×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 429
Quarta, 27 Agosto 2014 07:23

Unifesp promove evento sobre cultura nas universidades

Evento ocorreu no Centro Cultural Banco do Brasil e contou com debate sobre o tema e apresentação artística

 

A Unifesp, em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil, promoveu, na tarde da última segunda-feira, 25 de agosto, mais uma edição do projeto Unifesp Mostra sua Arte.

Na ocasião, a coordenação do evento promoveu um debate sobre o programa Mais Cultura nas Universidades, do qual participaram a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, o secretário de políticas culturais do Ministério da Cultura (MinC), Américo Córdula e o Pró-reitor de Extensão da Universidade Federal do ABC (UFABC), Daniel Pansarelli.

Soraya iniciou sua fala agradecendo as presenças de Córdula, representante do MinC e de Pansarelli, da UFABC, classificada pela reitora como uma instituição coirmã não apenas em questões relacionadas à cultura como nas demais. Falou também sobre o trabalho desenvolvido na Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). “Houve uma reaproximação entre os ministérios da Educação e da Cultura e percebemos a intenção de ambos em trazer de volta a cultura para as federais”.

Na Andifes, Soraya coordena o Grupo de Trabalho de Cultura, responsável pela elaboração de um edital. “A universidade é o campo do saber e é o lugar para discutirmos conhecimento e cultura”, disse.

Daniel Pansarelli fez, em sua fala, uma breve retomada histórica da presença da cultura na sociedade brasileira para explicar o contato tardio entre as áreas. Segundo ele, o Brasil passou quase 300 anos (de 1.500 até o fim do século XVIII) sem contato com cultura ou somente com a cultura católica trazida pelos portugueses por meio da Companhia de Jesus. Nas universidades, o tema chegou, de fato, apenas no século XX, ainda assim para poucos. “Historicamente, a universidade era voltada apenas para as elites”. Para ele, o caminho é a popularização do acesso à cultura dentro e fora das instituições. “Investir em cultura nas universidades é garantir que o investimento se reverta da melhor forma possível à população”.

Já Américo Córdula agradeceu a oportunidade de participar do debate, classificado como “muito rico” por ele. Parabenizou a reitora pelo trabalho a frente das políticas culturais da Andifes e citou a reaproximação dos ministérios da Educação e da Cultura como promotores sociais. “A educação e a cultura nos permite ver o mundo de diversas maneiras”.

O secretário citou também o Plano Nacional de Cultura, documento que estabelece diversas metas de inclusão cultural envolvendo desde a pré-escola até a pós-graduação. Por fim, fez uma apresentação do programa Mais Cultura nas Universidades, que pretende, mediante editais, estimular o aproveitamento dos equipamentos culturais dessas instituições, tais como museus, cinemas, teatros, entre outros. Ao final do debate, ocorreu uma apresentação do “Encontro de Coros Universitários”, sob a regência do Maestro Eduardo Fernandes.

 

Lido 6342 vezes Última modificação em Quinta, 25 Novembro 2021 13:28

Mídia