Imprimir esta página
Segunda, 05 Julho 2021 13:29

Nota da EPM: Tradição, respeito e omissão

Novamente se faz necessário algumas considerações para reflexões de toda a nossa comunidade epmista. O momento exige muito equilíbrio e inteligência para a condução dos múltiplos aspectos que permeiam nosso cotidiano durante esses duros momentos atuais, exigindo de todos uma dose redobrada de resiliência, generosidade, acolhimento e esperança associados a valores éticos e firmeza para combatermos os excessos, a intolerância e a discriminação. Isto colocado, mister se faz reforçar alguns valores e compromissos desta diretoria da Escola Paulista de Medicina.

O imenso respeito ao legado histórico da nossa querida EPM é pedra angular do pilar de sustentação dos valores propagados por esta grande instituição. Assim, todas as afirmações que, de forma direta ou indireta, ultrapassem os limites do comportamento respeitoso, devem ser provadas, pois se assim não forem passam a ser consideradas como calúnias ou difamações.

Entendemos que temos a obrigação de reparar eventuais erros históricos por vezes cometidos, retirando símbolos de opressão, mas dentro de um ambiente democrático de discussão, permitindo que todos os aspectos sejam analisados por todos, respeitando o contraditório e a pluralidade de opiniões, sem contudo ser passivo ou conivente com posições racistas ou intolerantes.

Esta diretoria não tolera e nem tolerará movimentos que não sejam pautados pelo respeito ou acolhimento às diferenças (sejam elas de gênero, raça, orientação sexual, classe social, religiosa ou por necessidades especiais).

Assim, no sentido de evitar situações desnecessárias e considerando a atual exaltação dos ânimos a respeito das questões de racismo, exorto a todos que, antes de atitudes intempestivas, procurem esta diretoria para estabelecermos um canal de diálogo, evitando que se cometam danos às pessoas ou ao patrimônio público.

Saliente-se por fim que, em atenção ao desejo inconteste de união, que sempre pautou a história de nossa gloriosa Escola Paulista de Medicina, termino este comunicado exortando todos a estarmos juntos enfrentando os desafios do nosso tempo. Vivemos um momento crítico no qual a união e a solidariedade são fundamentais para a sobrevivência da nossa sociedade. Podemos escrever o futuro com base em princípios éticos e justos. Seremos lembrados pelo que deixaremos de legado desta terrível pandemia e é nosso dever combater e desmoralizar os preconceitos e valorizar o respeito, a empatia, o afeto e o compromisso institucional.

Diretoria da Escola Paulista de Medicina

Lido 451 vezes Última modificação em Quinta, 15 Julho 2021 20:43

Mídia