Henrique José Domiciano Amorim nacionalidade brasileira

Universidade Federal de São Paulo

Escola de Filosofia

Programa de Pós-Graduação: Ciências Sociais

E-Mail: hamorim@unifesp.br


130
27
Pular gráfico
De 2020 a 2024
Trabalhos publicados

Resumo

Professor Associado de Sociologia e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (UNIFESP-Campus Guarulhos). Coordena o Grupo de Pesquisa Classes Sociais e Trabalho (GPCT) desde 2011. Desenvolve o Projeto de Pesquisa: Desenvolvedores de Software e Teleoperadores: Dois opostos do trabalho imaterial, no âmbito do Auxílio Regular da FAPESP e o Projeto de Pesquisa: O Encontro entre as TICs e o Empreendedorismo: O Trabalho Digital nas Sociedades Contemporâneas (PQ-CNPq) . É pesquisador da Rede de Estudos e Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR). Realizou Pós-Doutorado no CESIT/UNICAMP (2016/2017), na EHESS/Paris (2017), no Departamento de Sociologia do IFCH/UNICAMP (2007-2010) e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS)/Paris (2009). Foi pesquisador do Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales/CLACSO (2008/2009). Concluiu o Doutorado em Ciências Sociais pela Unicamp em 2006, tendo realizado sua pesquisa com Bolsa de Doutorado Sanduíche na EHESS/Paris. Atua na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Trabalho e Teoria Social, pesquisando principalmente os seguintes temas: Trabalho, Trabalho Imaterial, Trabalho Digital, Parcialização do Trabalho, Informalidade, Precarização do Trabalho, Classes e Movimentos Sociais, Produção, Relações de Produção e Processos de Trabalho, Plataformização do Trabalho, Uberização e Micro-trabalho. Foi contemplado com o Prêmio de Excelência em Pesquisa da Unifesp, em 2022. Publicou os livros: Trabalho Imaterial: Marx e o Debate Contemporâneo, publicado pela Annablume/FAPESP em 2009 e 2018; Valor-trabalho e Imaterialidade da Produção nas Sociedades Contemporâneas, publicado pelo CLACSO em 2012; Teoria Social e Reducionismo Analítico: Para uma crítica ao debate sobre a centralidade do trabalho, publicado pela EDUCS em 2006; Sociologia Hoje, publicado pela Ática em 2016 e Contexto e Ação, publicado pela Scipione em 2021; e organizou os livros: Trabalho (Imaterial), Valor e Classes Sociais: Diálogos com Pesquisadores Contemporâneos: EDUFSCAR, 2017; As Classes Sociais no Início do Século XXI: Annablume/FAPESP, 2017; e Classes e Lutas de Classes: Novos Questionamentos. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2015.

Fonte: Lattes CNPq

Nomes em citações bibliográficas

AMORIM, Henrique;Amorim, Henrique


Exportar dados

Exportar produção no formato BIBTEX


Perfis na web


Tags mais usadas

Pular nuvens de palavras

Idiomas

Inglês

Compreende razoavelmente, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve pouco

Espanhol

Compreende bem, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve razoavelmente

Francês

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve razoavelmente

Italiano

Compreende razoavelmente, Fala pouco, Lê bem, Escreve pouco


Formação

  • Doutorado em Ciências Sociais

    A Valorização do Capital e o Desenvolvimento das Forças Produtivas: uma discussão crítica sobre o trabalho imaterial

    Sociologia do Trabalho

    Orientação: Ricardo Luiz Coltro Antunes

    Universidade Estadual de Campinas

      Desde 2006

  • Mestrado em Sociologia

    Teoria Social e Reducionismo Analítico: para uma crítica ao debate sobre a centralidade do trabalho

    Sociologia do Trabalho

    Orientação: Angela Maria Tude de Souza

    Universidade Estadual de Campinas

    1999 a 2001

  • Graduação em Ciências Sociais

    O Declínio do Movimento Operário: Uma Classificação Bibliográfica

    Orientação: Armando Boito Junior

    Universidade Estadual de Campinas

    1993 a 1996

  • Produção


    2023


    • Industrial platform capitalism : Outsourcings, syntheses and resistances

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Ana Cláudia Moreira Cardoso; Maria Aparecida Bridi

      Conteúdo completo

      2023

      Fonte: WORK ORGANISATION, LABOUR & GLOBALISATION (PRINT) , v. 17 , p. 27

    • Entre Scripts e Metodologias Ágeis: A prescrição como tendência no trabalho mediado pelas TICs

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Guilherme Henrique Guilherme

      2023

      Fonte: Icebergs à Deriva: o trabalho nas plataformas digitais , p. 107

    • Empresas-plataformas: Quem quer ter patrão?

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ana Cláudia Moreira Cardoso; José Dari Krein; Ricardo Festi; Paula Freitas; Thaís Helena Barreira; Cássio da Silva Calvete; Sadi Dal Rosso; Henrique José Domiciano Amorim

      2023

      Fonte: Outras Palavras , p. 1


    2022


    • Capitalismo Industrial de Plataforma: externalizações, sínteses e resistências

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Ana Cláudia Moreira Cardoso; Maria Aparecida Bridi

      Conteúdo completo

      2022

      Fonte: Caderno CRH (Online) , v. 35 , p. 1

    • Trabalho Digital e Plataforrmizado: reconfigurando o passado no presente

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Maria Aparecida Bridi; Ana Cláudia Moreira Cardoso

      Conteúdo completo

      2022

      Fonte: Caderno CRH (Online) , v. 35 , p. 1


    2021


    • The Precariousness of Immaterial Labor: Self-Taylorization in the Brazilian Software Industry

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Mauricio Reis Grazia

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: LATIN AMERICAN PERSPECTIVES , v. 1 , p. 0094582X2098872

    • Trabalho por aplicativo: uma síntese da intensificação do trabalho, da informalidade e da resistência política no contexto da pandemia

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: Revista Trabalho, Política e Sociedade , v. 6 , p. 105

    • Resenha: Jorge Grespan - Marx e a crítica do modo de representação capitalista

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda

      2021

      Fonte: CRITICA MARXISTA (SÃO PAULO) , v. 53 , p. 155

    • Trabalho em plataformas digitais: perspectivas desde o Sul global

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Ludmila Costhek Abílio; RAFAEL GROHMANN

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: Sociologias (UFRGS) , v. 23 , p. 18

    • Uberização e plataformização do trabalho no Brasil: conceitos, processos e formas

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; RAFAEL GROHMANN; Ludmila Costhek Abílio

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: Sociologias (UFRGS) , v. 23 , p. 26

    • Empreendedorismo: uma forma de americanismo contemporâneo?

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda; Camila Mevis

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: Caderno CRH (UFBA) , v. 34 , p. 1

    • O Empreendedorismo Contemporâneo ou uma Forma de Mistificação das Relações de Classe

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; João Gabriel Pelegrini; Guilherme Henrique Guilherme; Felipe Moda

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: CONTEMPORÂNEA (ONLINE) , v. 11 , p. 845

    • O Empreendedorismo não é apenas uma ideologia: a subordinação no trabalho plataformizado

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda; Camila Mevis

      2021

      Fonte: Facetas do Trabalho no Brasil Contemporâneo , p. 325


    2020


    • Work by app: algorithmic management and working conditions of Uber drivers in Brazil

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: WORK ORGANISATION, LABOUR & GLOBALISATION (PRINT) , v. 14 , p. 101

    • Trabalho por Aplicativo: Gerenciamento Algorítmico e Condições de Trabalho dos Motoristas da UBER

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: REVISTA FRONTEIRAS (ONLINE) , v. 22 , p. 59

    • Trabajo y Metodologías Ágiles

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Mauricio Reis Grazia

      2020

      Fonte: REVISTA CYCL ALAS , v. 11 , p. 209

    • Condições de trabalho de entregadores via plataforma digital durante a COVID-19

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Ludmila Costhek Abílio; Sidney Machado; Paula Freitas; Renan Kalil; Vanessa Patriota; Ana Cláudia Moreira Cardoso

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: Revista Jurídica Trabalho e Desenvolvimento Humano , v. 3 , p. 1

    • A discordância dos tempos: Daniel Bensaïd e a crítica social contemporânea.

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Leandro Galastri

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: SÉCULO XXI - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS , v. 10 , p. 7

    • Da Escola para o Mundo: Projetos Integradores (Livro do Aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2020

      Fonte:

    • Da Escola para o Mundo: Projetos Integradores (Livro do Professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Sociedade e Natureza (Livro do Aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Fabiana Sanches Grecco; Leandro Galastri; Cassiano Terra Rodrigues; Glaydson José da Silva

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Sociedade e Natureza (Livro do professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Fabiana Sanches Grecco; Leandro Galastri; Cassiano Terra Rodrigues; Glaydson José da Silva

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Desigualdade e Poder (Livro do aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Glaydson José da Silva; Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Grecco; Cassiano Terra Rodrigues; Leandro de Olveira Galastri

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Desigualdade e Poder (Livro do professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Glaydson José da Silva; Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Grecco; Cassiano Terra Rodrigues; Leandro de Oliveira Galastri

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Cultura, Ciências e Tecnologia (Livro do aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Glaydson José da Silva; Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Grecco; Cassiano Terra Rodrigues; Leandro de Oliveira Galastri

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Cultura, Ciências e Tecnologia (Livro do professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Glaydson José da Silva; Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Grecco; Cassiano Terra Rodrigues; Leandro de Oliveira Galastri

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Trabalho e Sociedade (Livro do Aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Fabiana Sanches Grecco; Leandro Galastri; Cassiano Terra Rodrigues; Glaydson José da Silva

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Trabalho e Sociedade (Livro do professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Glaydson José da Silva; Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Greccco; Cassiano Terra Rodrigues; Leandro de Oliveira Galastri

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: grandes transformações (Livro do aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Glaydson José da Silva; Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Grecco; Cassiano Terra Rodrigues; Leandro de Oliveira Galastri

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Grandes Transformações (Livro do Professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Fabiana Sanches Grecco; Leandro Galastri; Cassiano Terra Rodrigues; Glaydson José da Silva

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Territórios, Paisagens e Relações Sociais (Livro do Aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Igor José de Renó Machado; Henrique José Domiciano Amorim; Fabiana Sanches Grecco; Leandro Galastri; Cassiano Terra Rodrigues; Glaydson José da Silva

      2020

      Fonte:

    • Contexto e Ação: Territórios, Paisagens e Relações Sociais (Livro do Professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Fabiana Sanches Grecco; Leandro Galastri; Cassiano Terra Rodrigues; Glaydson José da Silva

      2020

      Fonte:

    • O coronavírus, os entregadores e o futuro do trabalho no Brasil

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Felipe Moda

      2020

      Fonte: IHU / Outras Palavras , p. 1


    2019


    • Taylorização e auto-taylorização do trabalho: as metodologias ágeis na produção de software

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Maurício Grazia

      2019

      Fonte: Anais XVI Encontro da ABET


    2018


    • O Trabalho em André Gorz

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2018

      Fonte: Anais do 42 Encontro Anual da Anpocs

    • Taylorização e Auto-Taylorização do Trabalho: as metodologias ágeis na Indústria de Software

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Mauricio Reis Grazia

      Conteúdo completo

      2018

      Fonte: SÉCULO XXI - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS , v. 1 , p. 747

    • Trabalho imaterial: Marx e o debate contemporâneo

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2018

      Fonte:

    • MADDİ OLMAYAN EMEK TEORİLERİ: MARX A DAYANAN ELEŞTİREL BİR BAKIŞ

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2018

      Fonte: MADDi OLMAYAN EMEK TEORiSi: kuramsal bir eleştiri , p. 69


    2017


    • Trabalhadores do Imaterial Precarizados

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2017

      Fonte: Imagem 41º Encontro Anual da ANPOCS Anais do 41º Encontro Anual da Anpocs, de 23 a 27 de outubro de 2017, em Caxambu - MG.

    • O TRABALHO EM ANDRÉ GORZ: três reflexões, uma problemática

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2017

      Fonte: Caderno CRH (UFBA) , v. 30 , p. 435

    • Trabalho Imaterial e Precarização

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2017

      Fonte: REVISTA COLETIVA FUNDAJ , v. 19 , p. 11

    • Sociologia Hoje: Ensino Médio (1ª série)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2017

      Fonte:

    • Sociologia Hoje: Ensino Médio (3ª Série)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2017

      Fonte:

    • Sociologia Hoje: Ensino Médio (2ª série)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2017

      Fonte:

    • Trabalho (Imaterial), Valor e Classes Sociais: Diálogos com pesquisadores contemporâneos

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2017

      Fonte:

    • As Classes Sociais no Início do Século XXI

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Davisson Charles Cangussu de Souza

      2017

      Fonte:

    • Sociologia Hoje (Segunda Edição) - Livro do Aluno

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2017

      Fonte:

    • Sociologia Hoje (Segunda Edição) - Livro do Professor

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2017

      Fonte:

    • Trabalho (imaterial), valor e classes sociais: diálogos com pesquisadores contemporâneos

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2017

      Fonte:

    • Trabalho (Imaterial), Valor e Classes Sociais: Diálogos com pesquisadores contemporâneos: Apresentação

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2017

      Fonte: Trabalho (Imaterial), Valor e Classes Sociais: Diálogos com pesquisadores contemporâneos , p. 12

    • Trabalhadores do Imaterial Precarizados

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2017

      Fonte: As Classes Sociais no Início do Século XXI , p. 111

    • As Classes Sociais: história, conjuntura e lutas - Introdução e Apresentação

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Davisson Charles Cangussu de Souza

      2017

      Fonte: As classes Sociais no Século XXI , p. 11


    2016


    • Trabalho (imaterial), Classes Sociais e Luta Política

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2016

      Fonte: III International Conference Strikes and Social Conflicts: Combined historical approaches to conflict , p. 657

    • Tempo, Trabalho e Políitca

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2016

      Fonte: Anais do 40º Encontro Anual da Anpocs

    • Trabalho (imaterial), Classes Sociais e Luta Política

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2016

      Fonte: Anais do III Encontro Teoria do Valor Trabalho e Ciências Sociais , p. 460

    • Crise Política e Corrupção - Apresentação do Dossiê

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Davisson Charles Cangussu de Souza; Márcia Jacomini; Débora Goulart

      2016

      Fonte: Pensata ? Revista dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNIFESP , v. 5 , p. 09

    • Sociologia Hoje (Segunda Edição) - Livro do Aluno

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2016

      Fonte:

    • Sociologia Hoje (Segunda Edição) - Livro do Professor

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2016

      Fonte:

    • Dossiê: Crise política e corrupção

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Davisson Charles Cangussu de Souza; Débora Goulart; Márcia Jacomini

      2016

      Fonte:


    2015


    • As teorias do trabalho imaterial: uma reflexão crítica a partir de Marx

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2015

      Fonte: Anais do 39 Encontro Anual da ANPOCS

    • El 'fin de las clases sociales' en la teoría social brasileña

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2015

      Fonte: ESTUDOS LATINOAMERICANOS , v. 35 , p. 15

    • Classes e Lutas de Classes: Novos Questionamentos

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Jair Batista da Silva

      2015

      Fonte:

    • O 'Fim das Classes Sociais' na Teoria Social Brasileira

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2015

      Fonte: Classes e Lutas de Classes: Novos Questionamentos , p. 63

    • As Classes Sociais: Um Problema Teórico e Político

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Jair Batista da Silva

      2015

      Fonte: Classes e Lutas de Classes: Novos Questionamentos , p. 09

    • As Teorias do Imaterial: uma reflexão Crítica a partir de Marx

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2015

      Fonte: ¿Por qué la Teoría Social? ?Las posibilidades críticas de los abordajes clásicos, contemporáneos y emergentes?.

    • Serotonin is required for pharyngeal arch morphogenesis in zebrafish

      Artigo publicado

      Autores: Saleh Bashammakh; Martin Rodrigo Alejandro Wurtele Alfonso; Katarina Kotnik; Salim Seyfried; Michael Bader

      Conteúdo completo

      2015

      Fonte: ScienceOpen Research , p. 1


    2014


    • A tese do “fim das classes” na sociologia brasileira

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2014

      Fonte: Anais do 38 Encontro Anual da ANPOCS

    • As Teorias do Trabalho Imaterial: uma reflexão crítica a partir de Marx

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2014

      Fonte: Anais do II Encontro Internacional Teoria do Valor Trabalho e Ciências Sociais

    • As teorias do trabalho imaterial: uma reflexão crítica a partir de Marx

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2014

      Fonte: Caderno CRH (UFBA) , v. 27 , p. 31

    • O trabalho imaterial em discussão: teoria e política

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2014

      Fonte: Cadernos CRH , v. 27 , p. 9

    • Theories of immaterial labour: a critical reflection based on Marx

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2014

      Fonte: WORK ORGANISATION, LABOUR & GLOBALISATION (PRINT) , v. 8 , p. 88

    • El fin de las clases sociales en la teoría social brasileña.

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2014

      Fonte: PERIFERIAS (BUENOS AIRES) , v. 1 , p. 67

    • Dossiê: O Trabalho Imaterial em Discussão: teoria e política

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2014

      Fonte:

    • Sociologia Hoje

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2014

      Fonte:

    • Tempo de Trabalho e Luta de Classes

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2014

      Fonte: A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo , p. 149

    • Classes Sociais, Valor e Luta Política no Debate sobre a Centralidade e a Imaterialidade do Trabalho

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2014

      Fonte: Ciências Sociais em Diálogo: Pensamento Político e Social, Estado e Ação Coletiva , p. 237


    2013


    • O 'fim das classes sociais' na sociologia brasileira

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2013

      Fonte: Strikes and Social conflicts - II International Conference , p. 75

    • Valor-trabalho e teoria social

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2013

      Fonte: Anais do XXIX Congreso Latinoamericano de Sociología - ALAS

    • O tempo de trabalho: uma chave analítica

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2013

      Fonte: Sociedade e Estado (UnB. Impresso) , v. 28 , p. 503

    • Sociologia Hoje

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Igor José de Renó Machado; Celso Rocha de Barros

      2013

      Fonte:

    • O Trabalho Imaterial no Debate Contemporâneo

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2013

      Fonte: Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil II , p. 105

    • As teses do fim do Trabalho têm por objetivo a desmobilização social (entrevista concedida)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2013

      Fonte: Revista Rubra , p. 27


    2012


    • As Classes Sociais na Miséria da Filosofia

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: VII Colóquio International Marx/Engels Anais

    • Atualidade ou superação da teoria do valor-trabalho?

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: Anais do I Encontro Internacional Teoria do Valor Trabalho e Ciências Sociais

    • Fim das Classes? Um problemas de pesquisa

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: III Encontro de São Lázaro Livro de Resumos e Programação , p. 202

    • A Técnica como Forma de Radicalização da Luta de Classes: A implantação do Taylorismo na União Soviética

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: Revista Novos Rumos , v. 49 , p. 69

    • Valor-trabalho e Imaterialidade da Produção nas Sociedades Contemporâneas

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte:

    • Trabalho, Classes Sociais e Luta Política

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: Trabalho e Sociabilidade: Perspectivas do capitalismo global , p. 105

    • Teoria do valor-trabalho e trabalho imaterial

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: Capitalismo: crises e resistências , p. 317

    • O 'Fim das Classes Sociais' na Teoria Social Brasileira

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: Sociologia Crítica no Brasil , p. 273

    • Inmaterialidad de la producción y lucha política en el debate Contemporáneo

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: Capital, trabajo y organización obrera , p. 211

    • Trabalho Imaterial e Classe Social: uma perspectiva dialética

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2012

      Fonte: 5dias.net


    2011


    • Produção e trabalho imaterial na sociologia contemporânea

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2011

      Fonte: Anais do 35º Encontro Anual da Anpocs

    • Clases sociales y trabajo inmaterial

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2011

      Fonte: Herramienta (Buenos Aires) , v. 8 , p. 01

    • Classes sociais, relações de classe e trabalho: política e teoria

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2011

      Fonte: Revista Mediações (UEL) , v. 16 , p. 11

    • Marxismo: Teoria, História e Política

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Paula Marcelino; Luciana Aliaga

      2011

      Fonte:

    • Dossiê: Classes Sociais e Transformações no Mundo do Trabalho

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; Filipe Raslan; Simone Wolff

      2011

      Fonte:

    • As qualificações profissionais na produção imaterial

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2011

      Fonte: Trabalho, Qualificação e Políticas Públicas , p. 34


    2010


    • Notas sobre a teoria do valor-trabalho nas Ciências Sociais contemporâneas

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2010

      Fonte: VI Colóquio Internacional Marx e Engels Anais

    • Valor-trabalho e trabalho imaterial nas ciências sociais contemporâneas

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2010

      Fonte: Cadernos CRH , v. 23 , p. 191

    • Classes sociais e subjetividade proletária no debate sobre o trabalho imaterial

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2010

      Fonte: REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA POLÍTICA , v. 27 , p. 84

    • Centralidade e imaterialidade do trabalho: classes sociais e luta política

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2010

      Fonte: Trabalho, Educação e Saúde (Online) , v. 8 , p. 367

    • El Trabajo Inmaterial en los Grundrisse de Carlos Marx

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2010

      Fonte: Marx Ahora , v. 1 , p. 104

    • Trabalho imaterial, classe social e qualificações profissionais

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2010

      Fonte: Trabalho, Educação e Sociabilidade , p. 159


    2009


    • Prática política, qualificações profissionais e trabalho imaterial hoje

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2009

      Fonte: Revista de Sociologia e Política (UFPR. Impresso) , v. 17 , p. 175

    • Trabalho Imaterial: Marx e o Debate Contemporâneo

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2009

      Fonte:


    2008


    • Regularidade e automatismo em Antonio Gramsci

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2008

      Fonte: Trabalho, política e cultura em Gramsci , p. 205

    • Cidades Educadoras: uma nova concepção Para a Formulação de Políticas Públicas Educacionais

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2008

      Fonte: Anais SBPC 2008

    • Qualificações Profissionais e Trabalho Imaterial: a lógica da exploração do trabalho nas sociedades contemporâneas

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2008

      Fonte: III Simpósio Lutas Sociais na América Latina

    • Reforma, crise e revolução em André Gorz

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2008

      Fonte: Critica Marxista (São Paulo) , v. 26 , p. 155

    • Tradução do "Prefácio à 13 edição de Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho" de Alain Bihr

      Tradução

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2008

      Fonte:


    2007


    • Trabalho imaterial, forças produtivas e transição nos Grundrisse de Karl Marx

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2007

      Fonte: Critica Marxista (São Paulo) , v. 1 , p. 09

    • Dialética e luta de classes: contradição e mediação no Método de Karl Marx

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2007

      Fonte: Temáticas (UNICAMP) , v. 15 , p. 47

    • Para uma crítica ao primado das forças produtivas na análise da formação do operariado em classe

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      Conteúdo completo

      2007

      Fonte: MEDIAÇÕES - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS , v. 12 , p. 115

    • Regularidade e automatismo em Antonio Gramsci

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2007

      Fonte: Trabalho, política e cultura em Gramsci: os 70 anos da morte de Gramsci , p. 205

    • Tradução de "O Novo salariado informacional. Nas fronteiras do salariado" de Jean Lojkine

      Tradução

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2007

      Fonte:


    2006


    • Resenha: André Gorz: O Imaterial. Conhecimento, valor e capital

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2006

      Fonte: Critica Marxista (São Paulo) , v. 22 , p. 174

    • Teoria Social e Reducionismo Analítico: para uma crítica ao debate sobre a centralidade do trabalho

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2006

      Fonte:

    • Continuidades e Rupturas Teóricas em André Gorz: Classe social, trabalho e qualificação profissional

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2006

      Fonte: André Gorz e seus Críticos , p. 91

    • Tradução da Resenha feita por Samuel Holder: Younes Amrani e Stéphane Beaud: Pays de malheur. Un jeune de cité écrit à un sociologue

      Tradução

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2006

      Fonte:


    2005


    • Elementos críticos para a análise do debate sobre trabalho imaterial

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2005

      Fonte: Elementos críticos para a análise do debate sobre trabalho imaterial

    • Marxismo e Socialismo no Século 21

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim; et alli

      2005

      Fonte:

    • Tradução de "Organização do trabalho e financeirização das empresas: a experiência européia" de Thomas Coutrot

      Tradução

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2005

      Fonte:


    2004


    • Apontamentos Críticos em torno do debate sobre a centralidade/não centralidade do trabalho

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2004

      Fonte: Cadernos Cemarx , v. 1 , p. 47


    2003


    • Elementos Críticos para a Análise do Debate sobre a Centralidade do Trabalho

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2003

      Fonte: Anais do III Colóquio Marx e Engels

    • Ainda em torno do debate sobre a centralidade do trabalho

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2003

      Fonte: Anais do XI Congresso Brasileiro de Sociologia

    • Determinismo Tecnológico e Humanismo Teórico: as expressões concretas do reducionismo analítico no debate sobre a centralidade do trabalho

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2003

      Fonte: Sociologia e conhecimento: além das fronteiras , p. 72


    2002


    • Resenha: Juliana Colli: A Trama da Terceirização

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2002

      Fonte: OUTUBRO (SÃO PAULO) , v. 7 , p. 130


    1999


    • Totalidade e Regularidade Social: um estudo sobre as determinações sociais em Gramsci e Weber

      Artigo publicado

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      1999

      Fonte: Temáticas (UNICAMP) , v. 1 , p. 53


    1998


    • Teoria Social e Reducionismo Dominante: para uma crítica ao debate sobre a centralidade do trabalho

      Trabalhos em eventos

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      1998

      Fonte: Anais SBPC

    Atuações

    Universidade Estadual de Campinas

    • Estágio docente (Doutorado/UNICAMP)

      Estágio Docente

      2002 a 2002

    • Pesquisador Colaborador (IFCH/UNICAMP)

      Pós-doutorado

      2007 a 2010

    Universidade Federal de Uberlândia

    • Professor Substituto

      Professor Substituto

      2001 a 2002

    Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa

    • Professor Universitário

      2007 a 2008

    • Professor Universitário

      Celetista formal

      2005 a 2007

    Temáticas (UNICAMP)

    • Membro de corpo editorial

      1988 a 2002

    Outubro (São Paulo)

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2005

    Margem Esquerda

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2004

    Crítica Marxista (São Paulo)

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2008

    Universidade Federal de São Paulo

    • Professor Associado

      Desde 2010

    Cadernos Cemarx

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2010

    École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris

    • Pesquisador

      Pós-doutorando

      2009 a 2009

    Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina

    • Nenhum

      Pesquisador

      2008 a 2009

    Cadernos de Campo (UNESP)

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2013

    Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales

    • Professor Visitante

      2013 a 2013

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

    • Bolsista de Produtividade em Pesquisa

      Bolsista

      Desde 2015

    Revista Trabalho, Política e Sociedade

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2016

    Cadernos do CRH (UFBA)

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2018

    Pensata ? Revista dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Socia

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2019

    Associação Brasileira de Estudos do Trabalho

    • Associado

      Coordenador de GT

      Desde 2021

    Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

    • Desde 2023

    Ensino

    Orientações e supervisões

    Supervisão de pós-doutorado em andamento

    Tese de doutorado em andamento

    • Henrique Aparecido de Souza Oliveira

      TRABALHO ABSTRATO E COOPERAÇÃO: uma análise teórica da forma social da indústria nas sociedades contemporâneas

      Programa de pós-Graduação em Ciências Sociais - Doutorado

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2022

    • Ederson Duda da Silva

      ORGANIZAÇÃO POLÍTICA COLETIVA NO CONTEXTO DO TRABALHO INFORMACIONAL-PLATAFORMIZADO: um estudo sobre a relação entre as novas modalidades de trabalho mediadas pelas TICs e a organização de novas formas de política coletiva

      Programa de pós-Graduação em Ciências Sociais - Doutorado

      Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2022

    • Paulo Morais

      O bazar a serviço da catedral: os influenciadores digitais e a cooptação do movimento hacker

      Programa de pós-Graduação em Ciências Sociais - Doutorado

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2021

    • Felipe Bruner Moda

      Plataformização do Trabalho: A nova face da informalidade?

      Programa de pós-Graduação em Ciências Sociais - Doutorado

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2020

    • Guilherme Henrique Guilherme

      Entre a Fábrica de Software e a Plataforma Digital: O trabalho dos programadores de software no contexto da uberização e das metodologias ágeis

      Programa de pós-Graduação em Ciências Sociais - Doutorado

      Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2020

    Dissertação de mestrado em andamento

    • Brisa Kamulenge

      As principais linhas de explicação da condição de trabalho das trabalhadoras domésticas nos 45 anos seguintes à publicação de Emprego doméstico e capitalismo

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2023

    • Guilherme Augusto Fernandes

      Por Trás do Código: Gerenciamento Algorítmico do Trabalho em Plataformas Digitais

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2023

    • Aline Nery Farias

      Mulheres no microtrabalho: entre o trabalho produtivo e reprodutivo?

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2023

    • Aline Silva Matos

      O EMPREENDEDORISMO NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E A CRIAÇÃO DE UMA SUBJETIVIDADE EMPREENDEDORA EM TRABALHADORES DA TECNOLOGIA

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2022

    • Robson Leandro de Almeida

      Empreendedorismo Contemporâneo: a concepção do empreendedor de si entre jovens trabalhadores

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2022

    • Tabata Luz Ribeiro

      Entre o galpão e a plataforma digital: um estudo sobre a parcialização do trabalho na Amazon

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Desde 2021

    Tese de doutorado concluídas

    • Lourdes Eddy Flores Bordais

      MARX PARA AMÉRICA LATINA: apuntes dialéctico-materialistas sobre nuestras sociedades

      Programa de pós-Graduação em Ciências Sociais - Doutorado

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2023

    Dissertação de mestrado concluídas

    • Laiany Lara Emiliano

      Nas bordas da eficácia: A intensificação do trabalho docente em tempos de pandemia.

      Serviço Social e Políticas Sociais

      Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2021

    • Henrique Aparecido de Souza Oliveira

      A Produção Teórica no Serviço Social: Brasileiro: A Perspectiva do trabalho abstrato no debate profissional

      Serviço Social

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2021

    • Felipe Bruner Moda

      Trabalho por Aplicativo: As práticas gerenciais e as condições de trabalho dos motoristas da Uber

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2020

    • Guilherme Henrique Guilherme

      Programadores de Software: O surgimento de uma nova gerência do trabalho?

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2020

    • Joao Guilherme Alvares de Farias

      A especificidade do direito e o fortalecimento do Estado no período de transição nas obras de Andrei Vychinski

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2019

    • Ederson Duda da Silva

      Distribuição de renda como um problema sociológico: análise das classes médias no século XXI

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2019

    • Maurício Reis Grazia

      O Tempo de trabalho no contexto das novas tecnologias da informação e comunicação: uma análise sobre o setor de software

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2018

    • João Gabriel Loures Tury

      Repertórios de Ação e Classes Sociais na Onda de Protestos de Junho de 2013

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2017

    • João Gabriel Selles Pelegrini

      As Classes Sociais no Brasil: a dinâmica do conceito durante os governos do PT (2003-2013)

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2017

    • Bruna Thais Fávaro

      Gerência do trabalho imaterial: um estudo sobre as formas de organização do trabalho em empresas de tecnologia e informação

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2016

    • Angelina Michelle de Lucena Moreno

      O Trabalho Imaterial e as Novas Tecnologias da Informação e Comunicação: as condições de trabalho nos setores de P&D e TI

      Ciências Sociais

      Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2016

    • Carlos Eduardo Tauil

      A Dependência Econômica Brasileira em Caio Prado Jr: uma análise das obras da década de 1950

      Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2015

    • André de Oliveira Gerônimo

      A Reconstrução Habermasiana do Materialismo Histórico: A teoria comunicativa enquanto crítica da economia política

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2014

    • Sandro Barbosa de Oliveira

      Repensando a (Re)produção Social do Espaço: Um estudo de caso da Comuna Dom Hélder Câmara - MST

      Ciências Sociais

      Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

      Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

      Concluído em 2013

    Gestão

    Universidade Estadual de Campinas

    • Diretor Associado do Centro de Estudos Marxistas (Cemarx)

      Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

        Desde 2009

    Universidade Federal de São Paulo

    • Vice-Chefe de Departamento

      Campus Guarulhos

        Desde 2020

    • Vice-Coordenador de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Campus Guarulhos

        Desde 2023

    • Coordenador de Pós-Graduação do PPGCS

      Campus Guarulhos

    Pesquisa

    Universidade Estadual de Campinas

    • Classes e estratificação social: Uma análise da produção bibliográfica nas Ciências Sociais Brasileiras (1970-2010)

      Este projeto pretende abordar criticamente as intervenções analíticas, no âmbito das Ciências Sociais brasileiras, concernentes à estrutura de classes, às relações de classe e à estratificação social nacional. Nesse sentido, faz-se necessário o levantamento, inicial neste momento, das teses gerais que informam o debate brasileiro, que funcionam como supostos teóricos a guiar as análises empíricas realizadas no Brasil.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, Jair Batista da Silva, Angelina Moreno, Breno Augusto Santos, Lais Pimentel

      2010 a 2012

    • A Materialidade do Capital na Teoria Social Hoje: um estudo crítico das abordagens sobre a imaterialidade do trabalho à luz dos Grundrisse de Karl Marx

      A finalidade dessa pesquisa é desenvolver um estudo sobre as atualizações do conceito de trabalho na teoria social a partir dos anos oitenta. Para isso, partimos do pressuposto de que o trabalho vivo seria central à conservação das relações de produção capitalista, na medida em que é meio e fonte de toda valorização do capital. Não obstante, a atual conjuntura flexiona o trabalho vivo em um outro patamar que, à primeira vista, não se fundamenta como uma forma tradicional de obtenção de valores de troca, pois aciona predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos nessa empreitada. Assim, faz-se necessário precisar o que há de novo e o que se conserva nas relações de trabalho que se apresentam hoje, sobretudo, a partir da literatura francesa especializada, que parece ser a que examinou de maneira mais intensa essa temática. Faz-se necessário, primeiro, caracterizar os limites e as incoerências das abordagens atuais sobre o trabalho imaterial e da formação de um novo coletivo revolucionário de trabalhadores (?general intellect?); e, segundo, atualizar de modo rigoroso o conceito de trabalho exposto por Marx nos Grundrisse.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2002 a 2006

    • Teoria Social e Reducionismo Analítico: para uma crítica ao debate sobre a centralidade do trabalho

      Este projeto tem como finalidade discutir criticamente a bibliografia que trata da questão da cen-tralidade do trabalho. A pesquisa estará circunscrita ao debate que toma corpo nas décadas de 1960 a 90 e terá como fundamento central a formulação de uma crítica à perspectiva que entende a su-pressão do trabalho vivo como uma tendência incontornável, fruto do desenvolvimento autônomo das forças produtivas. Este debate pode ser notado nas discussões que Gorz e Mallet estabelecem na década de 60. A partir daí tem-se o desenrolar do que, no nosso entendimento, seria uma questão central da sociologia contemporânea: as mutações do trabalho que colocaram em questão sua cen-tralidade e o processo de reconstrução das classes sociais. Pretendemos marcar o posicionamento teórico, característico destes autores; além disso, iremos caracterizar a conjuntura na qual estão reu-nidas as condições que permitiram engendrar o processo de reestruturação da produção e do próprio debate sobre o enfraquecimento político do movimento operário.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      1998 a 2001

    • Valor e Trabalho Imaterial no Contexto das Transformações Tecnológicas Contemporâneas

      A teoria do valor foi até hoje lida com base em três recortes analíticos amplos. Um recorte anterior a Marx, o de Marx e dos marxistas e o dos neoclássicos. O anterior a Marx tem como elementos centrais a idéia de que o valor é uma categoria central das sociedades de economia mercantil ou de troca, que nas sociedades capitalistas ganharia sua expressão mais avançada no processo de criação da riqueza. Em Marx, o valor é considerado como a categoria econômica mercantil fundamental. No entanto, esse tipo de economia é apreciado como transitório, isto é, há uma determinação histórica da economia mercantil que se vincula diretamente à existência do valor. Já para os neoclássicos, o valor é uma categoria da atividade econômica em geral, sendo, portanto, a atividade econômica capitalista uma forma particular dessa atividade econômica. Sua preocupação central está voltada para o equilíbrio geral apoiado na análise marginalista do valor. No entanto, o debate em torno do valor hoje parece ir além dessas classificações. Sua recuperação se sintetizaria na seguinte pergunta: as teses sobre as novas tecnologias e sobre o trabalho imaterial convergiriam para uma nova forma da teoria do valor-trabalho ou para o esgotamento dessa teoria? O objetivo central da pesquisa proposta é dar uma resposta substantiva à questão da relevância ou não da teoria do valor?trabalho no processo de análise do trabalho imaterial e das tecnologias da informação no capitalismo contemporâneo.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim

      2007 a 2010

    Universidade Federal de São Paulo

    • Trabalho e Empreendedorismo: trabalho, educação e políticas públicas no centro do debate no Brasil contemporâneo

      As sociedades contemporâneas passaram por mudanças que demandaram um novo perfil de classe trabalhadora, caracterizada, sobretudo, por qualificações e habilidades sócioprofissionais pautadas pelo empreendedorismo. Trata-se da constituição de um novo perfil de trabalhador/a, produtivo e reprodutivo, que, para ser estruturado, impõe a necessidade de reconfiguração da formação educacional básica e profissional, das leis que regulam o trabalho, do incentivo a práticas laborais autônomas e de responsabilização individual pelos riscos físicos e mentais provenientes do trabalho e da reconfiguração dos processos de gestão e controle, como também das tecnologias (sobretudo baseadas nas TICs) que incidem sobre o trabalho e sobre modo de vida da classe trabalhadora. Esse conjunto de transformações sociais envolvem necessariamente a reestruturação do Estado brasileiro como mobilizador e ator central inserido em uma relação de dependência, como um país de economia periférica, com os países do Norte global. Esse contexto histórico, no qual nossa pesquisa se insere, é, dessa forma, o das duas primeiras décadas do século XXI, momento no qual as políticas estatais, sobretudo fomentadas pelo Banco Mundial, e que marcam essa relação entre trabalho e empreendedorismo, começam a ganhar mais força e materialidade, formalizando o empreendedorismo como um modo de vida para o conjunto da sociedade brasileira. Nesses termos, o objetivo geral desse projeto de pesquisa é o de analisar a relação entre trabalho e empreendedorismo (com base em uma análise documental, empírica e teórica) que investigará as causas e consequências dessa relação ao enfatizar a dinâmica entre trabalho, educação, políticas públicas e ideologia. Analisar a relação entre o trabalho e o empreendedorismo permitirá, portanto, realizar uma pesquisa interdisciplinar baseada no entrecruzamento entre a Sociologia, a Ciência Política, a Antropologia e a Economia, resultando em um rico quadro analítico da sociedade brasileira.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, Leandro Galastri, Jair Batista da Silva, Santiane Arias, Davisson Charles Cangussu de Souza, Débora Goulart, Daniel Vazquez, Alexandre Barbosa Pereira

      Desde 2023

    • O Encontro entre as TICs e o Empreendedorismo: O Trabalho Digital nas Sociedades Contemporâneas

      Este projeto tem como objetivo analisar as condições de trabalho, de vida e as formas de organização política dos programadores de software, dos teleoperadores, de trabalhadores por plataformas digitais (motoristas e entregadores por aplicativo) e os trabalhadores de micro-tarefas, partindo da hipótese de que estes trabalhos digitais teriam pelo menos dois elementos sociais semelhantes: 1. A estruturação e organização de suas atividades por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), em conjunto com 2. As práticas laborais de engajamento, autogerenciamento e autocontrole conformadas pela ideologia e cultura empresarial empreendedorista. À primeira vista, esses tipos de trabalhos digitais não se fundamentariam em novas formas de organização do trabalho, típicas do padrão de acumulação taylor-fordista, na medida em que acionariam predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos e se diferenciariam também das práticas produtivas toyotistas, pois estariam baseadas, também predominantemente, em aspectos subjetivos da força de trabalho como a criatividade e a inteligência. Não obstante, estas novas formas de trabalho digital, parecem, apesar de suas diferenças, reproduzir elementos da gestão e da produção muito semelhantes, por um lado, àquelas da produção seriada e padronizada das industriais tayloristas e fordistas e, por outro, da produção de automóveis do sistema toyotista, sobretudo, no que se refere às formas de gerência, estímulo e controle produtivos. Entendemos, por conta disso, que se faz necessário analisar o que há de novo e o que se conserva nas relações e condições de trabalho, de vida e nas formas de organização política dos trabalhadores que têm como característica em suas atividades a mediação das tecnologias da informação e da comunicação e que, de diferentes formas, fazem um apelo cultural e ideológico, via empreendedorismo, da criatividade e da autonomia para a constituição da cooperação produtiva. Isto é, nos parece central precisar em que medida o trabalho digital se difunde como atividade produtiva e de serviços e quais são as condições de trabalho e as formas de precarização que perpassam este tipo de produção na sociedade brasileira contemporânea. Neste sentido, o que propomos com esta pesquisa é analisar, na atual conjuntura brasileira, como se estruturam um conjunto de trabalhos mediados pelas TICs e amparados ideologicamente pelo empreendedorismo, procurando analisar suas 11 semelhanças, suas diferenças, particularidades e, principalmente, como estes dois elementos sociais (TICs e empreendedorismo) atravessam estas atividades, significativamente tão diferentes, como as acima mencionadas. Enfatizaremos, assim, três dimensões nessa pesquisa: 1. As condições objetivas de trabalho e de controle mediadas pelas TICs; 2. O impacto do empreendedorismo como elemento ideológico e cultural estruturador dessas atividades de trabalho, mas também de vida dos trabalhadores e 3. As formas de organização política que são construídas em atividades laborais historicamente tão recentes como estas

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, João Gabriel Pelegrini, Guilherme Henrique Guilherme, Felipe Moda, Camila Mevis

      Desde 2021

    • Desenvolvedores de Software e Teleoperadores: Produção e Trabalho imaterial em perspectiva

      O objetivo deste projeto é analisar as condições de trabalho dos desenvolvedores de software e dos teleoperadores de centrais de teleatendimento no Brasil. À primeira vista, estas atividades produtivas não estariam, primeiro, condicionadas por formas de organização do trabalho tradicionais, típicas do padrão de acumulação taylor-fordista, na medida em que acionariam predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos, segundo, se diferenciariam também das práticas produtivas toyotistas, pois estariam baseadas, também predominantemente, em aspectos subjetivos da força de trabalho como a criatividade e a inteligência. Não obstante, estas novas formas de trabalho imateriais, parecem ainda, apesar de suas diferenças, reproduzir elementos da gestão e da produção muito semelhantes, por um lado, àquelas da produção seriada e padronizada das industriais tayloristas e fordistas e, por outro, da produção de automóveis do sistema toyotista, sobretudo, no que se refere às formas de estímulo e controle produtivos. Entendemos, por conta disso, que se faz necessário analisar o que há de novo e o que se conserva nas relações e condições de trabalho que têm como característica central a utilização da cognição, da informação, da comunicação, da intelectualidade e da criatividade, analisando também em que medida este tipo de produção se assemelharia ou não à produção material. Isto é, nos parece central precisar em que medida o trabalho imaterial se difunde como atividade produtiva e de serviços e quais são as condições de trabalho e as formas de precarização que perpassam este tipo de produção na sociedade brasileira contemporânea. Neste sentido, o que propomos com esta pesquisa é analisar, na atual conjuntura brasileira, o lugar do trabalho imaterial no interior da produção de mercadorias, tendo como objeto empírico de análise os desenvolvedores de software de ?indústrias de software? e os teleoperadores de centrais de teleatendimento. Enfatizaremos, para tal, três dimensões destas atividades: 1. As condições objetivas de trabalho; 2. As formas de precarização do trabalho imaterial que podem atingir estes dois diferentes coletivos de trabalho; estabelecendo, por fim, 3. Aproximações e distanciamentos entre eles no que se refere às suas condições de trabalho e de vida.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, Guilherme Henrique Guilherme

      2019 a 2022

    • Trabalho Imaterial e Precarização no Contexto das Tecnologias da Informação e da Comunicação

      Este projeto dá seguimento a pesquisa anteriores, mas agora focado num novo objeto específico: a análise das condições de trabalho dos desenvolvedores de software e dos operadores de teleatendimento no Brasil. À primeira vista, esse tipo de atividade produtiva não se fundamentaria como uma forma de organização do trabalho tradicional, típica do padrão de acumulação taylor-fordista, na medida em que acionaria predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos. Não obstante, as novas formas de trabalho, sobretudo as imateriais, parecem ainda, apesar de suas diferenças, estarem condicionadas por formas de gestão e de produção muito semelhantes àquelas da produção seriada e padronizada das industriais fordistas e tayloristas. Nesse sentido, a caracterização, por um lado, de um novo cenário no qual as relações de produção capitalista se reproduzem, mas que, por outro, se atualizam as formas de produção e reprodução de mercadorias parecem hoje ter relação direta com a produção imaterial. Entendemos, por conta disso, que se faz necessário analisar o que há de novo e o que se conserva nas relações e condições de trabalho que têm como característica central a utilização da cognição, da informação, da comunicação, da intelectualidade e da criatividade e também em que medida este tipo de produção se assemelharia à da produção material. Isto é, nos parece central precisar em que medida o trabalho imaterial se difunde como atividade produtiva e de serviços e quais são as condições de trabalho e as formas de precarização que configuram esse tipo de produção na sociedade brasileira contemporânea. Neste sentido, o que propomos com esta pesquisa é analisar, na atual conjuntura brasileira, o lugar do trabalho imaterial no interior da produção de mercadorias, tendo como objeto de análise os desenvolvedores de software de ?indústrias de software? e os teleoperadores de centrais de teleatendimento. Enfatizaremos, para tal, três dimensões destas atividades: 1. As condições objetivas de trabalho; 2. As formas de precarização do trabalho imaterial que atingem estes dois diferentes coletivos de trabalho; estabelecendo, por fim, 3. Aproximações e distanciamentos entre eles no que se refere às suas condições de trabalho e de vida.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, Guilherme Henrique Guilherme, Henrique José Domiciano Amorim, João Gabriel Pelegrini, Guilherme Henrique Guilherme, Amanda Oliveira de Souza, Angelina Moreno, Maurício Grazia

      2018 a 2021

    • Desenvolvedores de Software e Teleoperadores: Dois opostos do trabalho imaterial?

      Este projeto de pesquisa que dá seguimento a pesquisas anteriores, mas agora focado em um novo objeto específico: a análise das condições de trabalho dos desenvolvedores de software e dos teleoperadores de centrais de teleatendimento no Brasil. À primeira vista, estas atividades produtivas não estariam, primeiro, condicionadas por formas de organização do trabalho tradicionais, típicas do padrão de acumulação taylor-fordista, na medida em que acionariam predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos, segundo, se diferenciariam também das práticas produtivas toyotistas, pois estariam baseadas, também predominantemente, em aspectos subjetivos da força de trabalho como a criatividade e a inteligência. Não obstante, estas novas formas de trabalho imateriais, parecem ainda, apesar de suas diferenças, reproduzir elementos da gestão e da produção muito semelhantes, por um lado, àquelas da produção seriada e padronizada das industriais tayloristas e fordistas e, por outro, da produção de automóveis do sistema toyotista, sobretudo, no que se refere às formas de estímulo e controle produtivos. Entendemos, por conta disso, que se faz necessário analisar o que há de novo e o que se conserva nas relações e condições de trabalho que têm como característica central a utilização da cognição, da informação, da comunicação, da intelectualidade e da criatividade, analisando também em que medida este tipo de produção se assemelharia ou não à produção material. Isto é, nos parece central precisar em que medida o trabalho imaterial se difunde como atividade produtiva e de serviços e quais são as condições de trabalho e as formas de precarização que perpassam este tipo de produção na sociedade brasileira contemporânea. Neste sentido, o que propomos com esta pesquisa é analisar, na atual conjuntura brasileira, o lugar do trabalho imaterial no interior da produção de mercadorias, tendo como objeto empírico de análise os desenvolvedores de software de ?indústrias de software? e os teleoperadores de centrais de teleatendimento. Enfatizaremos, para tal, três dimensões destas atividades: 1. As condições objetivas de trabalho; 2. As formas de precarização do trabalho imaterial que podem atingir estes dois diferentes coletivos de trabalho; estabelecendo, por fim, 3. Aproximações e distanciamentos entre eles no que se refere às suas condições de trabalho e de vida.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, João Gabriel Pelegrini, Guilherme Henrique Guilherme, Amanda Oliveira de Souza, Angelina Moreno, Maurício Grazia

      2018 a 2022

    • Trabalho, Classes Sociais e Precarização no Contexto das Tecnologias da Informação e da Comunicação

      A finalidade dessa pesquisa é desenvolver um estudo sobre as formas de apropriação do trabalho imaterial no setor de produção em P&D e Telecomunicações no Brasil. Apesar da conservação das relações de produção capitalista, parece ter se estruturado um novo continente produtivo baseado na exploração de formas de trabalho (não manuais) distintas daquelas que marcaram a produção capitalista até os anos 1960. À primeira vista, esse tipo de exploração não se fundamentaria nas formas de organização tradicionais típicas do padrão de acumulação fordista, na medida em que acionaria predominantemente a intelectualidade de seus agentes produtivos. Nesse sentido, a caracterização, por um lado, de um novo cenário no qual as relações de produção capitalista se perpetuam, mas que, por outro, se alteram radicalmente às formas de produção e reprodução do capital parecem hoje ter relação direta com a produção de mercadorias imateriais. Por conta disso, faz-se necessário precisar o que há de novo e o que se conserva nas relações de trabalho que têm como característica central a utilização da cognição, intelectualidade, criação, imaterialidade, isto é, nos parece central precisar em que medida o trabalho imaterial constituiria uma das bases para a reprodução do capital nas sociedades contemporâneas, sobretudo, na brasileira. Dessa forma, uma pesquisa que relacione a investigação empírica em empresas do setor de P&D e Telecomunicação às mais variadas teses que procuram explicar a exploração do trabalho imaterial e sua relação com o trabalho material é nosso ponto de partida para a análise do trabalho nas sociedades contemporâneas.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, João Gabriel Pelegrini, Guilherme Henrique Guilherme, Amanda Oliveira de Souza, Angelina Moreno, Maurício Grazia

      2015 a 2018

    • Classe Social e Valor na Teoria Social Contemporânea

      Nos últimos 40 anos os conceitos de classe social e de valor foram debatidos por várias correntes da teoria social. A partir dos anos 1970, as teses sobre a constituição de uma sociedade pós-industrial, pós-materialista ou de serviços foram erigidas em contraposição às teses que fundamentavam a manifestação de sociedades industriais, balizadas, sobretudo, na concepção de classe e de trabalho industrial, isto é, no chamado paradigma produtivo. Se, por um lado, as críticas ao paradigma produtivo foram válidas no sentido de apontar uma concepção reduzida de trabalho, de classe social e de valor, e, por conseguinte, a necessidade de sua superação, por outro, seu aporte teórico tomou, por objeto de crítica, concepções marxistas deterministas que caracterizavam a produção industrial como fundamento único dos processos sociais (sejam eles políticos, culturais, étnicos, simbólicos ou econômicos). A equação se verificava, assim, na indicação de que, até os anos 1970, as sociedades capitalistas seriam determinadas predominantemente pela produção fabril. No entanto, após os acontecimentos históricos presentes nessa década, tal determinação teria sido superada e com ela toda a tradição analítica marxista. As sociologias brasileira e internacional contemporâneas desenvolveram, nessas quatro últimas décadas, um material bibliográfico significativo em relação à questão das clivagens sociais, do processo de valorização de capitais e do significado do trabalho nas sociedades capitalistas contemporâneas. Nesse sentido, realizar uma análise e sistematização substantivas das teorias que se serviram da validade ou não da tese do ?fim das classes sociais? e da tese do ?fim do valor? baseando-nos, sobretudo, em um levantamento e um mapeamento bibliográficos críticos, nos parece central.

      Autores: Henrique José Domiciano Amorim, Jair Batista da Silva, Angelina Moreno, Maurício Grazia, Breno Augusto Santos, Lais Pimentel

      2012 a 2015

    École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris

    Consejo Latino-Americano de Ciencias Sociales - Argentina

    Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales

    Universidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)

    Outras atividades técnico científicas

    Atualização Lattes em 2024-04

    Processado em 2024-04-22