Imprimir esta página
Segunda, 09 Dezembro 2019 13:13

Rubens Belfort Jr. é eleito presidente da Academia Nacional de Medicina

Docente da Unifesp presidirá a organização no biênio 2020/2021; posse está prevista para março de 2020

BelfortANM
Acadêmicos Francisco Sampaio, Carlos Paiva Gonçalves Filho e Rubens Belfort Jr. durante o coquetel realizado após a eleição (Foto: ANM)

O professor titular do Departamento de Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp) Rubens Belfort Jr. foi eleito, no dia 28 de novembro, o 66.º presidente da Academia Nacional de Medicina (ANM) para o biênio 2020/2021. A cerimônia de posse está prevista para ocorrer em março de 2020.

O docente é o primeiro presidente eleito para a ANM que reside fora do Rio de Janeiro. Para ele, assumir a presidência da academia “é uma grande honra e um enorme desafio perante o sucesso das últimas diretorias e o processo de internacionalização da ANM juntamente com a sua nacionalização”.

Membro titular da ANM desde 1999, Belfort possui graduação em Medicina, mestrado em Microbiologia Imunologia e Parasitologia e doutorado em Microbiologia e Imunologia pela EPM/Unifesp, além de outro doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico da Presidência da República e cientista nível 1-A do CNPq.

Confira a composição da nova diretoria: Rubens Belfort Mattos Jr. (presidente), José Galvão-Alves (1º vice-presidente), Omar da Rosa Santos (2º vice-presidente), Ricardo Cruz (secretário-geral), Carlos Eduardo Brandão Mello (1º secretário), José Horácio Aboudib Jr. (2º secretário), Oswaldo Moura Brasil (tesoureiro), Milton Meier (1º tesoureiro), Manassés Claudino Fonteles (orador), Carlos Alberto Basílio (diretor de Biblioteca), Cláudio Tadeu Daniel-Ribeiro (diretor de Arquivo), Giovanni Cerri (diretor de Museu), José Osmar Medina (presidente da Secção de Medicina), José Camargo (presidente da Secção de Cirurgia) e Marcello Barcinski (presidente da Secção de Ciências Aplicadas à Medicina).

*Com informações da ANM

 

Lido 1486 vezes Última modificação em Sexta, 13 Dezembro 2019 10:36

Mídia