Ilana Seltzer Goldstein nacionalidade brasileira

Universidade Federal de São Paulo

Escola de Filosofia

Programa de Pós-Graduação: História da Arte

E-Mail: ilana.goldstein@unifesp.br


120
11
Pular gráfico
De 2015 a 2024
Trabalhos publicados
Participações em projetos

Resumo

Mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo, Mestre em Mediação Cultural pela Universidade Paris 3 - Sorbonne Nouvelle e Doutora em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas, com estágio de pesquisa na Australian National University. Docente no Departamento de História da Arte da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp e membro do Programa de Pós-Graduação em História da Arte, na mesma instituição. Co-coordenadora da Cátedra Kaapora, voltada aos conhecimentos e formas expressivas tradicionais e não-hegemônicos, desde 2015. Líder di grupo de pesquisa no CNPq "Arte e alteridade: formas expressivas não-hegemônicas". Atuou como assessora cultural na Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Unifesp de 2015 a 2017. Foi vice-chefe de Departamento em 2017 e 2018. De agosto de 2020 a junho de 2023, assumiu a vice-coordenação do Programa de Pós-Graduação em História da Arte da Unifesp. Anteriormente, foi coordenadora e professora no MBA Gestão de bens Culturais, da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) de 2008 a 2013, e docente na Pós-graduação lato sensu Gestão cultural: cultura, desenvolvimento e mercado, do Centro Universitário SENAC, entre 2011 e 2013. Participou das curadorias das exposições Terra Paulista: História, Arte e Costumes (Sesc Pompeia, 2005); Jorge, amado, universal? (Museu da Língua Portuguesa e Museu de Arte Moderna da Bahia, 2012); Tempo dos Sonhos: a arte aborígene contemporânea da Austrália (Caixa Cultural, 2016, 2017 e 2018; Casa Fiat de Cultura, 2017) e Portos (Sesc Santos, 2021). É Conselheira da Casa - Museu do Objeto Brasileiro e uma das sócias-fundadoras do Fórum Permanente de Museus.

Fonte: Lattes CNPq

Nomes em citações bibliográficas

GOLDSTEIN, I. S.;Goldstein, Ilana;GOLDSTEIN, Ilana Seltzer.;GOLDSTEIN, ILANA SELTZER;SELTZER GOLDSTEIN, ILANA;I.S. Goldstein;I.S. GOLDSTEIN;GOLDSTEIN, Ilana Seltzer


Exportar dados

Exportar produção no formato BIBTEX


Perfis na web


Tags mais usadas

Pular nuvens de palavras

Idiomas

Francês

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve bem

Inglês

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve bem

Alemão

Compreende bem, Fala bem, Lê razoavelmente, Escreve razoavelmente


Formação

  • Doutorado em Antropologia Social

    Do tempo dos sonhos à galeria: arte aborígene contemporânea como espaço de diálogos e tensões interculturais

    Orientação: Vanessa R. Lea

    Universidade Estadual de Campinas

      Desde 2012

  • Mestrado em Direction de projets culturels

    Entre le luxe et la nécessité: les enjeux de l'action culturelle

    Orientação: Profa Dra. Michelle Lagny

    Université Paris III - Sorbonne Nouvelle

    2001 a 2002

  • Mestrado em Ciência Social (Antropologia Social)

    O Brasil Best seller de Jorge Amado: literatura e identidade nacional

    Orientação: Profa Dra. Lilia Katri Moritz Schwarcz

    Universidade de São Paulo

    1995 a 2000

  • Graduação em Ciências Sociais

    Considerações sobre a Rio-92 (Programa Especial de Treinamento - PET)

    Orientação: Maria Lúcia Aparecida Montes

    Universidade de São Paulo

    1989 a 1993

  • Produção


    2023


    • Graphisms, Wefts, and Fabrics: Identity Constructions in -Applied- Arts (2023)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: The International Journal of Arts Theory and History , v. 18 , p. 65

    • Kaapora Chair: non-hegemonic knowledge and knowers at the Federal University of São Paulo (2023)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Conteúdo completo

      Fonte: CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA , p. 27

    • Perspectivas de pesquisa em imagem e gênero (2023)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Marina Soler Jorge; Ilana Seltzer Goldstein; Squeff, Letícia; AGUILLERA, Yanet; Ana Maria Pimenta Hoffmann; Pedro Arantes

      Fonte:

    • Indigenous protagonism and its impact on the Brazilian art system (2023)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Conteúdo completo

      Fonte: Global Art in Local Art Worlds. Changing Hierarchies of Value , p. 249

    • Carmézia Emiliano. Uma artista nada ingênua. (2023)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Carmézia Emiliano. A árvore da vida [catálogo] , p. 100

    • Grafismos, telas e tecidos: presenças indígenas nas artes brasileiras (2023)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Olly: raça, classe e gênero na invenção de uma modernidade rústica , p. 355

    • Das imagens do circo às memórias do circo: uma experiência metodológica com imagens (2023)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ramon Marambio; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Perspectivas de pesquisa em imagem e gênero , p. 54

    • Pintando a vida. Aspectos da trajetória e da obra de Maria Auxiliadora (2023)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Elaine Lino; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Perspectivas de pesquisa em imagem e gênero , p. 184


    2022


    • Artes indígenas: olhares cruzados entre Austrália e Brasil (2022)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Cadernos da Casa Museu Ema Klabin: Outras Narrativas , p. 17

    • Imagens, objetos e seus olhares: uma introdução às artes indígenas (2022)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Povos indígenas: entre olhares , p. 129

    • A Bienal dos Índios e suas complexidades: relato crítico (2022)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Daiane Marques; Erika Kimie Koyama; Jonas Mendes; Karoline Caetano Brito; Vitória Oliveira Machado

      Fonte: Fórum Permanente de Museus


    2021


    • Comentário II: Um olhar antropológico sobre a curadoria: da agência dos objetos a sua artificação (2021)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Conteúdo completo

      Fonte: ANAIS DO MUSEU PAULISTA , v. 29 , p. 7

    • Portos (Catálogo) (2021)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Cristine Takuá; Carlos Papá

      Fonte:

    • Indigenous arts in Brazil: aesthetics, cosmology and politics (2021)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Arts in the margens of the worls encounter. , p. 103

    • Relato crítico síntese: Pesquisas, políticas públicas e um novo modelo de gestão: o 1º Encontro Paulista e seu contexto efervescente (2021)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Panorama reflexivo: 11 anos de Encontro Paulista de Museus , p. 91

    • A imagem dos museus: visões e propostas ou investimento social privado em cultura: visões e propostas (2021)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Panorama reflexivo: 11 anos de Encontro Paulista de Museus , p. 114

    • Democratização de acesso aos museus: experiências e impasses (2021)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Panorama Reflexivo: 11 anos de Encontro Paulista de Museus , p. 149

    • Portos: Relato de uma travessia curatorial (2021)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Select , p. s.p.


    2020


    • Povos indígenas, arte e memória: notas a partir da exposição ?Una Shubu Hiwea? (2020)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Arte/cultura nas Ciências Sociais , p. 1

    • Arte indígena como conexão (2020)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Véxoa: Nós sabemos , p. 159

    • Armadilhas armadas. Reflexões sobre povos indígenas, arte e representatividade a partir da exposição Heranças de um Brasil Profundo (2020)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Ana Letícia Fialho

      Fonte: Select. Arte e cultura contemporânea. , p. 92


    2019


    • Políticas públicas e estratégias de fomento para as artes indígenas: o modelo australiano (2019)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: REVISTA GEARTE , v. 6 , p. 1

    • Da -representação das sobras- à -reantropofagia-: povos indígenas e arte contemporânea no Brasil (2019)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Conteúdo completo

      Fonte: MODOS , v. 3 , p. 68

    • Um relato afetivo e intelectual dos anos iniciais (2019)

      Artigo publicado

      Autores: TRALDI, Alessandra; Carla Delgado de Souza; Ilana Seltzer Goldstein; Luisa Victoria Pessoa de Oliveira; Rodrigo Bulamah

      Fonte: PROA: Revista de Antropologia e Arte , v. 9 , p. 9

    • Expressividades indígenas no circuito das artes: possibilidades de conexão (2019)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Formação de Educadores: contaminações interdisciplinares com arte na pedagogia e na mediação cultural , p. 84

    • Panorama das organizações culturais e dos profissionais do setor (2019)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Ana Letícia Fialho

      Fonte: Revista Observatório Itaú Cultural , p. 24


    2018


    • Cooperativas artísticas: o exemplo dos centros de arte indígena da Austrália (2018)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: NAVA Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes, Cultura e Linguagens da UFJF , v. 2 , p. 189

    • Pintura aborígene da Austrália: Refletindo sobre as noções de arte, artista e autenticidade a partir de um contexto etnográfico específico/ (2018)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: PARALAXE , v. 5 , p. 135-148

    • Cultura e desenvolvimento (2018)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Christian Strube

      Fonte:

    • From the forest to the museum: notes on the artistic and spiritual collaboration between Ernesto Neto and the Huni Kuin people (2018)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; LABATE, BEATRIZ CAIUBY

      Fonte: The expanding world. Ayahuasca diaspora. , p. 76

    • Por um conceito inclusivo e plural de arte: contribuições da antropologia ao ensino de Artes Visuais no campo (2018)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Artes Visuais na Educação do Campo: contextos, tramas e conexões. , p. 103

    • Do tempo dos sonhos ao museu: a artificação das formas expressivas indígenas na Austrália. (2018)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Arte em confronto. Embates no campo da história da arte. Anais do XIII Encontro de História da Arte. , p. 25


    2017


    • ENCONTROS ARTÍSTICOS E AYAHUASQUEIROS: REFLEXÕES SOBRE A COLABORAÇÃO ENTRE ERNESTO NETO E OS HUNI KUIN (2017)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; LABATE, BEATRIZ CAIUBY

      Conteúdo completo

      Fonte: MANA (UFRJ. IMPRESSO) , v. 23 , p. 437

    • Das artes tradicionais à economia criativa: a pintura indígena da Austrália e sua inserção no sistema das artes (2017)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: CIÊNCIAS SOCIAIS UNISINOS , v. 53 , p. 489

    • Criação artística e ativismo político nas artes indígenas. Reflexões a partir do caso australiano. (2017)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Políticas na história da arte: redes, contextos e discursos de mudança , p. 486

    • Objetos que se escoram tortos (texto para catálogo de exposição) (2017)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Arte Londrina 5 , p. 180

    • Da pintura corporal ao vídeo: formas indígenas de lidar com a memória (2017)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Itaú Cultural - site


    2016


    • Economias da arte contemporânea Programação, financiamento e gestão em instituições culturais brasileiras (2016)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ana Letícia Fialho; Ilana Seltzer Goldstein; Renata Proença

      Fonte: Arte e vida social: pesquisas recentes no Brasil e na França , p. 1

    • Économies de l?art contemporain Programmation, financement et gestion dans les institutions culturelles brésiliennes (2016)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ana Letícia Fialho; Ilana Seltzer Goldstein; Renata Proença

      Fonte: Art et société : Recherches récentes et regards croisés, Brésil/France , p. 400

    • As artes aborígenes e suas múltiplas facetas (texto em catálogo de exposição) (2016)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: O tempo dos sonhos. Arte aborígene contemporânea da Austrália. (Catálogo) , p. 29

    • Pintando sonhos: a pintura aborígine da Austrália e sua inserção no sistema das artes (2016)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Cultura visual e história , p. 145


    2015


    • Relato do Seminário Política e Gestão Cultural na América Latina no Século XXI (2015)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Ana Letícia Fialho

      Fonte: REVISTA OBSERVATÓRIO ITAÚ CULTURAL , v. 1 , p. 106


    2014


    • Apresentação: livro e leitura, das políticas públicas ao mercado editorial (2014)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Cristiane Costa; Roger Chartier; Nestor Garcia Canclini; ROCHA, João Cezar Castro; Felipe Lindoso; Zoara Failla; Luciana Villas Boas; Alessandra El Far; Anderson da Mata

      Fonte: Revista Observatório Itaú Cultural , v. 01 , p. 9

    • Artes indígenas, patrimônio cultural e mercado. (2014)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: PROA: Revista de Antropologia e Arte , v. 1 , p. s.p.

    • Museus e coleções etnográficas: da história à política. Entrevista com Mariana Françoso. (2014)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Eduardo Dimitrov; OLIVEIRA, Luisa Pessoa de

      Fonte: PROA: Revista de Antropologia e Arte , v. 1 , p. s.p.

    • Arte, artesanato e arte popular: fronteiras movediças (2014)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Bixiga em artes e ofícios , p. 223

    • Tempo livre: sentidos e definições (2014)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; SOUSA e SILVA. Liliana

      Fonte: Cultura em São Paulo: hábitos culturais dos paulistas , p. 41


    2013


    • O papel de Jorge Amado na cultura brasileira (2013)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Cultura Crítica , v. 01 , p. 60

    • Arte, cultura e formação (2013)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Observatório Itaú Cultural , v. 15 , p. 77

    • De artefato a obra de arte: a inserção da pintura aborígine australiana no sistema internacional das artes (2013)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Reflexões sobre arte e cultura material , p. 137

    • Visible art, invisible artists? (2013)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: VIBRANT (FLORIANÓPOLIS) , v. 10 , p. 474


    2012


    • Jorge Amado, Pedro Archanjo e Manoel Querino na Tenda dos Milagres (2012)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Jorge Amado nos terreiros da ficção , p. 33

    • `Economias´ das exposições de arte contemporânea no Brasil: notas de uma pesquisa (2012)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ana Letícia Fialho; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Políticas culturais: pesquisa e formação , p. 1

    • Arte visível, artistas invisíveis? A inserção de objetos e valores aborígines em museus australianos (2012)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Anais da 28a Reunião Brasileira de Antropologia: Desafios Antropológicos Contemporâneos

    • "A experiência do museu é a de se deslocar". Entrevista com Benoit de L´Estoile. (2012)

      Artigo publicado

      Autores: Eduardo Dimitrov; Mariana Françoso; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Proa: Revista de Antropologia e Arte , v. 1 , p. s.p.

    • Autoria, autenticidade e apropriação: reflexões a partir da pintura aborígine australiana (2012)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Conteúdo completo

      Fonte: Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso) , v. 27 , p. 81

    • Conhecer para atuar: a importância de estudos e pesquisas na formulação de políticas públicas para a cultura (2012)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Goldstein; Ana Letícia do Nascimento Fialho

      Fonte: Revista Observatório Itaú Cultural , v. 1 , p. 25

    • Bahia universal (2012)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista de História (Rio de Janeiro) , p. 44


    2011


    • Arte africana e o conceito de arte (2011)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Relatos do I Encontro Afro-Atlântico de Museus

    • De romancista rebelde a escritor sincrético: relendo Jorge Amado (2011)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista da Biblioteca Mário de Andrade , v. No 66 , p. 71


    2010


    • Verbetes: Associações; Lazer; Governança; Racismo; Periferia. (2010)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: DORTIER, Jean-François; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Dicionário de Ciências Humanas , p. 1

    • Do sagrado ao mercado: a arte aborígine contemporânea (2010)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Anais da 27a. Reunião da Associação Brasileira de Antropologia

    • A imagem dos museus: visões e propostas. Relato crítico. (2010)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Relatos do II Encontro Paulista de Museus

    • Ser diferente, fazer diferença: o papel social dos museus (2010)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Relatos do II Encontro Paulista de Museus

    • Entrevista com Sally Price (2010)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Proa: Revista de Antropologia e Arte , v. 01 , p. sp


    2009


    • Arte, gênero e identidade cultural: reflexões a partir de uma mostra Inuit em São Paulo (2009)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Temáticas (UNICAMP) , v. 31/32 , p. 119

    • Resenha de Lévi-Strauss, antropologia e arte. Minúsculo-incomensurável (2009)

      Artigo publicado

      Autores: SOUZA, Carla Delgado de; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista de Antropologia (USP. Impresso) , v. 01 , p. 313

    • Iauaretê, cachoeira das onças: um registro fílmico de patrimônio imaterial (2009)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Proa: Revista de Antropologia e Arte , v. 01 , p. 334

    • Cultura no plural: conversa com Célio Turino sobre o conceito de cultura (e seus usos) nas políticas públicas brasileiras (2009)

      Artigo publicado

      Autores: Bulamah, Rodrigo; FERREIRA, Felipe Dittrich; Ilana Seltzer Goldstein; SOUZA, Carla Delgado de

      Fonte: Proa: Revista de Antropologia e Arte , v. 01 , p. 303

    • Mercado de arte, instituições artísticas e... passaportes. Entrevista com Alain Quemin (2009)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Proa: Revista de Antropologia e Arte , v. 01 , p. 315

    • Tecnompb: Taxonomia conceitual para uma abordagem tecnocêntrica das formas culturais (2009)

      Artigo publicado

      Autores: Basbaum, Sérgio Roklav; Ilana Seltzer Goldstein; Menegette, Lucas; Vicente, Dino

      Fonte: Cibertextualidades (Porto) , v. 03 , p. 163

    • Ayahuasca--from dangerous drug to national heritage: An interview with Antonio A. Arantes (2009)

      Artigo publicado

      Autores: LABATE, Beatriz Caiuby.; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: International Journal of Transpersonal Studies , v. 28 , p. 53

    • Dos livros para a telinha: fidelidade ou reinvenção? (2009)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Sesc TV , p. 10

    • A preservação do intangível. (2009)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: LABATE, Beatriz Caiuby.; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Trópico. Idéias de norte a sul.

    • Sobre inventários e outros instrumentos de salvaguarda do patrimônio cultural: ensaio de antropologia pública. (2009)

      Tradução

      Autores: Antonio Augusto Arantes; Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte:


    2008


    • Responsabilidade Social: das grandes corporações ao terceiro setor (2008)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte:

    • A Hora da Guerra. A Segunda Guerra Mundial vista da Banhia. Crônicas (1942-1942) (2008)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Amado, Jorge; Ilana Seltzer Goldstein; Fraga, Myriam; Boris Fausto

      Fonte:

    • Relato crítico: Afinal, o que é a arte brasileira?: (2008)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Relato: Ciclo X: Afinal, o que é arte brasileira?

    • Arte em contexto: o estudo da arte nas ciências sociais (2008)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: IV Enecult - Anais / CD Rom

    • Relato do debate final: A Virada Global da Arte Contemporânea nas Coleções Brasileiras (2008)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: ?A Virada Global da Arte Contemporânea nas Coleções Brasileiras?

    • Colecionismos do contemporâneo no Brasil (2008)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: A VIrada Global da Arte Contemporânea - relatos

    • Relato: Arte contemporânea e Natura: a expansão do território do museu (2008)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: COLÓQUIO INTERNACIONAL ?HISTÓRIA E(M) MOVIMENTO: MAM 60 ANOS? : Relatos

    • Reflexões sobre a arte (2008)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Conteúdo completo

      Fonte: Horizontes Antropológicos , v. 14 , p. 279

    • A Bahia sincrética e mestiça de Jorge Amado (2008)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Jornal A Tarde , p. 6

    • Hierarquias da cultura (2008)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Cult no. 128 , p. 59


    2007


    • Relato de uma intervenção densa ou relato de uma fala labiríntica (2007)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Espaço, aceleração e amnésia - II Simpósio Internacional de Arte Contemporânea - Relatos


    2006


    • Ali Kamel e a polêmica em torno das cotas para negros (2006)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Entrelivros (São Paulo) , p. 75

    • A cor do Brasil (2006)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Entrelivros (São Paulo) , p. 42

    • Uma leitura antropológica de Jorge Amado (2006)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Colóquio Jorge Amado: 70 anos de Jubiabá , p. 77

    • Mulheres transgressoras (2006)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Luciana Araújo

      Fonte: Entrelivros (São Paulo) , p. 60

    • A invenção do mito da democracia racial (2006)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Entrelivros


    2005


    • A rede social do tráfico negreiro (2005)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Vrtual Trópico , p. 1


    2004


    • Contra o economicismo: o Movimento anti-utilitarista nas Ciências Sociais (2004)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Virtual Trópico , p. 1

    • A ayahuasca na era do neo xamanismo (2004)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Virtual Trópico , p. 1

    • Contra o amor a primeira vista. Resenha de O amor pela arte, de Pierre Bourdieu (2004)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Cult Nº 76 , p. 18

    • Corpo físico, corpo mítico, corpo político (2004)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Trópico , p. 1


    2003


    • O Brasil best-seller de Jorge Amado: literatura e identidade nacional (2003)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte:

    • A miséria do mundo (versão alemã). (2003)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Virtual Trópico , p. 1

    • O futuro do cinema antecipado na Floresta Negra (2003)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Tropico

    • A arte arrumada (2003)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Trópico

    • Um diálogo bem sucedido entre arte e ciência (2003)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Pravda on-line


    2002


    • Berlim tornou-se uma nova terra (2002)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: 43 Escritores , p. 107

    • Schuf Jorge Amado Bahia oder schuf Bahia Jorge Amado? (2002)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Etno/graphie Reiseformen des Wissens , p. 39

    • Uma leitura antropológica de Jorge Amado: dinâmicas e representações da identidade nacional (2002)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Diálogos Latinoamericanos , v. 1 , p. 109

    • Memória dos campos: Holocausto e negacionismo (2002)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Trópico , p. 1

    • Mutações do poder: o olhar sociológico da fotógrafa Herlinde Koelbl (2002)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Trópico , p. 1

    • A Bíblia na moda: best seller mundial ganha novas traduções (2002)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Diário Oficial - Caderno de Leitura , p. 34

    • Morre Orlando Villas Boas, Sertanista Legendário (2002)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: PRAVDA ON LINE , p. 2

    • Quem foi Pierre Bourdieu (2002)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista SUPERINTERESSANTE , p. 26


    2001


    • Inventar uma oposição: o reengajamento dos intelectuais europeus (2001)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Caros Amigos , p. 22

    • Jorge Amado e Exu Na Encruzilhada (2001)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista CULT , p. 20

    • A dança de Célia Gouveia na França (2001)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: O Estado de S. Paulo - Caderno 2 , p. D7

    • Jorge Amado: o luto e o legado (2001)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Diário Oficial - Leitura

    • A política e o os livros no Salão de Paris (2001)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Submarino


    2000


    • A volta dos charutos voadores (2000)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Caderno Mais - Folha de S Paulo , p. 19


    1998


    • Hundertwasser: o arquiteto da rebeldia (1998)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Revista Caros Amigos, nº 18 , p. 31

    • Economia da Felicidade, resenha de CONTRE-FEUX, de Pierre Bourdieu. (1998)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Caderno de Resenhas, Folha de S Paulo , p. 8

    • Quinta-feira suja: relato de um carnaval na Alemanha (1998)

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: REVISTA CAROS AMIGOS , p. 20


    1997


    • Antropologia e Educação: reflexões sobre a diversidade cultural no Brasil (1997)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein

      Fonte: Estudos Acadêmicos Unibero , p. 19


    1992


    • Keith Thomas: O homem e o mundo natural (1992)

      Artigo publicado

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein; Gabriela Amatuzzi de Andrade; Mirella Berger; Hilston César Casagrande; Carolina Moreira Marques; Lílian Aparecida Matias; Paula Galli Senna; Simone Rodrigues da Silva

      Fonte: Revista de Antropologia (São Paulo) , v. 35 , p. 244

    Atuações

    Universidade Cruzeiro do Sul

    • Professora

      Prestadora de serviços

      2006 a 2013

    Escola de Música e Belas Artes do Paraná

    • Professora

      Prestadora de serviços

      2005 a 2009

    Universität Konstanz

    • Professora

      2000 a 2001

    Universidade Paulista

    • professora

      1998 a 1998

    Universidade de São Paulo

    • Monitora

      Monitoria

      1997 a 1997

    Serviço Social do Comercio

    • Animadora cultural

      1998 a 2000

    Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo

    • Gerente de Promoção Social

      2004 a 2006

    Centro de Estudos de Cultura Contemporânea

    • pesquisadora de campo

      prestador de serviço

      2003 a 2003

    Centro de Estudos e Pesquisa em Educação Cultura e Ação Comunitária

    • consultora para a Exposição Tera Paulista

      prestação de serviço

      2004 a 2005

    Fundação Getulio Vargas - SP

    • Professora e coordenadora

      Colaboradora

      2008 a 2013

    Editora Companhia das Letras

    • Consultora da coleção Jorge Amado

      consultoria

      2007 a 2012

    PROA - Revista de Antropologia e Arte

    • Membro de corpo editorial

      2008 a 2015

    Universidade Anhembi Morumbi

    • Docente de pós-graduação

      Professor horista

      2009 a 2009

    Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio

    • Consultora de desenvolvimento de cursos

      Consultor

      2009 a 2010

    Australian National University

    • PHD visitant student

      Pesquisadora associada

      2010 a 2010

    Fórum Permanente de Museus

    • Pesquisador sênior

      2010 a 2011

    • Membro do Conselho Administrativo

      Conselheira

      Desde 2019

    Zentrum fuer Europaeische Gesellschaftsforshung

    • Assessora de pesquisa e eventos

      Celetista formal

      2000 a 2001

    Centro Universitário Senac

    • Professor da Pós-Graduação

      Celetista formal

      2011 a 2013

    Instituto Brasil Leitor

    • Consultora de conteúdo para exposição

      Consultoria

      2011 a 2012

    Base 7 Projetos Culturais

    • Coordenadora de conteúdo expositivo

      2012 a 2013

    Services for Art

    • Assistente de curadoria

      2010 a 2010

    Revista Observatório Itaú Cultural

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2012

    Universidade Estadual do Rio de Janeiro

    • conteudista e docente

      colaboradora

      2012 a 2012

    Centro de Preservação Cultural da Universidade de São Paulo

    • professora

      docente convidada

      2013 a 2013

    Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social

    • pesquisadora de campo e sistematizadora

      pesquisadora

      2007 a 2007

    Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos

    • coordenadora de pesquisa de campo e relatora

      pesquisadora

      2008 a 2009

    Revista de Antropologia (USP. Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Revista Brasileira de Ciências Sociais (Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2012

    Anais do Museu Paulista (Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Cadernos de Arte e Antropologia

    • Revisor de periódico

      Desde 2013

    Mana (UFRJ. Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Revista do Instituto de Estudos Brasileiros

    • Revisor de periódico

      Desde 2013

    Revista CPC (USP)

    • Revisor de periódico

      Desde 2012

    Mediações - Revista de Ciências Sociais

    • Revisor de periódico

      Desde 2013

    Textos Escolhidos de Cultura e Arte Populares (Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Primeiros Estudos - Revista de Graduação em Ciências Sociais

    • Revisor de periódico

      Desde 2012

    Universidade Federal de São Paulo

    • Professor Adjunto IV

      Desde 2014

    Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

    • Revisor de projeto de fomento

      Desde 2014

    Ciências Humanas e Sociais em Revista (Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2012

    Universidade Estadual de Campinas

    • 2008 a 2012

    Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3

    • 2001 a 2002

    PROA: Revista de Antropologia e Arte

    • Revisor de periódico

      Desde 2017

    Revista Estudos Históricos

    • Revisor de periódico

      Desde 2017

    Revista Faces de Clio

    • Revisor de periódico

      Desde 2020

    • Revisor de periódico

      2020 a 2020

    GIS - GESTO, IMAGEM E SOM - REVISTA DE ANTROPOLOGIA

    • Revisor de periódico

      2020 a 2020

    Art World

    • Revisor de periódico

      2022 a 2022

    Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo

    • Membro de comitê curatorial

      2022 a 2023

    Museu A CASA do objeto brasileiro

    • Conselheira

      Desde 2023

    Instituto de Estudos Avançados - USP

    • Membro de comissão curatorial

      Desde 2023

    Ensino

    Orientações e supervisões

    Tese de doutorado em andamento

    • Karoline Caetano Britto

      A representação de indígenas em histórias em quadrinhos

      Doutorado em História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2022

    • Daiane Marques

      O protagonismo dos artistas indígenas contemporâneos na 34ª Bienal de São Paulo

      Pós-graduação em História da Arte

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2021

    Dissertação de mestrado em andamento

    • Elaine Lino

      A gravura de Virgínia Artigas

      História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2022

    • Vitória Oliveira Machado

      Artes indígenas e sua musealização: agentesm traduções, equivocações

      Pós-graduação em História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2022

    Dissertação de mestrado concluídas

    • Erika Kimie Koyama

      As artes indígenas no Brasil e suas múltiplas conceituações: termos e sentidos mobilizados a partir de 2013

      História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2024

    • Mariana Fujisawa

      ?UM PINTOR NATURAL?: CONSTRUÇÕES DA AUTENTICIDADE A PARTIR DE MALANGATANA VALENTE NGWENYA

      Pós-graduação em História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2023

    • Leandro Santana

      Epa Baba: a representações de Oxalá nos desfiles das escolas de samba de São Paulo

      História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2022

    • Roberta Mendes de Sá

      Fundação Ema Klabin e Museu Lasar Segall: Casas-museus e suas articulações contemporâneas

      História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2022

    • Ramon Eduardo Marambio

      O Circo e a Memória do Circense: narrativas a partir da História da Arte

      História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2022

    • Laura Escorel

      Imagens insurgentes. Mulheres e negros no acervo fotográfico de Gilda e Antonio Candido de Mello e Souza.

      Pós-graduação em História da Arte

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    • Fabiana Freitas

      Políticas culturais em arte e educação na cidade de São Paulo. A Secretaria de Cultura e o Programa de Iniciação Artística

      Pós-graduação em História da Arte

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    Gestão

    Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo

    • Gerente de Promoção Social

      Promoção Social

        Desde 2006

    Fundação Getulio Vargas - SP

    • Fui coordenadora acadêmica do MBA em Bens Culturais: Cultura, Economia e Gestão.

      CPDOC

        Desde 2013

    Universidade Federal de São Paulo

    • Vice-chefe de Departamento

      Departamento de História da Arte

        Desde 2019

    • Vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História da Arte

      Departamento de História da Arte

        Desde 2023

    • Membro da Comissão de Curso de História da Arte (suplente)

      Campus Guarulhos

    • Vice-coordenadora

      Câmara de Extensão e Cultura do campus Guarulhos

        Desde 2017

    Pesquisa

    Universidade de São Paulo

    Fórum Permanente de Museus

    Universidade Federal de São Paulo

    • Ulupuwene: a criação de um museu no Alto Xingu e suas complexidades

      O presente projeto pretende refletir sobre e contribuir com o desenvolvimento deum novo museu no Alto Xingu, criado pelos Wauja da aldeia Ulupuwene em 9 de abrilde 2023. O Museu Indígena Ulupuwene (MIU) atuará, ao mesmo tempo, como centrode registro e difusão de conhecimentos, com teor pedagógico e autoetnográfico; comoentidade voltada à musealização de objetos e à organização de exposições; e comonúcleo disparador de projetos ambientais e atividades de turismo sustentável. Um denossos objetivos é investigar de que maneira instituições e atividades não-indígenas museu, escola, turismo são apropriadas e transformadas pelos Wauja. Outroobjetivo é exercitar a comparação de diferentes noções de patrimônio, museu etransmissão de conhecimento. Trata-se, em certa medida, de uma pesquisa-ação, nosentido de que, durante as idas a campo, desenvolveremos atividades concretas quesejam de interesse, também, dos Wauja, como oficinas e capacitações museológicas.Ao mesmo tempo que procuraremos colaborar com o fortalecimento da novainstituição, teremos uma oportunidade única de aprender e dialogar com os modosWauja de conhecer, de organizar conhecimentos, de lidar com objetos e imagens ecom seu patrimônio cultural e ambiental. A abordagem será múltipla e ancorada emdiferentes disciplinas. A equipe é composta por quatro antropólogos com perfisdistintos e complementares. Ilana Goldstein é docente no Departamento de Históriada Arte da Universidade Federal de São Paulo; Andrea Rabinovici atua nas CiênciasAmbientais, também na Unifesp; Clarice Cohn é do Departamento de Ciências Sociaisda Universidade Federal de São Carlos; Aristóteles Barcelos Neto é professor naSainsbury Research Unit for the Arts of Africa, Oceania and the Americas (Universityof East Anglia, Reino Unido). Está prevista ainda a participação de duas estudantesde pós-graduação. Importante ressaltar que estamos alinhados com representantesdo Museu Indígena Ulupuwene e que existe interesse mútuo nessa pesquisacolaborativa.

      Desde 2023

    • Arte e alteridade: formas expressivas não-hegemônicas

      Os objetivos deste grupo de pesquisa, que reúne meus orientandes de mestrado e doutorado, são: 1.Investigar parcerias e "equivocações" nos encontros artísticos entre indígenas e não-indígenas. 2.Problematizar classificações e abordagens que museus, galerias e outros sujeitos não-indígenas aplicam às artes indígenas. 3.Refletir sobre a representação de si e dos outros que se faz por meio das artes gráficas e visuais. 4.Levantar o arcabouço conceitual que vem sendo construído pelos próprios indígenas nos debates sobre arte. 5.Etnografar museus e exposições de artes indígenas.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, Vitória Oliveira Machado, Andrea Rabinovici, Clarice Cohn, Aristoteles Barcelos Neto, Tamires Cristina dos Santos

      Desde 2022

    • Soproteca

      Construção de plataforma virtual com fontes de pesquisa sobre conhecimentos não-hegemônicos - indígenas e afrobrasileiros.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, Daiane Marques, Erika Kimie Koyama, Jonas Mendes, Karoline Caetano Brito, Vitória Oliveira Machado

      Desde 2022

    • Mapa das Artes

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, MACEDO, Valéria, Florianita Braga Campos, Alberto Ikeda

      Desde 2022

    • Webnário internacional: Por uma história da arte múltipla? O caso das artes africanas.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, Vinícius Spricigo, Pedro Arantes

      Desde 2021

    • Artivismos Coletivos: atravessamentos estéticos e políticos

      O projeto Artivismos coletivos: atravessamentos estéticos e políticos abrangeu dois movimentos complementares, que implicaram metodologias distintas: 1. Um levantamento exploratório e não exaustivo de coletivos artivistas em regiões próximas aos campi da Unifesp, compilando informações sobre seu perfil, sua localização e suas formas de atuação. Esse levantamento começou a partir da técnica ?bola de neve?, em que começamos conversando com os coletivos com quem já tínhamos contato pessoal ou profissional, e eles nos indicaram outros, que mencionaram outros e assim por diante. Em seguida, aplicamos um roteiro de perguntas que foi respondido um número significativo de coletivos. 2. A organização de quatro encontros remotos com coletivos artivistas levantados na pesquisa da fase 1, permitindo uma aproximação mais direta, e, inclusive, a interação entre alguns deles. O primeiro dos encontros ocorreu dentro da programação da Semana da Consciência Negra. Os encontros seguintes, um por semana, reuniram coletivos de regiões nas quais se encontram três campi da Unifesp: Zona Leste de São Paulo, Baixada Santista e Guarulhos. Os coletivos têm compartilhado conosco sua potência estética e política, especialmente no que tange aos territórios em que atuam. Têm sido tematizadas, nas conversas, questões como: autoria e criação artística coletiva; convergência entre expressão artística e causas sociais; o valor da diferença e das alianças contra-hegemônicas; a influência do território nas produções; as consequências da pandemia na atuação desses coletivos, entre outras. Além de serem transmitidos ao vivo, os quatro encontros ficarão disponíveis no YouTube da Proec e da Kaapora.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, Marta Jardim, Mariana Fujisawa, Bruna Gomes Afonso, Joyce Farias de Oliveira, Renan Ribeiro de Figueiredo, Uilton Garcia CArdoso Junior

      2021 a 2022

    • Arte, institucionalidade e diversidade

      Descrição: trata-se de um projeto de pesquisa que se insere dentro da linha de pesquisa ?Instituições, discursos e alteridade?, que tem como objetivo discutir e analisar imagens, objetos e práticas artísticas modernas e contemporâneas a partir dos conceitos de institucionalidade, discurso e alteridade. Os processos (e as dificuldades) de inserção dos bens e práticas culturais nas instituições revelam hierarquias explícitas ou implícitas entre estilos, épocas, técnicas, autores, posições sociais e visões de mundo e, nesse sentido, permitem análises férteis acerca das relações entre as produções artístico-culturais e seus contextos de circulação e recepção. Os discursos e narrativas que se constroem em torno das obras de arte e das expressões culturais também são partes constitutivas de sua valorização e interpretação. Assim, pensar sobre produções e produtores artístico-culturais em relação às instituições que os acolhem (ou não), atravessados e constituídos pelas narrativas que sobre eles se constróem, permite uma compreensão filosófica, social e historicamente ancorada desses fenômenos. Por outro lado, quando se leva em conta que formas e expressões culturais fazem parte de processos de construções identitárias, e que as diferenças e desigualdades da sociedade nelas se refletem, mas também por elas podem ser subvertidas, fica claro que as ideias de identidade e alteridade são chaves analíticas interessantes no estudo da produção simbólica e material. Assim, na contramão das análises pautadas em uma suposta autonomia da obra de arte e em análises exclusivamente formais, aqui são propostas abordagens voltadas à contextualização histórica, social, cultural, étnica, institucional e discursiva das obras e de seus seus criadores. São valorizados também objetos não convencionais e sujeitos subalternizados, numa concepção ampliada e interdisciplinar de história da arte. Focaliza-se a dimensão pública e política das artes e formas expressivas em geral, sua imagética e suas indústrias, seja nas artes visuais e performáticas, na arquitetura, na fotografia, no grafite, no cinema ou nas novas mídias, bem como nas exposições e em outras formas de visibilidade e legitimação das artes e dos bens simbólicos. Objetivos: 1. Estudar imagens, objetos, processos artísticos e cidades, a partir de seus contextos de produção, dos agenciamentos e hierarquizações que os constituem, das apropriações que deles se fazem e de seus modos de recepção, de modo a enfatizar as interfaces entre a criação artística e os vetores extra-estéticos; 2. Estimular reflexões e abordagens inter/transdisciplinares, contemplando diferentes referenciais históricos, geográficos e teóricos; 3. Abranger, dentro do PPGHA, memórias, saberes e dispositivos, tanto hegemônicos, como não-hegemônicos.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, MACEDO, Valéria, AGUILLERA, Yanet, Florianita Braga Campos, Alberto Ikeda, Rodrigo Ribeiro, Maria Cristina Cabral Troncarelli, Sarah Isis Sousa da Silva, Camila Aparecida Padilha Gomes, Camila Sthefanie de Matos Gomes, Salvador Andres Schavelzon

      Desde 2020

    • Conhecimento e adoecimento: reflexões indígenas, quilombolas e de coletividades contra-hegemônicas

      Promovido pela Cátedra Kaapora, núcleo associado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal de São Paulo, projeto reúne depoimentos de diversos interlocutores de projetos anteriores e também de outros convidados membros de comunidades indígenas, de matriz afro ou de outras coletividades contra-hegemônicas, a respeito de suas experiências relacionadas a adoecimento e cura. A ideia é que os depoimentos vinculem de diferentes modos experiências de adoecimento e produção de conhecimento, como em iniciações ou curas xamânicas, conhecimentos sobre potências curativas ou patogênicas de plantas e outros seres, produções artísticas sobre Covid-19 ou outras doenças, experiências de racismo ou violência social e adoecimento, experiências históricas ou contemporâneas envolvendo epidemias, entre outras possibilidades. Os depoimentos serão editados e disponibilizados na página virtual da Kaapora. Concomitantemente, serão transcritos, editados e acrescidos de iconografia (ilustrações e fotografias) em uma publicação disponibilizada online (na página da Kaapora e em pdf) para ampla circulação. Entre os meses de setembro e dezembro, serão promovidas 8 lives quinzenais com lideranças quilombolas, pajés indígenas, pais de santo e outros detentores de conhecimentos não-hegemônicos. As falas e as perguntas do público serão gravadas e transcritas, dando origem a publicação posterior. No lançamento do curso, recebemos 800 inscrições. O projeto de extensão conta com o auxílio de duas bolsistas, alunas de cursos de graduação da Unifesp.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, Vinícius Spricigo, Squeff, Letícia, AGUILLERA, Yanet, Marina Soler Jorge, Pedro Arantes

      Desde 2020

    • Alunos indí­genas e quilombolas nas universidades: reflexões conjuntas

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, MACEDO, Valéria, AGUILLERA, Yanet, Luiz Henrique Passador, Débora Galvani, Florianita Braga Campos, Rodrigo Ribeiro, Maria Cristina Cabral Troncarelli, Sofia MENDONÇA

      Desde 2017

    • Mediação e Gestão Cultural

      Curso de extensão com cinco encontros: 21 de Julho: Estudos Culturais 16 de Agosto: Mediação cultural e curadoria (convidado Martin Grossmann) 22 de Setembro: Cultura popular: redes, movimentos sociais e periferia (convidado Tião Soares) 04 de outubro: Patrimônio e memória 17 de Novembro: Produção Cultural (convidada Elena Grosbaum)

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, MACEDO, Valéria, Natália Félix, Ilana Seltzer Goldstein, Martin Grossmann, Vinícius Spricigo, SOARES, Sebastião

      2016 a 2016

    • O visível e o invisível na vida guarani

      O curso de extensão ?O visível e o invisível na vida guarani? consiste em uma série de cinco encontros com mestres indígenas, que ocorrerão sempre às quintas-feiras à tarde, ao longo do segundo semestre de 2016. O curso foi concebido conjuntamente por três docentes do campus Guarulhos da Universidade Federal de São Paulo: profa. Valéria Macedo, do Depto. de Ciências Sociais e profas. Ilana Seltzer Goldstein e Yanet Aguillera, do Depto. de História da Arte. O curso e as docentes são vinculadas à Cátedra Kaapora, abrigada na Pro-Reitoria de Extensão e Cultura, que foi criada, recentemente, com o objetivo de promover diálogos culturais e simetrização de saberes dentro da Unifesp. Contextualização institucional O presente curso de extensão faz parte de um programa mais amplo, registrado no SIEX , intitulado SABERES INDÍGENAS, TRADICIONAIS E MINORITÁRIOS NA UNIFESP ? GUARULHOS. O programa de extensão, por sua vez, está alinhado com a Cátedra Kaapora, responsável por construir pontes entre professores, alunos e agentes culturais externos ao universo acadêmico, para que seja estimulada a troca e a aprendizagem mútua, numa relação de mão dupla entre pesquisadores acadêmicos e mestres populares, indígenas e brancos, quilombolas e moradores das cidades, médicos e curandeiros, entre outras muitas possibilidades de diálogo. A proposta da Cátedra Kaapora e de nosso programa de extensão em Guarulhos é promover apresentações culturais, vivências, visitas técnicas etc., sempre girando em torno da democratização do conhecimento acadêmico, de um lado, e da valorização dos conhecimentos e expressões culturais tradicionais, de outro lado. Uma outra ação dentro do mesmo programa, prevista para acontecer ainda no segundo semestre de 2016, é a oficina de expressões culturais de matriz afrobrasileira, em parceria com a ONG Cachuêra. Metodologia Cada encontro, com duração de 4 horas, terá um mote, a partir do qual professores guarani, oriundos de três diferentes aldeias do Estado de São Paulo, terão liberdade para desenvolver suas próprias reflexões e propor experiências práticas aos participantes. Afinal, não se trata apenas de aprender conteúdos, mas também de conhecer novas formas de ensino-aprendizagem. O encontro será sempre iniciado pela projeção de um filme dirigido por um realizador indígena, seguida de debate. Na segunda parte, narrações, diálogos e vivências de dança, música e artesanato irão se combinar. Por se tratar de uma experiência pioneira, pretendemos registrá-la por meio de fotos, avaliações dos participantes e, se possível, vídeo. Na produção do curso, teremos apoio de um bolsista de extensão selecionado pelo último edital PIBEX, Guilherme Torres.

      Autores: Ilana Seltzer Goldstein, MACEDO, Valéria, TORRES, Guilherme, AGUILLERA, Yanet

      2016 a 2016

    • A virada antropológica na arte contemporânea. Mapeando o cenário no Brasil.

      Em linhas gerais, meu foco de interesse recai sobre a chamada virada antropológica da arte contemporânea, na qual, de um lado, curadores e artistas contemporâneos incorporam temáticas e procedimentos caros à Antropologia, e, de outro, novos objetos e práticas ? filmes etnográficos, performances rituais etc. ? passam a ser aceitos nos templos da arte, como museus e bienais. Meu principal objetivo é refletir sobre quatro dimensões da arte contemporânea vinculadas à Antropologia e ainda pouco investigadas no Brasil: 1. A produção que recria plasticamente/formalmente repertórios visuais indígenas e expressões culturais tradicionais; 2. A produção que endereça conceitual ou metodologicamente questões caras à Antropologia; 3. Os criadores indígenas que começam a emergir na cena artística regional ou nacional; 4. A presença, em exposições temporárias ou permanentes de museus de arte brasileiros, de criações não-hegemônicas, como as indígenas e populares.

      Desde 2016

    Universidade Estadual de Campinas

    Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3

    Atualização Lattes em 2024-05

    Processado em 2024-05-20