Pesquisadores(as) da Unifesp, da UFSC e do Ministério do Meio Ambiente (MMA) avaliam como a pandemia torna evidente os impactos negativos dos sistemas alimentares na economia, meio ambiente e saúde pública

Publicado em RELEASES