Uvinha, da EACH/USP, e Nara Rejane Cruz de Oliveira, do Campus Santista da Unifesp.

Para participar, basta responder o questionário (clique aqui). Contato na Unifesp para mais informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

03 - PESQUISA ON-LINE COM MÉDICOS(AS) SOBRE TRABALHO DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19 NO ESTADO DE SÃO PAULO

Se você é médico ou médica e trabalha em contato direto com pacientes infectados, na linha de frente, ou em outros serviços de atenção à saúde durante a pandemia de covid-19, você está sendo convidada/o a participar como voluntária/o da pesquisa intitulada Médicos na linha de frente da pandemia covid-19: incidência de Burnout.

O estudo está sendo desenvolvido com o objetivo de verificar e quantificar a prevalência de estresse ocupacional e a provável incidência de esgotamento profissional (Burnout) em sua categoria profissional. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Unifesp (parecer n. 4.158.364 de 16/7/2020).

Sua participação é muito importante e ajudará a trazer informações para que profissionais das áreas da Saúde Mental Relacionada ao Trabalho possam planejar intervenções terapêuticas que auxiliem na prevenção e/ou profilaxia dessas morbidades durante e após a pandemia.

Você levará de 10-25 minutos para responder um questionário curto e duas escalas. Sua identidade será preservada e o sigilo, garantido. Todas as informações pertinentes estão no Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (que você encontra no link abaixo).

Link para acesso à pesquisa on-line (clique aqui).

04 - PESQUISA COM CRIANÇAS QUE ANDAM NA PONTA DOS PÉS

O Departamento de Ciências do Movimento Humano do Instituto de Saúde e Sociedade (ISS/Unifesp) - Campus Baixada Santista recruta crianças, com idade entre 5 e 11 anos, que andam na ponta dos pés para pesquisa.

Podem participar crianças com pé equino idiopático, que são aquelas que andam na ponta dos pés, mas não têm paralisia cerebral, distrofia, pé torto congênito, autismo, lesões no sistema nervoso central ou periférico (no cérebro ou na medula), e que não nasceram prematuras ou ficaram intubadas.

Será feita uma avaliação de força, o equilíbrio e um exame de marcha. Interessados devem entrar em contato pelo celular (13) 99111-3271 (WhatsApp®), falar com Vanessa.

05 - TREINAMENTO FÍSICO EM IDOSOS HIPERTENSOS

O Laboratório de Treinamento Físico Experimental do Campus Baixada Santista da Unifesp recruta voluntários para pesquisa que visa verificar os efeitos do treinamento físico – na pressão arterial, qualidade do sono, estado do humor, entre outros fatores – em idosos hipertensos.

Os interessados, com idade entre 60 e 80 anos, devem ser hipertensos – fazendo uso de medicamento para pressão alta – e residirem na cidade de Santos. Os candidatos serão submetidos, durante um período de 16 semanas, a sessões de treinamento físico para fortalecimento muscular.

As inscrições devem ser feitas pelos contatos (13) 3229-0214 (falar com Letícia), (13) 98132-0104 (WhatsApp®) ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

06 - MÉTODO PILATES EM MULHERES HIPERTENSAS

O Campus Baixada Santista recruta voluntárias para estudo que avalia os efeitos crônicos do Método Pilates sobre as respostas cardiorrespiratórias e metabólicas em mulheres hipertensas controladas.

Para participar, é necessário ter entre 30 e 59 anos de idade, ser hipertensa controlada – pessoa que realiza tratamento medicamentoso com qualquer classe de medicamentos -, não apresentar doenças ósseas, articulares, musculares e neurológicas associadas e não ter praticado qualquer atividade física nos últimos seis meses. As voluntárias devem ter disponibilidade duas vezes por semana durante um período de quatro meses e estarem disponíveis também para a realização de avaliações periódicas antes e após o treinamento com o Método Pilates - teste de exercício cardiopulmonar, espirometria, MAPA, exames sanguíneos, teste de lactato, ecocardiograma, US de vasos sanguíneos, testes de flexibilidade e força. O laudo (resultado) das avaliações será entregue, ao final da pesquisa, apenas para as voluntárias que finalizarem o protocolo.

Interessadas devem entrar em contato pelo Whatsapp® ou e-mail e falar com os pesquisadores Rodrigo Fernandes Barbosa (11) 99996-8094 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Daniele Tavares Martins (13) 99173-6007 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

07 - TRATAMENTO DE PILATES PARA FASCIÍTE PLANTAR

O Campus Baixada Santista recruta voluntários com fasciíte plantar e/ou esporão do calcâneo para tratamento fisioterapêutico por meio do método Pilates solo.

Para participar do estudo, os candidatos devem ter entre 35 e 65 anos de idade, apresentar dor no calcanhar por mais de 4 meses, ter diagnóstico médico de fasciíte plantar e/ou esporão do calcâneo e não estarem submetidos à tratamento fisioterapêutico e de pilates no momento.

Os voluntários devem ter disponibilidade duas vezes por semana - às quartas e sextas pela manhã - durante o período de dois meses. Os interessados podem entrar em contato ou pelo telefone (13) 98837-1904 ou pelo endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (tratar com a Bruna).

08 - QUER AUMENTAR SEU NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA?

O Laboratório de Epidemiologia e Movimento Humano (Epimov) do Campus Baixada Santista da Unifesp recruta voluntários, com mais de 20 anos, para ensaio clínico que avaliará os efeitos da utilização de um aplicativo para smartphone nos níveis de atividade física e na saúde em geral. Para isso, é preciso ter um celular (smarthphone) e condições de saúde para praticar exercícios sem supervisão.

Essa etapa integra o Projeto PAUL (Playful Data-Driven Active Urban Living), uma parceria entre pesquisadores da Unifesp, da UFSCar e da Holanda (Universidade de Utrecht, Universidade de Amsterdã e Universidade de Ciências Aplicadas de Amsterdã). O projeto, que conta com financiamento da Fapesp, desenvolve um aplicativo para smartphone que utilizará inteligência artificial combinada com técnicas de mudança de comportamento para o aumento do nível de atividade física da população.

Contato para participação: (13) 3208-0800 (Clínica de Medicina Cardiovascular Angiocorpore. É preciso dizer que quer participar do projeto Unifesp) / e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

09 - EFEITO DA MEDITAÇÃO NA PRESSÃO ARTERIAL DE ADULTOS HIPERTENSOS

O Campus Baixada da Unifesp recruta voluntários para pesquisa que avaliará o efeito agudo da meditação na pressão arterial de adultos hipertensos.

Podem participar homens e mulheres com idade entre 30 e 50 anos e que tenham hipertensão. Os voluntários não devem ser praticantes de exercício físico sistematizado há pelo menos 6 meses e não devem possuir experiência prévia com meditação.

As atividades serão realizadas na unidade da Av. Ana Costa, 95 - Vila Mathias, Santos/SP. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone: 13 98859-7155 (falar com Beatriz) para agendar dia e horário.

10 - AVALIAÇÃO POSTURAL E CARDIORRESPIRATÓRIA EM JOVENS COM ESCOLIOSE IDIOPÁTICA DO ADOLESCENTE

O Campus Baixada Santista da Unifesp está realizando recrutamento de jovens com escoliose idiopática do adolescente de 11 a 18 anos para avaliação postural, respiratória, cardíaca e capacidade de exercício. A iniciativa, coordenada pela professora Milena Carlos Vidotto, disponibilizará o laudo da função pulmonar e serão realizadas orientações e encaminhamentos para o tratamento adequado.

A professora Milena ressalta a importância da participação dos jovens no estudo. “A presença da comunidade é muito importante, pois, além de contribuir com a pesquisa, os jovens com escoliose idiopática do adolescente receberão informações sobre possíveis alterações cardiorrespiratórias e orientações gerais sobre as alterações posturais, além de conhecer sua atual condição física”, comenta.

As avaliações acontecem no Laboratório EPIMOV sala 338 - R. Silva Jardim, 136, Vila Matias - Santos-SP. Para participar do projeto ou para quaisquer esclarecimentos, os responsáveis devem entrar em contato pelo WhatsApp (13) 99693-7144 (Natália) ou pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

11 - AVALIAÇÃO CARDIORRESPIRATÓRIA EM INDIVÍDUOS ASMÁTICOS

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando de indivíduos com asma com idade acima de 18 anos para participar de programa de avaliação cardiorrespiratória e orientações. Os participantes realizarão a espirometria, teste de caminhada e avaliação do nível de atividade física. A iniciativa, coordenada pela professora Milena Carlos Vidotto, disponibilizará o laudo da função pulmonar e relatório sobre atual condição física. O programa inclui orientações sobre a doença e tratamento, além de exercícios respiratórios e orientações sobre a prática de atividade física direcionada para o indivíduo com asma.

A professora Milena ressalta a importância da participação no projeto. “A presença da comunidade é muito importante, pois, além de contribuir com a pesquisa nesta área, os indivíduos com asma receberão informações importantes sobre a doença e seu tratamento, além de conhecer sua atual condição respiratória e física”. As atividades acontecerão no Laboratório de Epidemiologia e Movimento Humano (EPIMOV), localizado na Rua Silva Jardim, n° 136 - 3º andar - Vila Matias - Santos/SP.

Para obter mais informações e se inscrever, envie uma mensagem para WhatsApp® (13) 98139-3261 ou para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

12 - AVALIAÇÃO POSTURAL E CARDIORRESPIRATÓRIA EM ADOLESCENTES

O Campus Baixada Santista da Unifesp recruta jovens de 11 a 18 anos para avaliação postural, respiratória, cardíaca e capacidade de exercício. A iniciativa, coordenada pela professora Milena Carlos Vidotto, disponibilizará o laudo da função pulmonar e em casos de alterações posturais e cardiorrespiratórias. Além disso, serão realizadas orientações e encaminhamentos para o tratamento adequado.

Para a professora Milena, "a participação da comunidade no projeto é muito importante, pois, além de contribuir com a pesquisa, os jovens receberão informações sobre possíveis alterações posturais e cardiorrespiratórias e orientações gerais sobre postura, além de conhecer sua atual condição física”. As avaliações ocorrerão no Laboratório de Epidemiologia e Movimento Humano (EPIMOV), localizado na Rua Silva Jardim, n° 136 - 3º andar - Vila Matias - Santos/SP.

Para participar do projeto ou para quaisquer esclarecimentos, os responsáveis devem entrar em contato pelo WhatsApp®: (13) 99693-7144 (Natália) ou pelo telefone (13) 3229-0203 (Ana Carolina).

13 - PILATES PARA MULHERES HIPERTENSAS

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntárias para uma pesquisa sobre a efetividade do Pilates em mulheres hipertensas. 

Serão selecionadas 21 voluntárias com idade entre 35 e 59 anos e que tenham diagnóstico de hipertensão arterial e que estejam sob tratamento medicamentoso, além de estarem sedentárias por, pelo menos, seis meses.

O estudo consiste em três sessões: uma de Pilates Solo, uma de aparelho e uma sessão controle. Antes dessas sessões, será feito um período de adaptação na mesma semana. As sessões serão realizadas na Cuca’s Academia - Unidade 2, localizada na Rua Alfredo Albertini, n.º 77 - Marapé, em Santos/SP, com disponibilidade às segundas, quartas e sextas-feiras, às 20h.

As interessadas podem entrar em contato com Raphael Santos pelo telefone (13) 98146-6242.

14 - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO E ORIENTAÇÃO PARA INDIVÍDUOS ASMÁTICOS

O Campus Baixada Santista da Unifesp oferece um projeto de extensão que visa melhorar a qualidade de vida dos indivíduos asmáticos por meio de um programa de educação, avaliação e orientações. 

Com o objetivo de compartilhar informações que permitam maior autonomia do participante no controle de sua doença, o programa ajudará a população a entender o que é a asma, reconhecer seus sintomas, fatores desencadeantes, como realizar exercícios respiratórios e praticar atividade física de forma adequada. Haverá também a avaliação do nível de controle da asma, da função pulmonar e da capacidade de exercício. 

Desenvolvido por estudantes do curso de Fisioterapia, com a supervisão das docentes Liria Yuri Yamauchi e Milena Vidotto, ambas do Departamento de Ciências do Movimento Humano, o projeto está em andamento com vagas abertas. Serão realizados três encontros semanais, com duas horas de duração cada. As atividades acontecerão no 3º andar do Laboratório de Epidemiologia e Movimento Humano (EPIMOV), localizado na Rua Silva Jardim, 136 - Vila Matias - Santos/SP. 

Para obter mais informações e se inscrever, envie uma mensagem para WhatsApp® (13) 98139-3261 ou e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., com nome, idade e telefone para contato.

15 - SUPLEMENTAÇÃO PROTEICA E CONTROLE GLICÊMICO

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntários, de ambos os sexos, acima de 60 anos de idade para pesquisa sobre o efeito da suplementação proteica no ganho de massa muscular e controle glicêmico em idosos diabéticos do tipo 2.

Os interessados não podem fazer uso de insulina e não podem praticar exercícios do tipo musculação. Além disso, devem ter disponibilidade para participar do programa de suplementação e exercícios durante três meses.

Para inscrições e mais informações, entrar em contato com a nutricionista Celine pelo telefone (13) 99616-9498 (WhatsApp®).

16 - PERCEPÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA RECÉM-FORMADO

O Campus Baixada Santista da Unifesp recruta voluntários para pesquisa que busca compreender a percepção do profissional recém-formado de Educação Física, sobre o seu papel como professor.

Para participar, é necessário ter idade acima de 18 anos, ser graduado em Educação Física nos últimos dois anos e atuar em academias de ginásticas.

Inscrições e informações pelo telefone (11) 99730-9347 (via WhatsApp®) ou pelos e-mails Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (Prof. Rogério Cruz de Oliveira) ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (pesquisador João Vitor Cruz).

17 - TRATAMENTO DE OSTEOARTRITE/ARTROSE DE JOELHO

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntários para pesquisa sobre tratamento de osteoartrite/artrose de joelho.

Os interessados, com idade entre 50 e 80 anos, devem apresentar osteoartrite/artrose na articulação do joelho. As dores sentidas devem acontecer em uma das seguintes ações: subir e descer escadas, ajoelhar, sentar e levantar, correr e/ou manter-se em pé por, pelo menos, dois minutos. Os participantes devem possuir radiografia do joelho, de preferência dos últimos seis meses.

Não podem ter diabetes e hipertensão arterial, embora, se estiverem sob tratamento com medicamentos, podem ser inclusos. Também não podem ser praticantes de atividade física frequente, alcoólicos, fumantes ou com diagnóstico de câncer e/ou fibromialgia. 

Os candidatos serão submetidos, durante o período de 10 semanas, a reabilitação por meio de exercícios aeróbicos e de fortalecimento muscular, além da aplicação de laser terapêutico. As inscrições devem ser feitas pelos contatos (13) 98803-9301 (WhatsApp®) ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

CAMPUS SÃO PAULO

01 - AVALIAÇÃO DO IMPACTO DA PANDEMIA DE COVID 19 NA SAÚDE MENTAL EM ADULTOS

Pesquisadoras do Departamento de Saúde Coletiva da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp) - Campus São Paulo estão realizando um estudo com objetivo Analisar o impacto da pandemia de covid-19 na saúde mental da população adulta.

Podem participar do projeto, que foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Unifesp, pessoas acima de 18 anos, independente de gênero e da região em que reside no Brasil. Sua identidade será preservada e o sigilo garantido.

Para participar, basta responder um questionário e quatro escalas virtualmente neste link. Contato para mais informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

02 - PERFIL DE SONO DE CRIANÇAS NA PANDEMIA

Você tem filhos com idade entre 2 e 10 anos? Como estão os seus níveis de ansiedade e sua qualidade de sono durante a pandemia? Essa pesquisa tem o objetivo de caracterizar o perfil de sono de crianças durante a pandemia e relacionar esses resultados com possíveis sintomas de ansiedade das crianças e de suas mães. Esse questionário deve ser respondido por mães de crianças de 2 a 10 anos.

O tempo para responder a essas perguntas é de aproximadamente 30 minutos. Para participar basta clicar neste link. Se desejar obter mais informações, pode entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

03 - AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA RESISTIDO E POSTURAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 10 A 14 ANOS EM ACADEMIA


A disciplina de Medicina Esportiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo convida crianças e adolescentes com idade entre 10 e 14 anos para participarem de um estudo que busca avaliar um programa resistido e postural, visando ao fortalecimento muscular e neuropsicomotor básico em atividades assistidas. 

Tal atividade pode melhorar a postura na rotina dos adolescentes (mochilas pesadas) e capacitação para atividades coletivas (futebol, vôlei, basquete, tênis) o que é cada vez mais desejado como ferramenta de saúde. "O incentivo a atividade física e a mobilidade são muito importantes para o combate ao sedentarismo e obesidade na criança e adolescente. Nos países onde há o crescimento da obesidade, o treino resistido tem sido cada vez mais estimulado para crianças acima de 10 anos de idade", explica Alberto Pochini, docente do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da EPM/Unifesp e orientador do estudo. "Incentivar desde cedo a pratica de atividade física básica de força tem como finalidade além de permitir uma evolução física sadia, agir na prevenção de problemas nas articulações e lesões músculos-esquelético no futuro", completa Pochini.

As atividades podem ser realizadas em ambientes controlados como em academias com espaço para treinos funcionais voltados para este fim. Os(as) interessados(as) em participar do estudo devem entrar em contato com o pesquisador Michel Neme, pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., informando o nome completo da criança/adolescente e do responsável, telefone, idade e período de preferência (manhã ou tarde).

04 - MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DE INDIVÍDUOS COM DOENÇAS CRÔNICAS

A Unifesp recruta voluntários para pesquisa que pretende realizar intervenções de promoção à saúde, com o objetivo de proporcionar melhor qualidade de vida para pessoas com condições crônicas. Ela ocorrerá no formato on-line, tendo em vista o momento atual de pandemia da covid-19. As sessões serão realizadas por meio da Plataforma Zoom, portanto, o participante precisa estar apto para a utilização dessa ferramenta.

Para participar da pesquisa, é preciso ter entre 18 e 70 anos, ter alguma doença crônica e ser acompanhado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), preferencialmente pelos serviços de saúde do Hospital São Paulo, hospital universitário (HSP/HU Unifesp).

O projeto de pesquisa tem duração de 10 semanas. Os encontros ocorrerão uma vez por semana, com duração de 2h/dia, e as intervenções serão iniciadas na segunda quinzena de agosto de 2020.

Caso você tenha disponibilidade e interesse, entre em contato com a pesquisadora responsável Luciana Orange: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / 81 98736-4378 (WhatsApp®).

05 - FAMÍLIA E ESPIRITUALIDADE NA DOENÇA DE ALZHEIMER (DA) E/OU OUTRAS DEMÊNCIAS

Pesquisadoras do Departamento de Saúde Coletiva da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp) - Campus São Paulo realizam estudo com objetivo de mensurar e compreender a dinâmica familiar quando há um de seus membros com Doença de Alzheimer (DA) e/ou outras demências em domicílio e de que maneira a família utiliza a espiritualidade como estratégia de enfrentamento.

Podem participar desta fase do estudo pessoas acima de 18 anos que tenham um familiar com DA e/ou outras demências. São necessários, no máximo, 20 minutos para responder um questionário e três escalas virtualmente. Os interessados(as) devem entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Sua identidade será preservada e o sigilo, garantido.

Todas as informações pertinentes serão fornecidas pela pesquisadora Luana Vitro pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

06 - IMPACTOS DO DISTANCIAMENTO SOCIAL NOS RITMOS BIOLÓGICOS E NA SAÚDE

O Laboratório de Neurobiologia da Pineal da Unifesp está recrutando voluntários de ambos os sexos, maiores de idade e que estejam permanecendo em casa para participar de pesquisa sobre os impactos do distanciamento social na saúde mental e ritmicidade biológica.

O projeto tem como objetivo estudar efeitos do distanciamento social nos desfechos em humor, ansiedade e estresse e a efetividade de recomendações na prevenção desses sintomas (medidas protetivas básicas e recomendações voltadas para a promoção de saúde mental e manutenção da organização circadiana).

Os(as) voluntários(as) responderão três questionários on-line sobre como têm se sentido e suas rotinas durante o período do distanciamento social. Após o primeiro questionário, serão enviadas recomendações de como se manter saudável durante esse momento, e os(as) voluntários(as) poderão avaliar tais recomendações nos próximos questionários, que serão preenchidos depois de duas e quatro semanas.

Interessados(as) devem acessar o link (clique aqui).

07 - SONO E HUMOR DE ATLETAS DE ESPORTES COLETIVOS DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

O Laboratório Interdisciplinar em Fisiologia e Exercício (LAIFE/Unifesp) deseja avaliar o sono e o humor de atletas de esportes coletivos durante esse período tão difícil de nossas vidas.

Serão avaliados atletas de categorias de base e profissionais de esportes coletivos de todo o estado de São Paulo. Acredita-se que, minimamente, os trabalhos físicos estão sendo realizados, mas com o isolamento os treinos técnicos e táticos não são possíveis.

A pesquisa é totalmente on-line via link do Google Forms. Se você que é atleta e está vendo esse post, ou se você conhece alguma equipe ou membro de comissão técnica, entre em contato: 11 98391-5491 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / 12 98110-1429 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / 11 98398-2704 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

08 - IMPACTO DA PANDEMIA DE COVID-19 NA QUALIDADE VIDA E TRABALHO DO PROFESSOR(A) DE MEDICINA

A Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) desenvolve pesquisa para avaliar o impacto da pandemia de covid-19 nos professores(as) da área de Medicina das universidades da América Latina e a qualidade de vida e do trabalho desses profissionais. Para participar, acesse aqui.

09 - REFLEXOS DA QUARENTENA E ISOLAMENTO SOCIAL SOBRE USO DE DROGAS E COMPORTAMENTOS DE VIOLÊNCIA

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp convida voluntários para pesquisa com objetivo de avaliar os reflexos da quarentena e do isolamento social devido à pandemia por covid-19 sobre comportamentos de violência e uso de substâncias psicoativas (como por exemplo: bebidas alcoólicas, derivados do tabaco, maconha, entre outras). 
 
Para participar basta, é preciso ter mais de 18 anos. Não é necessário ser usuário de algum tipo de substância psicoativa! O questionário on-line é totalmente anônimo e tomará cerca de 5 minutos do seu tempo. Clique aqui para acessá-lo. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

10 - IMPACTOS DO DISTANCIAMENTO SOCIAL NA SAÚDE MENTAL E RITMICIDADE BIOLÓGICA

O Laboratório de Neurobiologia da Pineal da Unifesp está recrutando voluntários de ambos os sexos, maiores de idade, que residam em São Paulo (capital) e estejam estejam permanecendo em casa para participar de pesquisa sobre os impactos do distanciamento social na saúde mental e ritmicidade biológica.

O projeto tem como objetivo encontrar maneiras de estar melhor preparados e munidos de mais informação para diminuir as consequências do distanciamento social na saúde mental. Além disso, avaliar quais são as recomendações mais importantes para quem está passando por tal situação.

Os(as) voluntários(as) devem usar um actígrafo, aparelho semelhante a um relógio de pulso que registra temperatura corporal, atividade locomotora e luminosidade ambiental e preencher um diário on-line por 45 dias.

Interessados(as) devem entrar em contato via e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

11 - COVID-19 E FERTILIDADE MASCULINA

A Disciplina de Urologia do Departamento de Cirurgia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo recruta voluntários homens, com idade entre 18 e 50 anos, que foram recém-diagnosticados com o novo coronavírus para participar de pesquisa sobre Covid-19 e Sêmen.

O projeto tem como objetivo avaliar a presença do vírus no sêmen e a sua interferência no potencial reprodutivo masculino. Serão realizadas coletas de sêmen e de hormônio, além de anamnese e exame físico no primeiro dia de coleta.

Interessados devem entrar em contato pelos telefones: 11 5576-4488 ou 5089-9200 (ramal 17195) - falar com Adceia.

12 - GRUPOS DE ATENDIMENTO ON-LINE EM TERAPIA DE LUTO - COVID-19

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp) - Campus São Paulo está com vagas abertas para atendimentos de grupo de luto terapêutico voltado a pessoas em situação de perda por covid-19.

Os(as) interessados(as) devem realizar inscrição pelo e- mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., para agendar atendimento on-line.

13 - GRUPOS DE ATENDIMENTO EM TERAPIA FAMILIAR E DE CASAL, DE LUTO E DE SEPARAÇÃO/DIVÓRCIO

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (EPE/Unifesp) está com vagas abertas para os seguintes atendimentos:

- Terapia familiar e de casal, cujos membros vivenciem dificuldades familiares;
- Grupo de luto terapêutico voltado a pessoas em situação de perda na família;
- Grupo de pessoas que vivenciem a dor da separação/divórcio.

Os interessados devem realizar inscrição pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (11) 5576-4848, ramal 1778, para agendar uma entrevista inicial, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h (falar com Marlene). 

O serviço é gratuito e os atendimentos são realizados na Rua Loefgreen, n.° 2018 - Vila Clementino, em São Paulo/SP.

14 - AVALIAÇÃO DO BEM-ESTAR E SAÚDE DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO DA UNIFESP 

Pesquisadores do Departamento de Psicobiologia da Unifesp conduzem estudo com o objetivo de avaliar o bem-estar e saúde dos alunos da graduação da universidade.

Inicialmente, será realizada uma avaliação subjetiva sobre diversos parâmetros relacionados com bem-estar, como qualidade de sono, saúde mental, percepção ao estresse e burnout.

Para participar, clique aqui. Os resultados serão enviados por e-mail assim que possível.

15 - GESTANTES COM RESTRIÇÃO DE CRESCIMENTO FETAL

O Ambulatório de Restrição de Crescimento Fetal da Unifesp está recrutando gestantes com diagnóstico de restrição do crescimento fetal ou de feto pequeno para idade gestacional. Será realizado acompanhamento ultrassonográfico de acordo com protocolo institucional.

O ambulatório funciona às sextas-feiras, a partir das 12h, na Casa de Saúde da Mulher, localizada na Rua Dr. Bacelar, n° 384 - Vila Clementino, São Paulo/SP. As interessadas podem entrar em contato pelo telefone (11) 5576-4848, (ramal 2096), de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h, para agendar horário (falar com Vera ou Kelly).

16 - TRATAMENTO DA DOR NEUROPÁTICA LOCALIZADA

A Clínica de Dor da Unifesp está recrutando voluntários para participarem de pesquisa para tratamento da dor neuropática localizada (dor decorrente de lesão de nervo como, por exemplo, a neuralgia pós-herpética ou pós-trauma).

Os interessados, que devem ser moradores de São Paulo ou Grande São Paulo, precisam entrar em contato com Simone, pelo telefone (11) 5576-4848, ramal 17006, no horário das 13h30 às 16h para agendar avaliação.

17 - CICLISMO E FERTILIDADE MASCULINA

O Centro de Pesquisa em Urologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) recruta ciclistas para pesquisa sobre fertilidade masculina.

Será avaliada a qualidade seminal de homens, com idade entre 20 e 50 anos, que praticam ciclismo de baixo e alto rendimento.

Os candidatos não devem apresentar histórico de cirurgia urológica, doença sistêmica e/ou sexualmente transmissível.

Contatos: (11) 98787-5347 / 3807-4062 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

18 - FORÇA MUSCULAR RESPIRATÓRIA DE INDIVÍDUOS SAUDÁVEIS

O Setor de Função Pulmonar e Fisiologia Clínica do Exercício (Sefice) do Departamento de Pneumologia da EPM/Unifesp está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa que visa avaliar a força muscular respiratória de indivíduos saudáveis (sem doenças respiratórias e cardíacas conhecidas), entre 20 e 80 anos, não obesos e não fumantes.

Será realizada uma espirometria simples, seguido de testes de força da musculatura respiratória, com duração de cerca de 1h30. Os casos alterados com valores fora da normalidade serão encaminhados para consulta com pneumologista.

A avaliação será realizada no próprio ambulatório, localizado na rua Prof. Francisco de Castro, n.º 54, na Vila Clementino. Os interessados devem entrar em contato com Vitor pelo número (11) 95214-8264 (WhatsApp®) ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

19 
- TRATAMENTO DE DORES DE CABEÇA

O Setor de Cefaleias da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp) está realizando uma pesquisa que visa avaliar a eficácia de tratamento medicamentoso e estimulação elétrica em pacientes que sofrem com dores de cabeça.

Serão aceitos pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, com ensino médio completo e que apresentem dor de cabeça mais de 15 vezes por mês. Não poderão participar da pesquisa os portadores de diabetes, hipertensão e bronquite asmática, os que fazem uso de medicação contínua contra cefaleia e/ ou enxaqueca e gestantes.

As pessoas selecionadas serão acompanhadas por um período de quatro meses, durante o qual serão submetidos a tratamento com medicação preventiva e com neuroestimulador Cefaly®. Os pacientes precisam ter a disponibilidade de comparecer ao menos cinco dias no local da pesquisa, que serão definidos pelos pesquisadores.

Os interessados podem entrar em contato com a pesquisadora Rose Fukue, por meio do WhatsApp®: (11) 98492-3141.

20 - PESQUISA SOBRE RELAÇÃO DO USO DE DROGAS E A INFERTILIDADE

O Centro de Pesquisa em Urologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa que envolve o uso de maconha e a qualidade do sêmen. O objetivo do trabalho será avaliar a qualidade funcional de espermatozoides em homens adultos usuários de maconha e compará-los aos dos não usuários.

Os interessados devem ter entre 18 e 50 anos, sem histórico de cirurgia urológica, doença sistêmica e/ou sexualmente transmissível. Após estarem cientes dos procedimentos e consentirem sua participação na pesquisa, os voluntários realizarão coleta de sêmen no Laboratório de Reprodução Humana da disciplina de Urologia (Rua Napoleão de Barros 628). Os voluntários terão acesso aos resultados de exame do material analisado.

Atualmente, diversos problemas têm afetado a fertilidade masculina e dentre eles o uso de drogas. A maconha é a droga ilícita mais consumida ao redor do mundo, e diversos países estão mudando suas leis e regulando seu uso terapêutico e social. Alguns efeitos provocados pelo principal princípio ativo da maconha, o THC, podem afetar o sistema reprodutor masculino, reduzindo a produção de FSH (hormônio folículo estimulante) e LH (hormônio luteinizante) comprometendo a produção, provocando alteração dos espermatozoides.

Os interessados devem entrar em contato com a pesquisadora Luana Adami pelos telefones (11) 98787-5347 e 3807-4062 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

21 - AVALIAÇÃO DO EFEITO DO ÓLEO DE LAVANDA NO SONO DE MULHERES NA PÓS-MENOPAUSA

O Departamento de Psicobiologia está recrutando voluntárias para pesquisa sobre o efeito da inalação do óleo essencial de lavanda no sono de mulheres que estejam na pós-menopausa e tenham o diagnóstico clínico de insônia. As voluntárias irão receber, além da intervenção proposta, atendimento médico especializado em medicina do sono. O estudo terá um período médio de intervenção de 40 dias e, nesse intervalo, as participantes receberão orientações para fazer uso de um "kit aromático" e sobre higiene do sono, realizarão exames de polissonografia, utilizarão por 14 dias um actígrafo e responderão a questionários.

Critérios para participar do estudo: mulheres entre 48 a 65 anos na pós-menopausa, diagnóstico clínico de insônia, sem o uso de terapia hormonal ou medicamentos para o sono nos últimos três meses. Não podem aderir ao estudo candidatas com histórico de doenças neurológicas ou psiquiátricas graves, diagnóstico de doenças clínicas não controladas, pacientes em tratamento para insônia ou para os sintomas da pós-menopausa e trabalhadoras em turno.

Os atendimentos clínicos e o acompanhamento do projeto ocorrerão na Rua Loefgren, n° 1570, Ambulatório de Ginecologia (Setor Sono na Mulher), correspondente ao Departamento de Psicobiologia. As voluntárias poderão entrar em contato pelo número (11) 99171-6972 (WhatsApp®), pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

22 - LOMBAGIA MECÂNICA POSTURAL CRÔNICA

O Setor de Reabilitação em Reumatologia da Unifesp recruta voluntários com diagnóstico de lombalgia mecânica postural crônica. 

Os candidatos, homens e mulheres, com idade acima de 18 anos, devem apresentar sintomas de dor lombar por mais de 12 semanas. O protocolo é a utilização de palmilhas por um período de seis meses. Recrutamento em aberto até março de 2019.

O projeto será realizado no próprio setor, localizado na Rua Borges Lagoa, 783 – Conjunto 31. Os interessados devem entrar em contato com Eider Lima pelo telefone (11) 98743-4552 ou pelo endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

23 - TRATAMENTO PARA DORES NA FACE E NO PESCOÇO OU COLUNA CERVICAL

A Disciplina de Reumatologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) – Campus São Paulo recruta voluntários, com idade entre 18 e 65 anos, que possuem dores na face e no pescoço ou coluna cervical por, pelo menos, três meses. Os candidatos não podem apresentar histórico de doença reumática e/ou neuromuscular, como também não podem ser usuários de aparelho ortodôntico.

É importante que os interessados tenham disponibilidade para comparecer ao serviço para quatro consultas. Os selecionados passarão por avaliação médica e odontológica.

As inscrições devem ser feitas com a Dr.ª Carmen pelo telefone (11) 99931-2018. Os atendimentos acontecem no Ambulatório de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial do Hospital São Paulo, situado na Rua dos Otonis, n°. 700 - Vila Clementino, São Paulo.

24 - ELETROESTIMULAÇÃO NA COMPULSÃO ALIMENTAR

O Programa de Atenção aos Transtornos Alimentares (Proata), da Universidade Federal de São Paulo, está recrutando mulheres com faixa etária entre 18 e 55 anos, com sobrepeso ou obesidade e que apresentem compulsão alimentar para avaliar um tratamento alternativo, não invasivo, chamado Estimulação Magnética Transcraniana (EMT). O intuito da pesquisa é verificar se a EMT pode ajudar a controlar a compulsão alimentar, o peso e sintomas ansiosos e depressivos em pessoas que sofrem de Transtorno de Compulsão Alimentar.

As participantes receberão aplicações de Estimulação Magnética Transcraniana ao longo de oito semanas. A avaliação médica e nutricional, questionários psicológicos e alguns exames específicos (neuroimagem) serão feitos antes e depois do tratamento.

É imprescindível que as interessadas saibam ler e escrever e serem destras, além de possuírem disponibilidade de ir até a Unifesp, na Vila Clementino, pelo menos três vezes por semana durante o tratamento.

O tratamento e avaliações são oferecidos sem custo e os gastos com transporte e alimentação serão cobertos pela pesquisa.

As mulheres podem inscrever-se pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ainda diretamente com uma das pesquisadoras: Nara (11) 97497-5978 (Vivo) ou Mara (11) 99241-7473 (Claro).

O Programa de Atenção aos Transtornos Alimentares (Proata/Unifesp) fica localizado na R. Borges Lagoa, 570 - conjunto 71, Vila Clementino, SP.

25 - FERTILIDADE MASCULINA

A Disciplina de Urologia da Unifesp recruta voluntários para pesquisa em fertilidade masculina. Os candidatos precisam ser do sexo masculino, com idade entre 20 e 50 anos, e não devem apresentar doenças sistêmicas ou doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Primeiramente, os voluntários passarão por uma consulta com médico especialista da Unifesp e depois realizarão exames específicos. Eles receberão os resultados via e-mail.

Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 3807-4062, das 9h às 14h, ou pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (falar com Renata).

26 - AVALIAÇÃO DO ESTRESSE DE SURDOS NA COMUNICAÇÃO COM PESSOAS OUVINTES

Pós-graduação em Nefrologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários para um estudo que avaliará o estresse em pessoas surdas e ouvintes durante a comunicação por meio de biomarcadores.

Podem participar indivíduos do sexo masculino, com idade entre 18 e 40 anos, que sejam surdos profundos e que se comunicam somente em Libras. Para o grupo controle, estão sendo selecionados indivíduos ouvintes também do sexo masculino e com idade entre 18 e 40 anos. Para ambos os grupos, os candidatos devem ter concluído o Ensino Médio.

Não poderão participar do estudo deficientes auditivos e surdos oralizados que não utilizam as Línguas de Sinais (LS), portadores de doenças cardiovasculares e indivíduos que utilizem qualquer mediação de forma crônica.

Os candidatos participarão de um encontro, com duração de 50 minutos, na rua Pedro de Toledo, n° 669 - 9º andar, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

Inscrições: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou (11) 99832-8031, falar com Warley Almeida Santos.

27 - EXERCÍCIOS PARA LOMBALGIA MECÂNICA POSTURAL CRÔNICA

O Setor de Reabilitação da Disciplina de Reumatologia da Unifesp recruta voluntários com idade entre 18 a 50 anos e que tenham diagnóstico de lombalgia mecânica postural crônica (sintoma de dor lombar por mais de 12 semanas).

O protocolo de exercícios físicos (exercícios funcionais) será realizado por um período de 12 semanas, durante duas vezes por semana nos períodos da manhã e tarde.

Os interessados deverão entrar em contato com Emília pelo telefone (11) 98087-9109.

28 - EFEITO DO MAGNÉSIO E DOR MUSCULAR

O Setor de Dor da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários para pesquisa que avalia o tratamento da dor muscular.

Podem participar do estudo, candidatos de ambos os sexos, com idade entre 18 e 60 anos, que apresentam dor muscular.

Os atendimentos acontecerão no Ambulatório da Dor (Rua Botucatu, 593). Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 95788-6346, de segunda a sexta-feira, no período da tarde, e falar com a Dra. Neli Stabel.

29 - TENDINOPATIA INSERCIONAL DO AQUILES

O Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta pacientes, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, que tenham diagnóstico clínico de Tendinopatia Insercional do Aquiles (esporão superior, tendinite calcânea), para realização de estudo com terapia por ondas de choque e fisioterapia motora.

Os pacientes terão acompanhamento clínico e tratamento fisioterápico até o final do tratamento. As sessões acontecerão às terças-feiras, às 7h, no Ambulatório de Terapia por Ondas de Choque (CPRT – Centro de Pesquisa e Regeneração Tecidual), do Centro de Traumatologia do Esporte (CETE), localizado no Clube Escola Unifesp (Rua Estado de Israel, nº 636 - Vila Clementino).

Não há necessidade de o paciente ser matriculado no Hospital São Paulo, que precisa portar apenas o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Inscrições pelo telefone: (11) 5576-4848 (VoIP 1384). Para mais informações, entrar em contato com a Rose Fukue pelo WhatsApp® (11) 98492-3141.

30 - EFEITO DA METADONA NO TRATAMENTO DA DOR EM PACIENTES ONCÓLOGICOS

O Setor de Dor da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários para uma pesquisa que visa avaliar o efeito da metadona no tratamento de pacientes com dores decorrentes de doenças oncológicas.

Podem participar da pesquisa homens e mulheres, com idade igual ou superior a 18 anos e que apresentam diagnóstico de doença oncológica e dor. Serão excluídos aqueles com doença psiquiátrica, hipersensibilidade ao medicamento, grávidas, pessoas em uso de opióide forte (morfina, metadona, oxicodona) e pacientes que estejam com dor controlada.

Os selecionados passarão por avaliação médica inicial e serão sorteados para um dos seguintes grupos: o que será avaliado a associação da metadona em baixas doses ao tratamento e o que receberá prescrição de analgesia sem a medicação metadona. Ambos os grupos serão acompanhados e receberão medicamentos via oral durante o período de três meses. Consultas serão realizadas no início do tratamento semanalmente e, após um mês, mensalmente. Os voluntários serão avaliados clinicamente em cada uma delas, respondendo também a questionários.

Os interessados devem entrar em contato com o Ambulatório de Dor da Unifesp pelo telefone (11) 5576-4848 (ramal 17006) nas segundas e terças-feiras, entre 8h30 e 12h, para agendar consulta com Dr. Feliciano Contardo N. Duarte.

Os atendimentos acontecerão no próprio Ambulatório de Dor, situado na Rua Botucatu, nº 593.

31 - AVALIAÇÃO DO EFEITO DA ACUPUNTURA E DA AMITRIPTILINA EM PACIENTES COM DOR DIFUSA

A Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva está recrutando 40 voluntários para uma pesquisa que visa avaliar o efeito da acupuntura e da amitriptilina em pacientes com dor difusa, há mais de três meses, que compromete o sono e ocasiona fadiga.

Não podem participar do estudo aqueles com: exames laboratoriais alterados; diabetes; doenças na tireoide; doença hepática; outras síndromes dolorosas; doença psiquiátrica; doença reumática ou neuromuscular; doença neurológica; hipersensibilidade ao medicamento (Amitriptilina e Paracetamol); arritmia, infarto do miocárdio recente; coagulopatia; uso de anticoagulantes; grávidas; glaucoma; uso de antidepressivo, anticonvulsivante, neuroléptico, opióide há pelo menos 4 semanas; tratamento com acupuntura até um ano antes do começo do estudo; infecção pelo HIV/Hepatite B.

Os candidatos podem ser de ambos os sexos e devem ter idade entre 18 e 60 anos. Os selecionados passarão por avaliação médica inicial, exames laboratoriais e serão separados por grupos. Um deles será submetido à acupuntura duas vezes por semana, durante quatro semanas. O outro receberá somente medicação. Ambos serão acompanhados durante um período de oito semanas, tempo em que receberão medicamentos via oral. Haverá preenchimento de questionários.

Interessados podem entrar em contato com o Ambulatório de Dor da Unifesp pelo telefone 5084-7463, às segundas e terças-feiras, das 8h30 às 12h. Os atendimentos acontecem no Ambulatório de Dor do Hospital São Paulo, situado à Rua Botucatu, nº 593, por meio de agendamento.

Lido 268922 vezes Última modificação em Quarta, 18 Novembro 2020 16:08

Mídia