Na última segunda-feira, 05/12, foi divulgada pela Unifesp uma nota relatando novos bloqueios de créditos orçamentários e de limites financeiros do Ministério da Educação (MEC) no funcionamento da instituição. Dentre esses impactos vimos destacar a ausência de repasses para pagamento das bolsas de extensão (Pibex e ProPEx) e de residências Médica, Uniprofissional e Multiprofissional neste mês de dezembro.

Em conjunto com as demais universidades e entidades, a Unifesp está atuando em todas as esferas possíveis; movimentos estão sendo realizados em busca da restituição do financeiro (verba disponibilizada mensalmente) para estes pagamentos e também para pagamento das diversas despesas básicas da Unifesp.


É de absoluta urgência que o governo cumpra com seus compromissos para que o presente cenário seja alterado. O pagamento das bolsas de extensão e de residência é fundamental para manutenção das diversas atividades de extensão e cultura em desenvolvimento por nossa universidade e para o bom funcionamento de nosso Hospital Universitário.

A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) se solidariza com todas as pessoas atingidas e se mantém atenta a qualquer movimentação ou mudanças neste cenário.

Reitoria
Pró-Reitoria de Extensão e Cultura