Quinta, 18 Dezembro 2014 13:10

Consu aprova pactuação com o MEC sobre o campus Zona Leste

Projeto prevê a instalação de cinco cursos iniciais, com investimentos de R$ 75 milhões, contratação de 159 docentes e 184 servidores

O Conselho Universitário da Universidade Federal de São Paulo (Consu/ Unifesp) aprovou, em sessão ocorrida no último dia 17 de dezembro, a proposta de pactuação com o Ministério da Educação (MEC) referente à instalação do campus Zona Leste. Além dos conselheiros, a reunião contou também com a participação dos movimentos sociais da região onde a universidade será instalada.

A proposta prevê a criação de oito cursos de graduação, sendo cinco iniciais, com investimentos de R$ 75 milhões, divididos em três anos, mais R$ 16 milhões de suporte inicial para custeio e R$ 7 milhões para assistência estudantil. Em número de vagas, serão 120 anuais para cada um dos cursos, sendo 60 diurnas e 60 noturnas, totalizando 600 vagas anuais, total referente aos cinco primeiros cursos, que serão definidos em 2015 pelo conselho de graduação. Também está prevista a contratação de 159 docentes para os cinco primeiros cursos, além de 184 servidores técnico-administrativos em educação.

Os oito cursos que funcionarão no Instituto das Cidades são: Administração Pública, Arquitetura e Urbanismo, Design Publico, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia de Mobilidade e Transporte, Geografia (Bacharelado e Licenciatura) e Turismo.

A reitora da Unifesp e presidente do Consu, Soraya Smaili, comemorou a aprovação de mais uma importante etapa da instalação da universidade na Zona Leste. “Quero agradecer a todos os envolvidos neste processo, a comissão mista e aos movimentos sociais, que nos mostraram ser possível expandir com planejamento”.

 

Lido 9020 vezes Última modificação em Quarta, 14 Outubro 2015 14:58

Mídia