Maria Lúcia Dias Mendes nacionalidade brasileira

Universidade Federal de São Paulo

Escola de Filosofia

Programa de Pós-Graduação: Letras

E-Mail: maria.mendes@unifesp.br


42
9
Pular gráfico
De 2015 a 2024
Trabalhos publicados
Participações em projetos

Resumo

Bacharel em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - USP, cursou Letras (Francês / Português) na mesma Universidade. Possui mestrado e doutorado em Língua e Literatura Francesas pelo Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Professor Associado 4 de Literatura Francesa do Departamento de Letras da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp. Atualmente coordena o curso Bacharelado Português - Francês.Áreas de interesse: Romantismo (Francês, Português e Brasileiro); relações entre Literatura e História; relações entre Literatura e Imprensa; Romance Folhetim (França, Portugal e Brasil); Romance Histórico (França, Portugal e Brasil); Escrituras do eu (Séc.XIX); História do Brasil Império; História da França; História do livro e da Leitura.

Fonte: Lattes CNPq

Nomes em citações bibliográficas

MENDES, M. L. D.;DIAS MENDES, M. L.;MENDES, MARIA LÚCIA DIAS


Exportar dados

Exportar produção no formato BIBTEX


Perfis na web


Tags mais usadas

Pular nuvens de palavras

Idiomas

Francês

Compreende bem, Fala bem, Lê bem, Escreve bem

Inglês

Compreende bem, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve pouco

Italiano

Compreende bem, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve pouco

Espanhol

Compreende bem, Fala pouco, Lê bem, Escreve pouco


Formação

  • Doutorado em LETRAS (EST. LING., LITERÁRIOS E TRADUTOLÓGICOS EM FRANCÊS)

    No limiar da História e da Memória. Uma leitura de Mes mémoires, de Alexandre Dumas

    Orientação: Glória Carneiro do Amaral

    Universidade de São Paulo

      Desde 2007

  • Mestrado em LETRAS (EST. LING., LITERÁRIOS E TRADUTOLÓGICOS EM FRANCÊS)

    Amor e encenação em La reine Margot, de Alexandre Dumas

    Orientação: Glória Carneiro do Amaral

    Universidade de São Paulo

    1997 a 2002

  • Graduação em História

    Universidade de São Paulo

    1985 a 1988

  • Graduação em Letras (Francês-Português)

    Universidade de São Paulo

    1993 a 1996

  • Produção


    2022


    • Victor Hugo: Múltiplas Leituras (2022)

      Artigo publicado

      Autores: Ana Luiza Ramazzina Ghirardi; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Lettres Françaises , v. 23 (1) , p. 5

    • A presença de Rimbaud na imprensa brasileira do século XIX (2022)

      Artigo publicado

      Autores: SOUZA, VINÍCIUS ALVES DE; Maria Lúcia Dias Mendes

      Conteúdo completo

      Fonte: TEXTO POÉTICO , v. 18 , p. 196

    • Os três ?relógios? (1857-1862) (2022)

      Tradução

      Autores: Jean-Michel Gouvard; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • Subjetividade e transcendência no último ?O crepúsculo do entardecer? (2022)

      Tradução

      Autores: Joseph Acquisto; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • Notas sobre uma estética natimorta o ?bufão belga? do último Baudelaire (2022)

      Tradução

      Autores: Patrick Thériault; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • A recepção das obras póstumas (1887-1889) (2022)

      Tradução

      Autores: Catherine Delons; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:


    2020


    • Dumas et l?amour fraternel : «L?amitié d?un grand homme est un bienfait des dieux ! » (2020)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Julie Anselmini; Claude Schopp; Maria Lúcia Dias Mendes

      Conteúdo completo

      Fonte: Dumas amoureux. Formes et imaginaires de l?Éros dumasien , p. 65

    • Imprensa ou mídia, literatura ou cultura midiática? Questão de conceitos (Artigo de Pascal Durand) (2020)

      Tradução

      Autores: Pascal Durand; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:


    2019


    • Mes Mémoires dans Le Mousquetaire. La voix du narrateur (2019)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Corinne Saminadayar-Perrin; Sarah Mombert; Maria Lúcia Dias Mendes

      Conteúdo completo

      Fonte: Un mousquetaire du journalisme : Alexandre Dumas , p. 87

    • ?Um livrinho de crítica, ? oh de crítica! preferencialmente de exaltação? ? Ethos crítico e configurações antológicas em Poètes Maudits (1884-1888) (tradução do ensaio de Adrien Cavallaro) (2019)

      Tradução

      Autores: Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • Mallarmé, uma poética do dom (a propósito de Loisirs de la poste e Autres Récréations Postales (2019)

      Tradução

      Autores: Jean-Nicolas Illouz; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • Dar sua língua ao cão (Tradução do ensaio de Anne Emanuelle Berger) (2019)

      Tradução

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Rita de Cassia Bovo de Loiola

      Fonte:

    • O endereçamento lírico (Tradução de ensaio de Joëlle de Sermet) (2019)

      Tradução

      Autores: Joëlle de Sermet; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:


    2018


    • No Limiar da História e da Literatura. As Memórias de Alexandre Dumas (2018)

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • O lirismo impossível: poesia e litanias (2018)

      Tradução

      Autores: Gabrielle Althen (Colette Astier); Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • Aimé Césaire e a ?busca dramática da identidade?: O Caderno de um retorno ao país natal (2018)

      Tradução

      Autores: Dominique Combé; Francine Fernandes Weiss Ricieri; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:


    2016


    • Romances folhetins sem fronteiras: o caso de Alexandre Dumas (2016)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Romances em movimento: a circulação transatlântica de impressos (1789-1914) , p. 233


    2014


    • Memórias no rodapé do jornal? Passado, Presente e Futuro em Mes mémoires (1847-1855) de Alexandre Dumas (2014)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Regina Kohlrausch; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Caderno de Resumos , p. 10

    • Alexandre Dumas relê Fenimore Cooper: Le Capitaine Paul, romance folhetim (2014)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Alvaro Santos Simões Junior; Maira Angélica Pandolfi

      Fonte: Caderno de Resumos , p. 83

    • Alexandre Dumas, publications en France, au Portugal et au Brésil (2014)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: La circulation trasatlantique des imprimés - Connexions , p. 131

    • Alexandre Dumas, publicações na França, em Portugal e no Brasil (2014)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Circulação Transatlântica dos impressos - Conexões , p. 129

    • Em busca... da história da circulação das ficções de grande consumo (2014)

      Tradução

      Autores: Loïc Artiaga; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:

    • Das culturas populares à cultura midiática (2014)

      Tradução

      Autores: Dominique Kalifa; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte:


    2013


    • Je suis fou! E.T.A.Hoffmann personagem de Alexandre Dumas (2013)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Antonio R. Esteves; Cátia Inês Negrão Berlini Andrade; Maria de Fátima Alves de Oliveira Marcari; Norma Domingos; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Caderno de Resumos do III Colóquio "Vertentes do Fantástico na Literatura" , p. 95

    • Trajetórias e tempos das traduções de Alexandre Dumas em Portugal e no Brasil (2013)

      Artigo publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Sandra Guardini Teixeira Vasconcelos; Maria Eulália Ramicelli

      Conteúdo completo

      Fonte: REVISTA LETRAS (UFSM/ON-LINE) , p. 135

    • O folhetim francês em terras brasileiras (2013)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Paulo Fernando da Motta Oliveira

      Fonte: Travessias: D.João VI e o Mundo Lusófono , p. 60


    2011


    • "Mille et un fantômes": quando a causerie encontra o fantástico (2011)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Álvaro Luiz Hattnher; Maria Celeste Tommasello Ramos; Roxana Guadalupe Herrera Alvarez

      Fonte: Caderno de resumos

    • La femme au colier de velours, de Alexandre Dumas. Amor e morte sob o Terror (2011)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Leila de Aguiar Costa

      Fonte: Caderno de Resumos

    • Victor Hugo daprès Alexandre Dumas (2011)

      Artigo publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: LETTRES FRANCAISES (UNESP ARARAQUARA) , v. 11 , p. 125


    2010


    • Retrato de Eugène Delacroix por Alexandre Dumas (2010)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Resumos


    2009


    • Caminhos de Alexandre Dumas no Brasil: notas sobre a recepção de sua obra (2009)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Bragança, Anníbal (org.); Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Livro do II Lihed , p. 159

    • Cadernos de resumos do IV Simpósio de Literatura. Diálogos com a crítica de Antonio Candido & Diálogos com a França (2009)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Caderno de resumos , p. 146

    • Alexandre Dumas jornalista? (2009)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes; Lúcia Granja

      Fonte: Caderno de Resumos

    • La voix du narrateur dans loeuvre Mes mémoires. (2009)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Sarah Mombert; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Annales du Colloque International "Les Journaux d'Alexandre Dumas"


    2008


    • A presença de Walter Scott e Jules MIchelet no romance histórico de Alexandre Dumas (2008)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Nitrini, Sandra Margarida; Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Anais do XI Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada.

    • A voz do escritor romântico. As memórias de Alexandre Dumas (2008)

      Artigo publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: TRAVESSIAS , v. 02 , p. 20

    • Alexandre Dumas: faiseur de lHistoire? (2008)

      Artigo publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: REVISTA BRASILEIRA DE LITERATURA COMPARADA , v. 1 , p. 133


    2007


    • La reine Margot: um romance histórico de Alexandre Dumas (2007)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Caderno de resumos do I Congresso de pesquisa em Literatura do Ibilce - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Unesp

    • A História em Mes mémoires, de Alexandre Dumas (2007)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Cadernos de resumos da XI Mostra de Pós-graduandos em Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie


    2006


    • A construção da História nas memórias de Alexandre Dumas (2006)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Resumos do I Encontro de Pós-graduandos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências


    2005


    • Mes mémoires, de Alexandre Dumas (2005)

      Trabalhos em eventos

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Fonte: Caderno de resumos do Simpósio Internacional Escrever a vida


    2004


    • A História na visão de Alexandre Dumas (2004)

      Artigo publicado

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Conteúdo completo

      Fonte: Alea: Estudos Neolatinos (Impresso) , v. 6 , p. 67

    Atuações

    Universidade de São Paulo

    • bolsista Capes

      Bolsista da Capes

      2004 a 2004

    • Bolsista da Capes

      Bolsista da Capes

      2005 a 2005

    • Bolsista da Capes

      Bolsista da Capes

      2007 a 2007

    Universidade Federal de São Paulo

    • Professor Associado

      Desde 2009

    • Professor Credenciado na Pós-Graduação Letras

      Desde 2015

    Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

    • nenhum

      Perecerista ad-hoc

      Desde 2009

    Revista XIX. Artes e técnicas em transformação

    • Membro de corpo editorial

      2013 a 2019

    Revista de Letra em Letra

    • Membro de corpo editorial

      Desde 2014

    Ensino

    Orientações e supervisões

    Supervisão de pós-doutorado em andamento

    Tese de doutorado em andamento

    • Ronaldo Guimarães Galvão

      O ?COMPANHEIRO PREDILETO?: A IRONIA DE ALPHONSE KARR NA IMPRENSA BRASILEIRA OITOCENTISTA

      Doutorado em Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2024

    Dissertação de mestrado em andamento

    • Maurício de Oliveira Ramos

      Carolina Maria de Jesus: uma questão editorial

      Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2023

    • Iago de Melo Pereira

      Análise comparativa entre Os Trabalhadores do Mar (1866) de Victor Hugo e Mar Morto (1936) de Jorge Amado

      Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2021

    Dissertação de mestrado concluídas

    • Munik Antunes de Campos

      Quem fala, quem cala: voz narrativa e projeto de escrita em Úrsula, de Maria Firmina dos Reis

      Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2023

    • Vinícius Alves de Souza

      Revisitando Rimbaud no Brasil (1993)

      Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2022

    • Guilherme Almeida Pereira Rodrigues

      Um pêndulo: duas representações do medo

      Letras

      Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2022

    • Helen Louise Spethmann Quiroga

      ?Death rides in the wind?: A reconfiguração da morte em duas personagens de Pretty Deadly

      Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2018

    • Vanessa Neri Rodrigues

      O epistológrafo personagem: o olhar dos editores para as cartas de Álvares de Azevedo

      Letras

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2018

    Gestão

    Universidade Federal de São Paulo

    • Coordenadora do Bacharelado Português-Francês

      Departamento de Letras

        Desde 2023

    Pesquisa

    Universidade de São Paulo

    • Literatura e História durante o romantismo

      Este projeto visa compreender as relações entre a escrita da História e a literatura produzida durante o romantismo francês, sobretudo na obra de Jules Michelet (1798-1894).

      2000 a 2010

    • Mes mémoires, de Alexandre Dumas

      A a partir da visão de Georges Gusdorf sobre as escrituras do eu, foi feita uma leitura da obra Mes mémoires de Alexandre Dumas . A pesquisa partiu da hipótese de que mesmo sendo uma obra memorialística mescla interesses e técnicas utilizadas por Dumas em outras obras. No início, as idéias de Philippe Lejeune e de Georges Gusdorf são apresentadas, e o conceito de memória esboçado. Devido à profunda ligação entre memória e História, analisou-se as mudanças ocorridas no início do século XIX na historiografia e literatura francesas, influenciadas por Walter Scott e como Dumas as assimilou em sua obra. Depois, procura discernir quais foram os recursos narrativos empregados para a construção da obra, os temas recorrentes e as técnicas vindas de outros gêneros praticados pelo autor. Discute a imagem que o autor deseja fixar para si e para a sua geração. No final, apresenta-se uma biografia de Victor Hugo que, como outras, foi inserida nessa obra multifacetada de Dumas. Conclui-se que em Mes mémoires Alexandre Dumas narra a sua trajetória harmonizando interesses e características já presentes em outras obras, movido pelo desejo de eternizar em suas memórias a memória da França de seu tempo.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      2003 a 2007

    • O romance histórico de Alexandre Dumas

      Alexandre Dumas elegeu como um de seus temas preferidos a HIstória. A partir do romance folhetim La reine Margot, analisei os ingredientes utilisados pelo autor para a composição de sua narrativa, vindos do melodrama, do drama romantico, do roman d'aventures e do roman noir. Outra influência preponderante na obra é a visão romântica de História, compartilhada tanto por literatos (entre eles, Dumas) quanto por historiadores (tais como Jules MIchelet, Augustin Thierry).

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      Desde 1997

    Universidade Federal de São Paulo

    • Romance oitocentista francês e inglês: questões da modernidade

      Este projeto de extensão visa divulgar e debater, com a comunidade geral e os pesquisadores em formação na Unifesp e em outras universidades, ficção francesa e inglesa produzidas no século XIX, que se mantêm ou se revelam altamente significativas em nosso tempo. Os anos 1800 foram o período de consolidação da sociedade moderna ocidental e, nesse contexto, a ficção (especialmente o gênero romance) emergiu como expressão artística central e problematizadora desse processo liderado por França e Inglaterra. Portanto, conhecer ficção francesa e inglesa oitocentistas significa também ampliar o conhecimento sobre ideias e obras literárias que, em diferentes níveis, integraram o pensamento e a formação cultural no Brasil. Promovendo atividades variadas com a participação de colegas de Letras e de outras áreas (tanto de instituições brasileiras como estrangeiras), pretendemos difundir e expandir as perspectivas do conhecimento crítico tanto sobre a ficção francesa e inglesa quanto sobre o período oitocentista. https://www.youtube.com/channel/UCnRcQu4vwtJVgNf9ohRqs8Q

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Maria Lúcia Dias Mendes, Maria Eulália Ramicelli

      Desde 2021

    • Leitura, tradução, adaptação: novas perspectivas, novos percursos

      Os estudos e as práticas sobre leitura, tradução e adaptação têm ganhado cada vez mais espaço e fôlego entre os mais variados públicos. Nosso objetivo é difundir essa prática à comunidade em geral e também propagá-la entre pesquisadores em formação da UNIFESP (graduandos e pós-graduandos) e pesquisadores de outras instituições de ensino em âmbito nacional e internacional. Assim, a tônica dos trabalhos orbitam em reflexões e práticas sobre essa tríade, leitura, tradução e adaptação, que dialogam e constroem novas perspectivas levando em consideração o público receptor, fundamental nesses processos.O objetivo desse Projeto de Extensão é difundir para um público amplo e plural, de dentro e de fora da Universidade, as pesquisas sobre Leitura, Tradução e Adaptação e, ao mesmo tempo, oferecer um espaço para sua reflexão e práticas. Pretende-se ainda ampliar a perspectiva dessa tríade para os campos de estudos mais recentes da multimodalidade e da intermidialidade. Dessa forma, conceitos sedimentados são revisitados trazendo para a pesquisa novas formas de compreender a leitura, a tradução e a adaptação. Neste processo, uma nova abordagem do texto é introduzida ao investigar diferentes produtos como "mídia" e suas inter-relações, incrementando assim os estudos nessa área. Nesta perspectiva, o receptor e o contexto social em que os produtos circulam são peças fundamentais para a construção da compreensão de sentido. https://www.youtube.com/channel/UCEZ1W_COifB7Ys_VCDBFcEA

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Ana Luiza Ramazzina Ghirardi, Rita Jover-Faleiros

      Desde 2021

    • Literatura e história, historiografia e crítica literárias

      O projeto pressupõe pesquisas que incidam sobre a complexidade das relações entre literatura e história, considerando a reflexão a respeito das (im)possibilidades, pressupostos e aporias da história literária (Hayden White, David Perkins, Koselleck, entre outros). Interessa, também, a problematização das delimitações segundo literaturas nacionais, bem como o estabelecimento e a consolidação de balizas teóricas e críticas que viabilizem estudos interdisciplinares que contemplem modelos e preceptivas retóricos e poéticos.

      Desde 2019

    • Vertentes do fantástico na França do século XIX

      O fantástico e suas variações estão presentes na literatura francesa durante todo o século XIX. Seja flertando com narrativas de autores estrangeiros ligados ao fantástico, incorporando o insólito em suas narrativas de outros gêneros, desenvolvendo temas ligados ao medo, ao terror ou ao estranho, muitos autores franceses se apropriam dessa moda e cada um à sua maneira, desenvolve um modo peculiar de expressá-lo. Esse projeto pretende discutir o fantástico e suas vertentes na obra de Alexandre Dumas, sem deixar de lado outros autores oitocentistas que dialogaram com o gênero.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Francine Fernandes Weiss Ricieri, Marcelo Lachat, Jean-Pierre Chauvin, João Adolfo Hansen, João Roberto Gomes de Faria, Lavínia Silvares Fiorussi, Maria do Socorro Fernandes de Carvalho, Pedro Marques Neto

      Desde 2016

    • A tradução literária: do francês e para o francês

      - Examinar a tradução de obras escritas em língua francesa ou vertidas para a língua francesa; - Desenvolver a prática do cotejo crítico de textos em língua original e sua(s) tradução(ões); - Refletir sobre a ponte entre teoria da tradução e prática da tradução, entre as ferramentas críticas e sua aplicação à análise de traduções; - Aperfeiçoar a prática da leitura literários em francês a partir da reflexão sobre tradução.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Jéssica Kwan Wak Mak, Maria Lúcia Dias Mendes, Ligia Fonseca Ferreira, Ana Luiza Ramazzina Ghirardi, Rita Jover-Faleiros, Denise Radanovic Vieira, Guilherme Ignácio da Silva, Ana Cláudia Romano Ribeiro, José Hamilton Maruxo Junior

      2015 a 2015

    • Monitoria em Literatura Francesa

      O projeto de Monitoria em Literatura Francesa tem como objetivo oferecer aos alunos da EFLCH mais um lugar para as leituras e discussões sobre a Literatura Francesa, em suas diferentes abordagens. Os monitores oferecem um suporte teórico e apoio para a compreensão dos textos trabalhados em sala de aula pelos docentes, além de oferecerem novas leituras aos interessados.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Fabiana Cabral Silva, Rômulo Batista Aenlhe Correa, Caique Franchetto

      2015 a 2017

    • Falando de Literatura Francófona

      Desenvolver a prática oral da Língua Francesa por meio de textos literários.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Ligia Fonseca Ferreira, Ana Luiza Ramazzina Ghirardi, Rita Jover-Faleiros, Denise Radanovic Vieira, Guilherme Ignácio da Silva

      2014 a 2014

    • Adaptações Literárias Francesas

      ?Examinar e discutir adaptações de textos literários de língua francesa para outras mídias cujas condições de construção de sentido se apoiam sobre premissas diferentes das que estruturam o texto literário (como, por exemplo, cinema, teatro, artes visuais, quadrinhos, música, dança, pintura, fotografia etc.); ?Desenvolver a prática da língua oral francesa através de adaptações literárias francesas; ?Refletir sobre a possibilidade de discutir as modalidades de adaptação a partir de um gênero literário; ?Desenvolver a prática do debate em língua estrangeira (francesa) a partir de textos literários adaptados para várias mídias.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Ligia Fonseca Ferreira, Ana Luiza Ramazzina Ghirardi, Rita Jover-Faleiros, Denise Radanovic Vieira, Guilherme Ignácio da Silva, Ana Cláudia Romano Ribeiro, José Hamilton Maruxo Junior

      2014 a 2014

    • Monitoria em Literatura Francesa

      O projeto de monitoria em Literatura Francesa pretende contemplar dois perfis de estudantes: os alunos do Campus Guarulhos matriculados na Habilitação Francês/Português e os alunos matriculados em outras Habilitações (sobretudo as do Departamento de Letras) que, de uma maneira ou de outra, têm a Literatura Francesa como uma referência para suas discussões e abordagens.

      2014 a 2015

    • Imprensa periódica em francês no Rio de Janeiro e em São Paulo (1830-1870)

      Essa pesquisa pretende fazer o levantamento e descrição dos jornais e revistas publicados em Língua Francesa nas duas cidades no período de 1830 a 1870, ligado ao Grupo de Pesquisas cadastrado no CNPq chamado TRANSFOPRESS Brasil, que pesquisa a imprensa periódica publicada em língua estrangeira no Brasil, e tem como sede nacional a Unversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP e congrega pesquisadores de várias instituições brasileiras, oferecendo às pessoas nele envolvidas um quadro no qual a reflexão sobre a importância desta imprensa pode ser conduzida. Vinculado ao projeto internacional TRANSFOPRESS-Transnational network for the study of foreign language press (XVIIIth-XXth century) tem como coordenadores gerais Diana Cooper-Richet e Michel Rapoport, do Centre d'Histoire Culturelle des Sociétés Contemporaines - Université de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines (CHCSC-UVSQ).

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Guilherme Ignácio da Silva, Ana Cláudia Romano Ribeiro, Fabiana Cabral Silva, Danielle Alves da Rocha, Regina Cibelle de Oliveira, Maria Lúcia Dias Mendes, Lúcia Granja, Diana Muriel Cooper-Richet, Isabel Idelzuite Lustosa da Costa, Tania Regina de Luca, Valéria dos Santos Guimarães, Angelo Trento, Bárbara Cortella Pereira, Bras Ciro Gallotta, Edú Trota Levati, Graziella Beting, Haike Roselane Kleber da Silva, José Leonardo do Nascimento, José Ribamar Ferreira Junior, Maria Stephanou, Mariana Teixeira Marques, Marluza Marques Harres, Michel Rapoport, Monica Setuyo Okamoto, Oswaldo Mario Serra Truzzi, Teresa Maria Malatian, Vera Maria Chalmers

      2013 a 2017

    • Vertentes do Romance

      Grupo de estudos que tem como objetivos discutir os seguintes temas: O processo de formação do romance como gênero moderno na Europa no século XVIII A relação entre romance e ?realismo? no contexto europeu setecentista e oitocentista O estabelecimento do romance como gênero hegemônico na Europa durante o século XIX As relações entre o romance e a imprensa As relações entre romance e História As relações entre o romance e a cultura popular As relações entre o romance e as vanguardas

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Mariana Teixeira Marques

      2013 a 2014

    • A Circulação Transatlântica de impressos: O romance folhetim de Alexandre Dumas no Brasil do Século XIX

      O romance folhetim teve no Brasil ? assim como na França ? importância fundamental para a formação do romance como um gênero. Este projeto tem em vista estudar a circulação e recepção do folhetim francês no Brasil oitocentista (1838-1899), sobretudo a obra de Alexandre Dumas, levando em conta a sua publicação (em periódicos e em livros); as traduções; os lugares de sua circulação (Gabinetes de Leitura, bibliotecas, jornais); as abordagens críticas dos contemporâneos; e seus leitores. Este projeto faz parte do Grupo de Pesquisa "A circulação transatlântica dos impressos - a globalização da cultura no século XIX ", coordenado por Márcia Azevedo Abreu (IEL - Unicamp) e Jean-Yves Mollier (UVSQ - Centre d'Histoire Culturelle des Sociétés Contemporaines) e é vinculado a um Projeto Temático da Fapesp (2011-2015).

      2011 a 2015

    • As mil e uma faces de Alexandre Dumas

      Esse projeto visa compreender a obra de Alexandre Dumas (1802-1870) em suas diversas formas e recepções, tanto no Brasil quanto em Portugal e na França, sobretudo durante o século XIX. Neste espectro, estão incluídos os textos literários e jornalísticos produzidos pelo autor, textos críticos sobre sua obra e as adaptações para outros suportes e mídias.Ainda dentro desse projeto enquadram-se também pesquisas sobre autores contemporâneos de Dumas (tais como Victor Hugo, Eugène Sue, Georges Sand, Delphine de Girardin, Jules Michelet) e a formação e orientação de estudantes que se dediquem a literatura francesa do século XIX.

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes, Márcia Azevedo Abreu, Jean-Yves Mollier, Pedro Paulo Garcia Ferreira Catharina, Sandra Guardini Teixeira Vasconcelos, Maria Eulália Ramicelli, Ana Claudia Suriani da Silva, Andrea Borges Leão, Antonio Dimas, Claudia Poncioni, Daniel Melo, Diana Muriel Cooper-Richet, Eliana Regina de Freitas Dutra, Gabriela Pellegrino Soares, Giselle Martins Venancio, Graça dos Santos, Ilana Heineberg, Isabel Idelzuite Lustosa da Costa, Jacqueline Penjon, James Raven, Jean-Claude Yon, João Luís da Costa Campos Vieira Lisboa, José Augusto dos Santos Alves, Katia Aily Franco de Camargo, Leonardo Pinto Mendes, Lucia Granja, Lúcia Maria Bastos Pereira das Neves, Luiz Carlos Villalta, Maria Teresa Payan Martins, Marisa Midori Deaecto, Marisa Philbert Lajolo, Mateus Henrique de Faria Pereira, Nelson Schapochnik, Roger Chartier, Tânia Maria Tavares Bessone da Cruz Ferreira, Tania Regina de Luca, Valéria Augusti, Valéria dos Santos Guimarães, Vanda Maria Anastácio, Wiebke Röben de Alencar Xavier

      Desde 2009

    • Monitoria em Língua Francesa

      O projeto de monitoria em Língua Francesa pretende contemplar os alunos do Campus Guarulhos que estão cursando Unidades Curriculares ligadas a Língua Francesa, tanto aqueles do curso de Letras quanto dos demais cursos. Oferecendo um espaço para o aprendizado do francês, o projeto de monitoria visa contribuir tanto para que os alunos participantes desenvolvam sua competência em língua francesa e possam sanar dificuldades pontuais não contempladas nas aulas; quanto para que os monitores aprofundem seus conhecimentos prévios em língua francesa e desenvolvam as habilidades necessárias para a docência).

      Autores: Maria Lúcia Dias Mendes

      2010 a 2011

    Atualização Lattes em 2024-04

    Processado em 2024-05-20