×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 569
Terça, 18 Janeiro 2022 10:51

Programa Notifica reforça ações de vigilância epidemiológica no HSP/HU Unifesp

Atividades de extensão possibilitam a prática dos conhecimentos teóricos e contribuem no acompanhamento de doenças no âmbito hospitalar

Por Paula Garcia

PORTAL programa notifica
Foto: Alex Reipert

No Brasil, a vigilância epidemiológica hospitalar é uma das mais antigas estratégias de monitoramento da saúde da população. É por meio deste trabalho que são geradas as informações essenciais para subsidiar a implementação de ações de promoção à saúde e prevenção de doenças. A participação ativa dos hospitais nesse processo é fundamental e ocorre por meio dos Núcleos Hospitalares de Epidemiologia (NHE).

Diante do cenário pandêmico da covid-19 e o aumento dos desafios encontrados nesta área de atuação, o NHE do Hospital São Paulo (HSP/HU Unifesp), em conjunto com professores do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) e da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp), identificou a necessidade da criação de um programa de extensão, visando promover atividades de caráter formativo e congregar esforços e projetos, com objetivo final de fortalecer as ações de vigilância epidemiológica no âmbito hospitalar.

Com isso, nasce em agosto de 2021 o Programa Notifica, que tem promovido atividades contínuas de extensão para que estudantes possam aprender na prática como realizar a investigação clínica e epidemiologica de casos de agravo ou doença de notificação compulsória, com base em critérios técnicos e fluxogramas já pré-estabelecidos, colaborando também na análise de dados e divulgação das informações à comunidade.

“A participação neste processo é elemento fundamental na formação acadêmica, uma vez que possibilita o aprofundamento dos conhecimentos teórico-práticos e aproxima os(as) estudantes da comunidade. A experiência de investigar clínica e epidemiologicamente um caso de agravo ou doença de notificação compulsória permite um maior entendimento acerca do contexto do indivíduo afetado e dos determinantes sociais de saúde”, explica Thais Claudia Roma de Oliveira Konstantyner, coordenadora do programa e docente do Departamento de Medicina Preventiva da EPM/Unifesp.

Projeto Notifica Covid-19

Um dos projetos desenvolvido pelo programa é o Notifica Covid-19, que conta com a participação de estudantes de graduação dos cursos de Enfermagem, Medicina e Tecnologia da Informação, além de profissionais e docentes de várias áreas da saúde. Seu objetivo foi investigar os casos de síndrome gripal suspeitos de covid-19 atendidos pelo Hospital São Paulo em 2020, e está sob a coordenação de Carla Gianna Luppi, docente do Departamento de Medicina Preventiva.

“Devido ao grande número de atendimentos, a notificação destes casos estava atrasada. Ao todo, foram notificados pelo projeto 3.277 casos de síndrome gripal. Todos(as) os(as) estudantes foram treinados(as), supervisionados(as) e realizaram as atividades de forma remota. A notificação destes casos permitiu a avaliação do perfil dos(as) pacientes que evoluíram com quadros mais leves e sem internação”, conta Konstantyner.

Futuramente também se pretende desenvolver projetos de extensão voltados à Vigilância Epidemiológica da Tuberculose, Vigilância Sindrômica e Informatização na Saúde.

Lido 685 vezes Última modificação em Terça, 25 Janeiro 2022 13:45

Mídia