Bruno Konder Comparato nacionalidade brasileira

Universidade Federal de São Paulo

Escola de Filosofia

Programa de Pós-Graduação: Ciências Sociais

E-Mail: bruno.comparato@unifesp.br


90
21
Pular gráfico
De 2020 a 2024
Trabalhos publicados

Resumo

possui graduação em Ciências Sociais pela FFLCH-Universidade de São Paulo (1998), e em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1991), mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2001) e doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é professor no curso de ciências sociais da UNIFESP. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Unifesp (PPGCS-Unifesp). Diretor Acadêmico da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Unifesp (EFLCH-Unifesp) a partir de 2021. Editor da revista Lua Nova, publicada pelo CEDEC. Tem experiência na área de Ciência Política, atuando principalmente nos seguintes temas: cidadania, direitos humanos, ouvidorias, segurança pública, polícia, formas de controle do poder, movimentos sociais, movimento dos trabalhadores rurais sem terra (MST), democracia participativa e justiça de transição. É autor de um livro didático para o ensino de sociologia no ensino médio. bruno.comparato@unifesp.br

Fonte: Lattes CNPq

Nomes em citações bibliográficas

COMPARATO, B. K.;COMPARATO, BRUNO KONDER


Exportar dados

Exportar produção no formato BIBTEX


Perfis na web


Tags mais usadas

Pular nuvens de palavras

Idiomas

Francês

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve bem

Inglês

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve bem

Italiano

Compreende bem, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve razoavelmente

Espanhol

Compreende bem, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve razoavelmente

Alemão

Compreende razoavelmente, Fala pouco, Lê razoavelmente, Escreve pouco

Português

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve bem


Formação

  • Doutorado em Ciência Política

    As Ouvidorias de Polícia no Brasil: controle e participação

    Orientação: Maria Tereza Sadek

    Universidade de São Paulo

      Desde 2006

  • Mestrado em Ciência Política

    A Ação Política do MST

    Orientação: Maria Tereza Sadek

    Universidade de São Paulo

    1999 a 2001

  • Graduação em Engenharia Naval

    Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

    1987 a 1991

  • Graduação em Ciências Sociais

    Ciências Sociais

    Universidade de São Paulo

    1993 a 1998

  • Produção


    2024


    • O DESAFIO DA EXPRESSÃO LITERÁRIA DA EXPERIÊNCIA DA TORTURA

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2024

      Fonte: Ensaios críticos e experimentações em direitos humanos, democracia e memória , p. 262


    2023


    • O DESAFIO SEMPRE RENOVADO DE EDITAR UM PERIÓDICO CIENTÍFICO

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2023

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 9

    • Policing Demonstrations in Brazil and the Lessons from Northern Ireland

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2023

      Fonte: Conference Proceedings Library


    2022


    • PENSAMENTO SOCIAL E INSTITUIÇÕES

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2022

      Fonte: Lua Nova. Revista de Cultura e Política , v. 1 , p. 7

    • OS DIREITOS HUMANOS COMO ANTÍDOTO AO FASCISMO

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2022

      Fonte: Lua Nova. Revista de Cultura e Política , v. 1 , p. 9

    • DO FIM DAS UTOPIAS AOS OUTROS MUNDOS POSSÍVEIS

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2022

      Fonte: Lua Nova. Revista de Cultura e Política , p. 9

    • The Police Ombudsman in Brazil: Impacts and Challenges in Collaboration with Civil Society

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2022

      Fonte: Culture of Peace and Human Rights in Scope of New Nationalisms , p. 53

    • A leitura do mundo

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2022

      Fonte: Paulo Freire : 100 anos de práxis libertadora , p. 225

    • Participação e diversidade - a construção inclusiva e pluriepistêmica da Saúde Global

      Artigo publicado

      Autores: Juarez Pereira Furtado; Anderson Kazuo Nakano; Ademar Arthur Chioro; Luciana Rosa; Bruno Konder-Comparato

      Conteúdo completo

      2022

      Fonte: Ciência & Saúde Coletiva , v. 27 , p. 4085


    2021


    • A DEMOCRACIA NECESSÁRIA, SEGUNDO FRANCISCO WEFFORT

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2021

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 7

    • Apresentação do Dossiê: Policiamento de Manifestações

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato; TOPPING, JOHN

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: MEDIAÇÕES - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS , v. 26 , p. 468

    • SEGURANÇA PÚBLICA E POLICIAMENTO: NOVAS ABORDAGENS

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2021

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 7

    • O MERCOSUL E O ETERNO RETORNO

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2021

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 7

    • Guia de boas práticas acadêmicas

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Andréa Slemian; Bruno Comparato; Bruno Konder Comparato; Hanna Karen Moreira Antunes; Lucía Silva; Nildes Raimunda Pitombo Leite; Patricia Xander Batista; Paulo Eduardo Orlandi Mattos; Thaciana Malaspina; Vagner Rogério dos Santos

      2021

      Fonte:


    2020


    • Mobilização, Populismo e Direitos

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2020

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 109 , p. 7

    • CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO: ATUALIDADE DO DEBATE

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2020

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 7

    • DEMOCRACIA EM TRANSE

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2020

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. i

    • ¿UN PARTIDO DE DERECHA RADICAL EN BRASIL?

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2020

      Fonte: Los nuevos rostros de la derecha en América Latina Desafíos conceptuales y estudios de caso , p. 163


    2019


    • Da experiência política clássica à análise de conjuntura

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2019

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 7

    • A PERTINÊNCIA DA SOCIOLOGIA DE ALAIN TOURAINE

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2019

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , v. 1 , p. 7

    • Violência de Estado no Brasil: uma análise dos Crimes de Maio de 2006 na perspectiva da antropologia forense e da justiça de transição - relatório final

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Javier Amadeo; Raiane Patrícia Severino Assumpção; Bruno Konder Comparato; Maria Elizete Kunkel; Cláudia Plens

      2019

      Fonte:

    • Joana d?Arc: a verdade não está nos autos

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2019

      Fonte: Que histórias desejamos contar? , p. 106


    2017


    • Fundamentos filosóficos e históricos dos Direitos Humanos

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2017

      Fonte: Direitos Humanos e Cultura Escolar , p. 43


    2016


    • Sobre Dilma, Rafaela e Jéssicas

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2016

      Fonte: Jornal Entrementes , v. 1 , p. 15

    • Direitos humanos, anistia e verdade

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2016

      Fonte: Direitos humanos, sociedade e política , p. 29

    • Ouvidorias públicas como instrumentos para o fortalecimento da democracia participativa e para a valorização da cidadania

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2016

      Fonte: Ouvidoria pública brasileira : reflexões, avanços e desafios , p. 43

    • Frei Tito de Alencar, brasileiro, banido, torturado

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2016

      Fonte: Imagem, memória e resistência , p. 179


    2015


    • Controles Internos

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2015

      Fonte: Controle Cidadão , p. 161

    • Verdade, memória e esquecimento na literatura

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2015

      Fonte: Imagem e exílio: cinema e arte na América Latina , p. 53


    2014


    • Memória e silêncio: a espoliação das lembranças

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      Conteúdo completo

      2014

      Fonte: Lua Nova (Impresso) , p. 145

    • LO QUE LA PRESENCIA POLICIAL EN LAS MANIFESTACIONES REVELA SOBRE LA CALIDAD DE NUESTRA DEMOCRACIA

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2014

      Fonte: REVISTA PENSAMIENTO PENAL , v. 1 , p. 1

    • Os obstáculos institucionais à realização dos direitos humanos no Brasil: o exemplo das ouvidorias de polícia

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2014

      Fonte: Ciências Sociais em Diálogo - Pensamento Político e Social, Estado e Ação Coletiva - Vol. 3 , p. 309


    2013


    • Sociologia Geral (Livro do Aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2013

      Fonte:

    • Sociologia Geral (Manual do Professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2013

      Fonte:

    • Uma direita radical no Brasil?

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2013

      Fonte: Anais do 37º Encontro Anual da Anpocs, de 23 a 27 de setembro de 2013, em Águas de Lindóia - SP.


    2012


    • Verdad, memoria y olvido en la literatura

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2012

      Fonte: V Seminario Internacional Políticas de la Memoria: Arte y Memoria - Miradas sobre el pasado reciente

    • Amnesty, Memory, and Reconciliation in Brazil: Dilemmas of an Unfinished Political Transition

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2012

      Fonte: ISA Annual Convention, San Diego 2012

    • As ouvidorias públicas como instrumento de democracia participativa

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2012

      Fonte: 8º Encontro da ABCP

    • O debate em torno do processo de revisão da Lei de Anistia no Brasil

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2012

      Fonte: 54th International Congress of Americanists "Building Dialogues in the Americas"

    • Memória e silêncio: a espoliação das lembranças

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2012

      Fonte: Anais do 36º Encontro Anual da Anpocs, de 21 a 25 de outubro de 2012, em Águas de Lindóia - SP.


    2011


    • O impacto dos processos de revisão das leis de anistia na qualidade da democracia na América Latina

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2011

      Fonte: O Público e o Privado (UECE) , v. 9 , p. 15

    • Les citoyens face aux bavures policières: la délation comme un acte civique

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2011

      Fonte: Quatrième Congrès de l'Association Française de Sociologie - Création et innovation , p. 199

    • The Amnesty between Memory and Reconciliation in Brazil: Dilemmas of an Unconcluded Transition

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2011

      Fonte: Whatever Happened to North-South - IPSA-ECPR Joint Conference

    • O impacto dos processos de revisão das leis de anistia na qualidade da democracia na América Latina

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2011

      Fonte: Anais do XXVIII Congresso da ALAS


    2010


    • Sociologia Geral (Aluno)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2010

      Fonte:

    • Sociologia Geral (Professor)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2010

      Fonte:

    • Ministério Público: controle externo da atividade policial e ouvidorias

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2010

      Fonte: Ouvidorias e ministério público: as duas faces do ombudsman no Brasil , p. 177

    • As eleições em Guarulhos: os eleitores entre o padre e o juiz

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2010

      Fonte: Alpha , p. 66

    • O pesadelo dos ciganos na Europa

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2010

      Fonte: Afirmativa Plural , p. 88

    • O policiamento das manifestações e a qualidade da democracia

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2010

      Fonte: Juízes para a Democracia , p. 4


    2009


    • As ouvidorias de polícia no Brasil: balanço de uma década

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2009

      Fonte: Participação e Segurança Pública no Brasil: teoria e prática , p. 153

    • As Ouvidorias de Polícia no Brasil: Balanço de uma década e meia

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2009

      Fonte: Modalidades de ouvidoria pública no Brasil

    • Obama é nosso

      Textos em jornais de notícias/revistas

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2009

      Fonte: Afirmativa Plural , p. 44

    • A Anistia entre a Memória e a Reconciliação: Dilemas de uma Transição Política ainda Inconclusa

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2009

      Fonte: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia - Sociologia : Consensos e Controvérsias , p. 184

    • Brasil: do consociativismo para o modelo majoritário ou como Arend Lijphart classificaria nosso sistema politico

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2009

      Fonte: Desigualdade e Justiça Social: regiões, classes e identidades no mundo globalizado - Programa e Resumos , p. 192


    2008


    • China: O Gigante despertou

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 19 , p. 34

    • Os novos brasileiros

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 19 , p. 30

    • Várias democracias

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 4 , p. 12

    • Algo de podre no reino do Nepal

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 21 , p. 24

    • As ouvidorias de polícia no Brasil: balanço de uma década.

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: Participação, Democracia e Segurança Pública - balanço de uma década , p. 161

    • As Ouvidorias de Polícia no Brasil e em Portugal: a Questão das Investigações

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: IVº Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política - Programa e Resumos , p. 142

    • Os obstáculos institucionais à realização dos direitos humanos no Brasil: o exemplo das ouvidorias de polícia

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2008

      Fonte: 32º Encontro Anual da ANPOCS


    2007


    • O Transformador de Paisagens

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 15 , p. 10

    • Muros da Vergonha

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 15 , p. 43

    • O controle externo da atividade policial no Brasil: Ouvidorias de Polícia versus Ministério Público

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: 13º CISO

    • China: O Renascimento do Império

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 3 , p. 10

    • Um olhar ocidental sobre a China

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato; Liuca Yonaha

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 3 , p. 14

    • O domínio da esquerda

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 3 , p. 34

    • UDN: o paradoxo partido

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 13 , p. 18

    • Hannah Arendt e a banalidade do mal

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 13 , p. 39

    • Questionando a anistia

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 13 , p. 40

    • Resistência Underground

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 3 , p. 10

    • União Européia: meio século no caminho da integração

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 3 , p. 20

    • Cuba: o outono do patriarca

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2007

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 3 , p. 26


    2006


    • The political action of the Landless Workers? Movement in Brazil

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: Self-Organization / Counter-economic strategies , p. 65

    • As ouvidorias de polícia no Brasil: controle e participação

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: 30º ANPOCS 2006

    • As donas da casa - as mulheres na política

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 2 , p. 22

    • Escravos do novo século

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: Desvendando a História (São Paulo) , v. 2 , p. 37

    • A vontade de fazer política

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 2 , p. 58

    • Riquezas da Floresta

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 2 , p. 10

    • O Homem que desenhou o mapa do Brasil

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2006

      Fonte: Discutindo Geografia , v. 2 , p. 44


    2005


    • Berço esplêndido: como os gregos inventaram a democracia

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2005

      Fonte: Discutindo Política , v. 1 , n. 1 , p. 50

    • O Povo Decide: as diferenças entre plebiscito e referendo

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2005

      Fonte: Discutindo Política , v. 1 , n. 1 , p. 42


    2004


    • L'Action Politique des Sans-Terre au Brésil

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2004

      Fonte:

    • A inserção precária e a questão agrária

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2004

      Fonte: Leviathan (São Paulo) , v. 1 , n. 1 , p. 55


    2003


    • A Ação Política do MST

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2003

      Fonte:

    • A Justificação Política dos Direitos Humanos

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2003

      Fonte: Videtur (USP) , v. 22 , p. 13


    2001


    • A ação política do MST

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      Conteúdo completo

      2001

      Fonte: São Paulo em Perspectiva (Impresso) , v. 15 , n. 4 , p. 105

    • O avanço político representado pelo MST

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2001

      Fonte: Juízes para a democracia , v. 5 , n. 25 , p. 5

    • A mídia e o MST

      Artigo publicado

      Autores: Bruno Konder Comparato

      2001

      Fonte: Jornal Sem Terra , v. XIX , n. 212 , p. 10

    Atuações

    FIAM-FAAM Centro Universitário

    • Professor

      2005 a 2005

    • Professor do curso de pós-graduação

      2007 a 2007

    • Professor do curso de pós-graduação

      Professor vistante

      2009 a 2009

    Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas

    • Professor

      2005 a 2005

    Universidade de São Paulo

    • Professor substituto

      2006 a 2009

    Faculdade Zumbi dos Palmares

    • Professor

      Celetista formal

      2007 a 2009

    Universidade Federal de São Paulo

    • Professor adjunto

      Desde 2009

    • Professor Associado

      Desde 2018

    Escola de Governo

    • Conselheiro Pedagógico

      2011 a 2012

    Construções e Comércio Camargo Corrêa

    • assistente comercial

      1992 a 1993

    Centro de Pesquisas em Engenharia Naval

    • pesquisador

      Bolsista

      1990 a 1990

    Lua Nova (Impresso)

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2014

    Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

    • Revisor de projeto de fomento

      Desde 2013

    Brasiliana - Journal for Brazilian Studies

    • Revisor de periódico

      Desde 2015

    Teoria & Pesquisa

    • Revisor de periódico

      Desde 2015

    Lua Nova (Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Politica Hoje (UFPE. Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2010

    Cadernos de Campo (USP. 1991)

    • Revisor de periódico

      Desde 2012

    Pensata ¿ Revista dos Alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Socia

    • Revisor de periódico

      Desde 2011

    Revista Katálysis (Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Horizontes Antropológicos (UFRGS. Impresso)

    • Revisor de periódico

      Desde 2014

    Intersecções (Jundiaí)

    • Revisor de periódico

      Desde 2013

    Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo

    • Membro do Conselho Consultivo da Ouvidoria

      Membro do Conselho Consultivo

      2016 a 2020

    Lua Nova (Impresso)

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2015

    Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

    • Revisor de projeto de fomento

      2017 a 2017

    REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE)

    • Revisor de periódico

      Desde 2017

    Centro de Estudos de Cultura Contemporânea

    • Membro do Conselho Editorial da Lua Nova

      Desde 2014

    • Editor chefe da revista Lua Nova

      Desde 2015

    Associação Nacional de Direitos Humanos - Pesquisa e Pós-Graduação

    • Secretário Executivo

      Desde 2018

    Instituto de Estudos Avançados - USP

    • membro de grupo de pesquisa

      Desde 2018

    Comissão Justiça e Paz de São Paulo

    • Integrante da Comissão

      Desde 2020

    Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento

    • professor convidado

      2014 a 2014

    Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais

    • Integrante do Conselho Fiscal da ANPOCS

      Integrante da Diretoria

      2020 a 2022

    International Political Science Association

    • Integrante de Research Comitee

      Integrante de Research Comitee

      Desde 2021

    Ensino

    Orientações e supervisões

    Tese de doutorado em andamento

    • Almir Valente Felitte

      A aplicabilidade do modelo de policiamento comunitário no Brasil como forma de possibilitar o desenvolvimento de políticas públicas de segurança cidadã

      Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2023

    • Eduardo Brandão Oliveira

      O PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL E A LÓGICA MERCADOLÓGICA

      Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2021

    Dissertação de mestrado em andamento

    • Adriano Rodrigues de Oliveira

      Apropriação de elementos da comunicação política nazifascista pela extrema direita brasileira

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2023

    • Carlos Alves Siqueira

      Novas armas de guerra: a condução do olhar social e a experiência militar na modernidade

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2020

    • PATRÍCIA FERREIRA DE MENDONÇA

      Tecnopolítica e Teoria das Mediações: Movimentos Sociais nas Redes

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2020

    Dissertação de mestrado concluídas

    • Eduardo Gonçalves Ueda

      Pescadores(as) artesanais do litoral norte de São Paulo: Um estudo de caso em Caraguatatuba (SP)

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2023

    • Bianca Isabel Lombarde Silva

      Padrões de policiamento de manifestações na cidade de São Paulo

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2021

    • ANDRESSA PATACHO CAFARELLI

      O retorno dos militares à política: uma análise da saída da caserna durante o governo de Jair Bolsonaro

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2020

    • Gabriel de Sousa Romero

      DISPOSITIVO DE VIOLÊNCIA LETAL NA SEGURANÇA PÚBLICA PAULISTA PRÁTICAS E REGULAÇÃO DA LETALIDADE PELA POLÍCIA E PELO PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL (PCC) EM SÃO PAULO

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2020

    • FABIANE PENEDO DE ANDRADE

      ?MUDANÇA? NA POLÍTICA, SEM ALTERAÇÃO NOS RESULTADOS ? A (IN)AÇÃO DO GOVERNO EXECUTIVO NAS POLÍTICAS DE SEGURANÇA PÚBLICA PARA CONTENÇÃO DA LETALIDADE POLICIAL ENTRE OS ANOS DE 1996 E 2015

      Mestrado em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    • NATALIA LIBERATO DOS SANTOS

      Política Externa Brasileira e Opinião Pública: A construção de uma liderança (brasileira) no Labirinto Latino Americano

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    • Eduardo Brandão Oliveira

      DO BANDO AO PCC: A GESTÃO DA VIOLÊNCIA E SEUS DESDOBRAMENTOS NA SOCIABILIDADE EM PARAISÓPOLIS

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2017

    • Marina Figueiredo

      Os direitos humanos na prática: o papel do movimento social da Las Madres de La Palza de Mayo na luta pelos direitos humanos a partir da ditadura militar Argentina

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2016

    • Caio Fernando Alves Duarte Santos

      Permanências e rupturas: da laicidade de Rui Barbosa e Benjamin Constant (1891) ao Estado Democrático de Direito (1988)

      Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2015

    • Jenifer Santos Souza

      Entre o partido e o movimento: trajetórias e multifiliações dos representantes da sociedade civil do Conselho Municipal de Saúde de São Paulo

      Mestrado em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2015

    • José Fernando Queiroz

      Projetos ambientalistas em Ubatuba: circulação de capitais sociais entre Estado, ONGs e populações tradicionais

      Mestrado em Ciências Sociais

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2015

    • Deise Donatoni Casado

      Análise da definição da agenda da agricultura familiar no governo FHC: o PRONAF

      Mestrado em Ciências Sociais

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2014

    • Otávio Dias de Souza Ferreira

      AGÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA DE SÃO PAULO COM POTENCIAL DE ACCOUNTABILITY EM DIREITOS HUMANOS NO PÓS-REDEMOCRATIZAÇÃO

      CIÊNCIAS SOCIAIS

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2014

    • Fernando Celso Teixeira

      Do horizontal ao vertical - o jornalismo econômico

      Mestrado em Jornalismo

      FIAM-FAAM Centro Universitário

      Concluído em 2009

    • Nádia Alves Fernandes e Silva Santos

      O jornalismo econômico na academia e na sociedade durante a ditadura militar

      Mestrado em Jornalismo

      FIAM-FAAM Centro Universitário

      Concluído em 2009

    • Ylana Cristina de Siqueira

      O uso de microcâmera em reportagens investigativas

      Jornalismo Especializado

      Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas

      Concluído em 2009

    Gestão

    Universidade Federal de São Paulo

    • Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

      Campus Guarulhos

      Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

    • Diretor Acadêmico

      Campus Guarulhos

    • Vice-chefe do Departamento de Ciências Sociais

      Campus Guarulhos

      Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

        Desde 2015

    Pesquisa

    Universidade de São Paulo

    • As ouvidorias públicas como instrumentos de implementação de políticas públicas de direitos humanos

      Essa pesquisa visa a fornecer subsídios para o debate a respeito da formação e implementação de políticas públicas de direitos humanos. Considero que as ouvidorias públicas contribuem muito para fortalecer os direitos civis. Segundo a formulação de T. H. Marshall, os direitos civis (liberdade de associação, liberdade de expressão, direito de propriedade, direito de concluir contratos, direito de interpelar o governo individualmente) são necessários para um bom desempenho dos direitos políticos (direito de votar e ser votado), por meio dos quais é possível alcançar os direitos sociais (saúde, educação, previdência, assistência social), sendo que o direito à educação é o único direito social que deve vir junto com os direitos civis. Como mostrou José Murilo de Carvalho, a formulação de Marshall corresponde à realidade inglesa, pois no Brasil a seqüência dos direitos foi invertida. Tivemos primeiro os direitos sociais, seguidos pelos direitos políticos, sendo que os mais problemáticos atualmente são os direitos civis, que vieram por último. Minha hipótese de trabalho, portanto, é que as ouvidorias públicas auxiliam na implementação de políticas públicas de direitos humanos, no sentido em que conciliam a participação popular com a fiscalização dos atos de governo, ao mesmo tempo em que fortalecem os direitos civis.

      Autores: Bruno Konder Comparato

      Desde 2006

    • O papel da participação popular na redefinição do papel dos partidos políticos

      Os partidos contemporâneos não correspondem mais ao modelo tradicional de partido político ao qual são usualmente confrontados: os partidos de massa da primeira metade do século vinte. Muitas das funções que eram exercidas pelos partidos políticos há um século, hoje são exercidas por outras instituições políticas, além de organizações da sociedade civil e movimentos sociais. Uma constatação de cunho sociológico permite tornar claro o argumento: um jovem que pretenda mudar o mundo hoje não vai mais procurar se engajar num partido político, a menos que tenha interesse em seguir a carreira política tradicional, e nesse caso a militância na ala jovem dos partidos é um caminho privilegiado. O mesmo jovem que na primeira metade do século passado procurava se engajar no partido socialista, no partido comunista, no partido fascista, no partido nazista, ou então seguia o caminho oposto e entrava para os quadros de um grupo revolucionário, hoje é atraído preferencialmente pelos movimentos sociais, as organizações não-governamentais, as instâncias de participação local como os conselhos gestores, as comissões de orçamento participativo, as associações comunitárias, ou apóia as ações do movimento contra a globalização. O que está em questão é uma reavaliação da teoria clássica da representação política de acordo com a qual há uma conexão entre a atuação dos políticos e as preferências dos eleitores que é mediada pelos partidos políticos. De acordo com o modelo tradicional da representação política, durante a campanha eleitoral os deputados fazem promessas aos eleitores que votam favoravelmente se estas coincidirem com suas preferências. Pesquisas recentes sugerem que os eleitores votam também retrospectivamente, isto é, os mandatos legislativos são julgados nas urnas e, em conseqüência, os deputados ajustam sua atuação no Congresso em antecipação ao julgamento da próxima eleição. O argumento deste projeto de pesquisa é justamente o de que, hoje em dia, uma quantidade consider

      Autores: Bruno Konder Comparato

      Desde 2008

    Universidade Federal de São Paulo

    • Promoção do Bem-estar para enfrentamento de questões relacionadas à violência e ao uso de drogas - Projeto Integrador: Interfaces entre violência e drogas

      As interfaces entre violência e drogas são plurais. Tendo a política de drogas como norteador transversal comum, pretende-se, no presente estudo, investigar e refletir acerca de algumas vertentes dessa relação. O atual modelo de política de drogas, com foco na redução da demanda e da oferta de drogas tem contribuído para o aumento da violência, assim como do encarceramento, dos riscos à saúde dos usuários de drogas e do estigma e preconceito dirigidos a essa população, principalmente entre aqueles que apresentam maior vulnerabilidade social. A relação entre violência e drogas também pode ser entendida a partir do enfoque epidemiológico, biológico e social. Características genéticas podem contribuir para diferentes reações na vivência de situações de violência, em especial nas fases iniciais do desenvolvimento (infância e adolescência), o que sabidamente aumenta a vulnerabilidade para problemas com o uso de drogas. Por outro lado, a violência é também uma consequência do uso problemático de drogas. Este projeto temático tem como objetivo principal unir pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento para a proposição de intervenções mais eficazes para lidar com este problema. Pretende-se desenvolver e/ou adaptar intervenções ainda pouco estudadas no Brasil, mas reconhecidas na literatura científica internacional na prevenção da violência, do abuso de drogas e no tratamento daqueles com problemas relacionados ao uso de substâncias, vítimas ou perpetradores de episódios de violência. Tal objetivo será atingido por meio de parceria com pesquisadores nacionais e internacionais com reconhecimento técnico e científico de diversas áreas do conhecimento. Método: Serão estudadas pessoas com problemas associados ao uso de drogas e/ou violência em relação a características genéticas, psicológicas e sociais, na busca de fatores de risco e de intervenções a serem testadas por meio de ensaios clínicos, randomizados e controlados. Ao longo do desenvolvimento deste projeto serão realizadas reuniões para planejamento e discussão dos resultados, visando a implantação das intervenções testadas e adequadas ao contexto brasileiro. Espera-se com este estudo a ampliação do conhecimento sobre a relação entre violência e drogas, o desenvolvimento de formas mais eficazes de se prevenir a violência e o uso abusivo de drogas, assim como promover o bem-estar da população mais vulnerável a esses problemas. Parte deste projeto já se encontra em fase adiantada de coleta de dados. Programa Capes Print. Países envolvidos: Espanha; Estados Unidos; Canadá; França; Nova Zelândia; Holanda; Reino Unido; Portugal; México; Índia; Uruguai; Suíça; Argentina; Austrália.

      Autores: Bruno Konder Comparato, Maria Lucia O.S. Formigoni

      Desde 2019

    • Escola com direitos humanos

      O objetivo deste projeto de extensão é estabelecer uma parceria com o Observatório de Direitos Humanos do município de Guarulhos (ODH) que existe desde 2017 e, de acordo com a sua descrição oficial, tem como missão construir dados/indicadores e pesquisas, além da produção e publicização de relatórios com informações reflexivas sobre direitos humanos, todavia visando não correr o risco de que essas informações sejam interpretadas de maneira errônea, caindo no senso comum, como exemplo de que direitos humanos é para bandidos, como pode ser verificado na página que a prefeitura mantém na internet sobre o ODH: https://www.guarulhos.sp.gov.br/pagina/o-observatC3B3rio-de-direitos-humanos A partir do engajamento de discentes, técnicos e docentes da comunidade da EFLCH, em interlocução com os técnicos da Secretaria de Direitos Humanos da cidade de Guarulhos, os integrantes do projeto buscarão realizar os seguintes objetivos:1)Multiplicar os pontos de observação e de coleta de dados e informações sobre a situação dos direitos humanos na área do município de Guarulhos;2)Analisar e interpretar os dados coletados de modo a oferecer aos técnicos da Secretaria de Direitos Humanos de Guarulhos um diagnóstico das situações mais vulneráveis e propor ideias e ações que potencializem a implementação dos direitos;3)Colaborar com a equipe técnica da Prefeitura de Guarulhos para permitir a compreensão de que a realização e implementação dos direitos depende dos esforços de todas as áreas do governo do município.

      Autores: Bruno Konder Comparato, JULIA MOTTA SISCAR SALOMÃO

      Desde 2019

    • Policing protests and the quality of democracy in Brazil and Northern Ireland (2018-2020)

      This will be a comparative analysis between Belfast and São Paulo police models. Both countries had intense police brutality periods: 1968-1998 conflicts in Northern Ireland and 1979-1988 Brazilian re-democratic transition process. After that, Northern Ireland police went through a police reform but Brazilian police continued to be nondemocratic and highly militarized. This model was responsible for many episodes of violence during the 2013-2015 dissent cycle in São Paulo. We will investigate São Paulo police continued repressive attitudes from dictatorship to the 2013-2015 demonstrations and bring some of the good practices learned by Northern Ireland police with the goal of implementing them in São Paulo. We aim to share this knowledge with Brazilian police forces and civil society in order to intervene in public policy. We will offer a training seminar for policemen and public actors on police good practices and produce a recommendation guide, a mini-doc and a website.

      Autores: Bruno Konder Comparato, Liana de Paula, Esther Solano, Claudia Moraes

      Desde 2018

    • Police violence in Brazil: Implementation of forensic anthropology in Brazil and its expected impact on civilian killings by police

      Este projeto tem por objetivo consolidar a área de pesquisas em antropologia forense, recém implementada no Brasil por meio da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), sob a ótica dos direitos humanos e prevê a colaboração de várias instituições no Brasil e na Inglaterra. No Brasil as ações serão coordenadas pelo Centro de Antropologia e Arqueologia Forense (CAAF), da Unifesp, e na Inglaterra pelo Centro Latino Americano da Universidade de Oxford. Esta iniciativa se inscreve na ótica das ações de Justiça de Transição, que apenas agora se iniciam no Brasil, passados trinta anos do final da ditadura militar (1964-1985). A demora em refletir sobre o passado autoritário tem sérias consequências no que diz respeito à violência policial e o desrespeito dos direitos humanos e dos direitos civis mais básicos da população.

      Autores: Bruno Konder Comparato, Marina Figueiredo, Rimarcs Ferreira, Ana Lúcia Lana Nemi, Javier Amadeo, Cláudia Plens, Maria Elizete Kunkel, Raiane Patrícia Severino Assumpção, Rebeca Padrão

      Desde 2016

    • Os caminhos para o Brasil moderno: questão rural, direitos e cidadania

      Projeto CASADINHO/PROCAD - Capes/CNPq. O projeto que aqui se apresenta tem como tema mais amplo os caminhos para o Brasil moderno ; para tanto, busca pesquisar a articulação entre a questão rural, a concepção e reivindicação de direitos, e o regionalismo entre 1930 e 1988, da perspectiva do pensamento político-social brasileiro, da formação de movimentos sociais, e das transformações político-institucionais. O proponente do projeto é o programa de pós-graduação em Ciências Sociais da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), com parcerias com grupos de pesquisa do programa de pós-graduação em Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP) e do programa de Sociologia da Universidade de Campinas (Unicamp)

      Autores: Bruno Konder Comparato, Rossana Rocha Reis, Gabriela Nunes Ferreira, Maria Fernanda Lombardi Fernandes, José Lindomar Coelho Albuquerque, Élide Rugai Bastos, Fernando Antonio Lourenço, Rubem Murilo Leão Rego, Cícero Araújo, Bernardo Ricupero

      2012 a 2016

    • A anistia entre a memória e a reconciliação: dilemas de uma transição política ainda inconclusa

      Esta pesquisa se inscreve na ótica da Justiça de Transição (retribuição e reparação após uma mudança de regime político). Como virar certas páginas da história e ao mesmo tempo restabelecer a coesão no seio de comunidades feridas e divididas? A anistia é uma solução que tem certas vantagens. Seus custos, contudo, podem ser consideráveis. A página é virada sem ter sido lida, o que não impede que os mesmos horrores sejam reescritos. Enquanto nossos vizinhos da América do Sul já reviram suas leis de anistia, no Brasil o debate sobre a Lei da Anistia está apenas começando. A proposta é relacionar a questão com o processo de transição do autoritarismo para a democracia que, no Brasil, foi o mais longo do continente sul americano.

      Autores: Bruno Konder Comparato

      Desde 2010

    • O papel da participação popular na definição e implementação de políticas públicas de direitos humanos

      O objetivo desta pesquisa é conhecer e avaliar a participação popular na definição e implementação de políticas públicas de direitos humanos. Ela parte do pressuposto de que na sociedade contemporânea a democracia tem que provar sua eficiência para ser efetivamente valorizada. Daí a importância das políticas públicas e dos recursos de poder ao alcance da população para influenciar e fiscalizar a atuação governamental.

      Autores: Bruno Konder Comparato

      Desde 2011

    Outras atividades técnico científicas

    Atualização Lattes em 2024-03

    Processado em 2024-04-22