Jorge Luiz Barcellos da Silva nacionalidade brasileira

Universidade Federal de São Paulo

Escola de Filosofia

Programa de Pós-Graduação: Educação

E-Mail: jorge.barcellos@unifesp.br


74
26
Pular gráfico
De 2020 a 2024
Trabalhos publicados

Resumo

Licenciado em Geografia (UFRGS), Mestre em Geografia Humana (USP) e Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP). Professor Associado no Departamento de Educação ( DE) da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Campus Guarulhos (EFLCH/UNIFESP) ; Professor credenciado no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE UNIFESP), Linha de Pesquisa: Escola Pública, Formação de Professores e Práticas Pedagógicas. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Escola Pública, Infâncias e Formação de Professores (GEPEPINFOR- UNIFESP) , do Grupo de Estudos e Observatório de Desenvolvimento Profissional Docente e Inovação Pedagógica (GEODDIP - UNIFESP).e do Grupo de Estudos e Pesquisas Geografias do Contemporâneo (USP). Os interesses de pesquisa incidem principalmente nos seguintes temas: Ciência geográfica, Geografia, Ensino de Geografia, Formação de Professores de Geografia, Teoria e Método da Ciência Geográfica, Geografia do Brasil , Trajetórias do Ensino de Geografia no Brasil, Geografia da Educação, Professores nas cidades: experiências urbanas, Formação de Professores na/da escola pública,

Fonte: Lattes CNPq

Nomes em citações bibliográficas

SILVA, Jorge Luiz Barcellos da;SILVA,J.L.B.;SILVA,J.L.B. da;SILVA, Jorge Luiz Barcellos da Silva;BARCELLOS DA SILVA, Jorge Luiz;SILVA,JLB;SILVA, JORGE LUIZ BARCELLOS


Exportar dados

Exportar produção no formato BIBTEX


Perfis na web


Tags mais usadas

Pular nuvens de palavras

Idiomas

Inglês

Compreende bem, Fala razoavelmente, Lê bem, Escreve pouco

Francês

Compreende razoavelmente, Fala pouco, Lê razoavelmente, Escreve pouco

Espanhol

Compreende bem, Fala pouco, Lê bem, Escreve pouco


Formação

  • Doutorado em Ciências Sociais

    Atlas Geográfico do Brasil - Leituras da territorialidade e a construção da brasilidade

    Epistemologia da Ciência Geográfica

    História da Ciência Geográfica

    Orientação: Josildeth Gomes Consorte

    Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

      Desde 2006

  • Mestrado em Geografia (Geografia Humana)

    Notas introdutórias de um itinerário interpretativo sobre a formação do pensamento geográfico brasileiro

    Ensino de Geografia

    Fundamentos Teóricos Metodológicos

    Orientação: Francisco Capuano Scarlato

    Universidade de São Paulo

    1991 a 1996

  • Graduação em Geografia

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    1983 a 1988

  • Produção


    2023


    • A categoria da práxis na formação continuada de professores da educação básica: o estado da questão de teses e dissertações de 2009 a 2022.

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Elizabeth da Conceição Bortoti

      2023

      Fonte: Anais IX CONEDU

    • O Estado Imperial brasileiro se vê no espelho: aproximações sobre o tema Brasil no Ensino de Geografia nos primórdios do Colégio de Pedro II

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2023

      Fonte: Revista Terra Livre , v. 1 , p. 658

    • Da General Vitorino à Tijuca e São Paulo: A Geografia e o compromisso político com o tipo de sociedade que queremos construir

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2023

      Fonte: O QUE É GEOGRAFIA, de RUY MOREIRA Diálogos com a obra e seu autor , p. 141


    2022


    • O efeito dominó da nova proposta para formação de professores

      Trabalhos em eventos

      Autores: Wildiane Souza Braga; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2022

      Fonte: Anais XXI Endipe - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino , p. 754

    • O pensamento geográfico na formação de professores: uma experiência no contexto de Residência Pedagógica do curso de Pedagogia da UNIFESP

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2022

      Fonte: Anais 15º ENPEG Percursos de formação escolar : espaços, tempos e narrativas em contextos de crise , p. 434

    • Enfrentamentos da Educação e da Cultura: territórios de resistência e utopia

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Graciana Souza Brune; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Maria Rita de Castro Lopes; Silvia Lopes Raimundo; Vitoria Martins Fontes

      2022

      Fonte:

    • Relações entre família e escola a partir de uma perspectiva territorial nos municípios de Guarulhos e São Paulo

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Adalberto Diré Adão; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2022

      Fonte: Emergências para democracia e diversidade na formação de professores na América Latina , p. 191

    • A capilarização do campo científico como condição fundante para uma nova cultura de ser e de formar professoras de anos iniciais

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Felipe Jose do Nascimento Henrique; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2022

      Fonte: Formação de professores GT 01 , p. 1021


    2021


    • INSERÇÃO PROFISSIONAL DE PROFESSORES INICIANTES DO ALTO TIETÊ CABECEIRAS/SP

      Trabalhos em eventos

      Autores: SILVESTRE, MAGALI APARECIDA; Jorge Luiz Barcellos da Silva; AMARO, AMANDA MARTINS; FERNANDES, ANA ALICE IZIDORIO; PIRES, ANA PAULA REIS FELIX; RIBEIRO, MARA LUCIA DA SILVA; SANTOS, PRISCILA BASTOS BRAGA DOS; BEZERRA, VANESSA LIDIANE DOMICIANO; SILVA, ZILDA BORGES DA

      Conteúdo completo

      2021

      Fonte: Anais do(a) Anais do Simpósio de Grupos de Pesquisa sobre Formação de Professores do Brasil

    • A Conquista do Humano na Geografia e o Papel da Criação1

      Trabalhos em eventos

      Autores: Cecília Cardoso Teixeira de Almeida; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Elvio Rodrigues Martins

      2021

      Fonte: VII Encontro Humanístico Multidisciplinar - EHM e VI Congresso LatinoAmericano de Estudos Humanísticos Multidisciplinares - CLAEHM , p. 1

    • RELAÇÕES ENTRE FAMÍLIA E ESCOLA A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA TERRITORIAL NOS MUNICÍPIOS DE GUARULHOS E SÃO PAULO. ESTUDO DE CASO COMPARATIVO

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Adalberto Diré Adão

      2021

      Fonte: XXIX Seminário Internacional de Formação de Professores para América Latina: democracia e diversidade: resumos expandidos , p. 1455


    2020


    • Educação e formação em tempos e cenários de pandemia: entrevista com Magali Aparecida Silvestre

      Artigo publicado

      Autores: Itale Luciane Cericato; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: OLH@RES - REVISTA ELETRÔNICA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DA UNIFESP , v. 8 , p. 3

    • LEITURAS DA APROPRIAÇÃO TERRITORIAL EUROPEIA NA SEDIMENTAÇÃO DE IDENTIDADES NO BRASIL

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: PROJETO HISTÓRIA. REVISTA DO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS DE HISTÓRIA , v. 69 , p. 11

    • A Geografia na escola básica: proposições sobre seus fundamentos e objetivos

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Douglas Santos

      Conteúdo completo

      2020

      Fonte: Narrativas, Geografias e Cartografias: para viver, é preciso espaço e tempo , p. 887

    • Inserção Profissional Docente em Territórios de Alta Vulnerabilidade: aproximações analíticas de artigos publicados na última década.

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Magali Aparecida Silvestre; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2020

      Fonte: DIDÁTICA(S) ENTRE DIÁLOGOS, INSURGÊNCIAS E POLÍTICAS: tensões e perspectivas na relação com a formação docente , p. 976


    2019


    • A necessidade de saber o que é geografia para ensinar geografia

      Trabalhos em eventos

      Autores: Cecília Cardoso Teixeira de Almeida; Elvio Rodrigues Martins; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2019

      Fonte: Anais eletrônico XIII ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM GEOGRAFIA

    • A CIÊNCIA GEOGRÁFICA E O ENSINO DE GEOGRAFIA DOS ANOS 1980 AOS DIAS DE HOJE: uma avaliação

      Artigo publicado

      Autores: Cecília Cardoso Teixeira de Almeida; Elvio Rodrigues Martins; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2019

      Fonte: REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA , v. 9 , p. 05

    • CONSTRUINDO, APRENDENDO E CONSOLIDANDO UM GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS:

      Artigo publicado

      Autores: SILVESTRE, MAGALI APARECIDA; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2019

      Fonte: FORMAÇÃO DOCENTE , v. 10 , p. 89


    2018


    • Inovação Pedagógica e processos formativos no PIBID

      Trabalhos em eventos

      Autores: Magali Aparecida Silvestre; Ana Alice Fernandes Nagahama; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2018

      Fonte: Anais do evento IV Congresso Nacional de Formação de Professores (IV CNFP) e XIV Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores (XIV CEPFE) , p. 1

    • DE SÃO PAULO À PORTO ALEGRE: REFLEXIVIVENCIANDO A TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE PIBID E ESTÁGIOS DE LICENCIATURA NA BUSCA DA FORMAÇÃO DE BONS PROFESSORES

      Artigo publicado

      Autores: Nestor Andre Kaercher; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2018

      Fonte: PARA ONDE!? (UFRGS) , v. 10 , p. 140

    • Pibid Unifesp em diálogo: trajetórias e indagações sobre práticas de formação inicial de professores

      Livro publicado ou organizado

      Autores: João do Prado Ferraz de Carvalho; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Magali Aparecida Silvestre

      2018

      Fonte:

    • Práticas pibidianas nos subprojetos de matemática e pedagogia do Pibid Unifesp: reflexões sobre ser e fazer-se professor

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Emerson Izidoro dos Santos; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Verilda Speridião Kluth; João do Prado Ferraz de Carvalho

      2018

      Fonte:

    • Experiências com a formação inicial de professores: em busca do protagonismo no trabalho docente

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Nestor André Kaecher

      2018

      Fonte: PIBID Unifesp em diálogo: trajetórias e indagações sobre práticas de formação inicial de professores , p. 1


    2017


    • De São Paulo à Porto Alegre: reflexivivenciando a troca de experiências entre PIBID e estágios de licenciatura na busca da formação de bons professores

      Trabalhos em eventos

      Autores: Nestor André Kaecher; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2017

      Fonte: Anais do XII ENANPEGE , p. 4042

    • A formação inicial de professores: o PIBID e os estágios na busca da autoria e da manutenção do desejo no trabalho docente

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Nestor André Kaecher

      2017

      Fonte: Anais do XIII Encontro Nacional de Prática de Ensino em Geografia. Belo Horizonte , p. 644

    • O Atlas Imperio do Brazil: uma ação pedagógica na construção de um Estado Nacional e de uma Nação

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2017

      Fonte: Ateliê geográfico (UFG) , v. 10 , p. 47

    • A NECESSIDADE DOS ESTUDOS GEOGRÁFICOS DA ESCOLA PÚBLICA E DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM: UM EXEMPLO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      Conteúdo completo

      2017

      Fonte: BOLETIM DE GEOGRAFIA (ONLINE) , v. 35 , p. 135

    • As Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC) e a formação de professores que ensinam geografia nos anos iniciais do ensino fundamental

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Jerusa Vilhena de Moraes

      2017

      Fonte: EDUCAÇÃO, TECNOLOGIAS E EMPODERAMENTO FREIREANO: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DOS GRUPOS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS , p. 1

    • Livro Didático: suas funções e o ensino de Geografia

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Anderson Gabrelon; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2017

      Fonte: O Livro Didático de Geografia e os desafios da docência para aprendizagem , p. 9

    • Uma experiência pibidiana entre as rodovias Presidente Dutra e Ayrton Senna: o ensino de Geografia e História nos anos iniciais do ensino fundamental e a formação docente

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; João do Prado Ferraz de Carvalho

      2017

      Fonte: Experiências de formação de professores nos arrabaldes das cidades de Diadema e Guarulhos, estado de São Paulo.Desafios da formação inicial docente no contexto do Pibid , p. 5


    2015


    • Desafios e perspectivas do ensino e aprendizagens de Geografia na formação de professores dos anos iniciais da escola básica no Brasil

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2015

      Fonte: Ensinar Geografia realidades e propostas no Brasil e Galiza , p. 127

    • Programa de Residência Pedagógica da UNIFESP e o ensino de Geografia na formação inicial de professores para a Educação Infantil

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2015

      Fonte: Ensino de Geografia - produção do espaço e processos formativos , p. 83

    • Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência: apontamentos sobre editais e formação de professores da Educação Básica

      Capítulo de livro publicado

      Autores: João do Prado Ferraz de Carvalho; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Magali Aparecida Silvestre; Umberto de Andrade Pinto

      2015

      Fonte: Aprender a Ser Professor: aportes de pesquisa sobre o PIBID , p. 1


    2014


    • Estudos geográficos da escola publica e dos processos de ensino aprendizagem: o exemplo do bairro dos Pimentas, cidade de Guarulhos na região metropolitana de São Paulo

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2014

      Fonte: Actas del XIII Coloquio Internacional de Geocrítica: El control del espacio y los espacios de control.

    • Entrevista com JADER JANER MOREIRA LOPES

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; João do Prado Ferraz de Carvalho; Jader Janer Moreira Lopes

      Conteúdo completo

      2014

      Fonte: OLH@RES - REVISTA ELETRÔNICA DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DA UNIFESP , v. 2 , p. 301

    • Quais saberes constituem um bom professor de Geografia?

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2014

      Fonte: O Ensino de Geografia e suas composições curriculares , p. 215

    • Lugares escondidos, identidades silenciadas: territórios em rede?

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Jerusa Vilhena de Moraes

      2014

      Fonte: Didáctica de La Geografía - prácticas escolares y formación de profesores , p. 295


    2013


    • Uma experiência pibidiana na escola municipal Elis Regina, Guarulhos, SP: o ensino de Geografia e História nos anos iniciais do ensino fundamental como metodologia na formação docente

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; João do Prado Ferraz de Carvalho

      2013

      Fonte: IIV Encontro Nacional das licenciaturas -ENALIC/ III Seminário Nacional do PIBID

    • O mapa do Brasil não é o Brasil

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Nestor André Kaecher

      2013

      Fonte: Geograficidade , v. 3 , p. 71

    • História e Geografia nos anos iniciais do ensino fundamental

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Cleber Santos Vieira; João do Prado Ferraz de Carvalho; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2013

      Fonte:

    • Geografia - Apontamentos sobre conhecimento geográfico, Geografia e Geografia escolar para a formação do professor dos anos iniciais do ensino fundamental

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2013

      Fonte: História e Geografia nos anos iniciais do Ensino Fundamental , p. 59

    • Direito a à identidade e a territorialidade

      Capítulo de livro publicado

      Autores: João do Prado Ferraz de Carvalho; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2013

      Fonte: Direito à identidade e a territorialidade , p. 31

    • O ensino de Geografia na formação de professores dos anos iniciais do ensino fundamental: que elementos se colocam para essa tarefa?

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2013

      Fonte: Formação, Pesquisas e Práticas docentes: reformas curriculares em questão , p. 299


    2012


    • Abordagem geográfica na formação de professores polivalentes: o componente curricular Geografia na licenciatura em Pedagogia

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2012

      Fonte: XVII Encontro Nacional de Geógrafos - EDP trabalhos completos

    • Programa de Residência Pedagógica da UNIFESP e o ensino de Geografia na formação inicial de professores para a educação infantil

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2012

      Fonte: Práctica y Residencia Docente Formación inicial y comienzos en la docenciia en diversos contextos educativos , p. 1

    • Formação de professores dos anos iniciais do ensino fundamental: sentidos da escola, do conhecimento e do componete curricular Geografia

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2012

      Fonte: X Colóquio sobre questões curriculares & VI Colóquio luso-brasileiro de currículo desafios contemporâneos no campo do currículo , p. 209

    • Programa de Residência Pedagógica da Unifesp: avanços e desafios para a implantação de propostas inovadoras de estágio

      Trabalhos em eventos

      Autores: Claudia Panizzolo; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Magali Aparecida Silvestre; Marineide Oliveira Gomes; Vera Lucia Gomes Jardim

      2012

      Fonte: Políticas de formação inicial e continuada de professores , p. 218

    • Formação de professores dos anos iniciais do ensino fundamental: considerações sobre escola, conhecimento, linguagem e ensino de Geografia

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2012

      Fonte: Revista Terra Livre , v. 1 , p. 99

    • O que está acontecendo com o ensino de Geografia? Primeiras impressões

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2012

      Fonte: Geografia em Perspectiva , p. 11

    • Programa de Residência Pedagógica da UNIFESP: entre qualidade e possibilidade, os desafios para a implantação de propostas inovadoras de estágio TÁGIO.

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Claudia Panizzolo; Jorge Luiz Barcellos da Silva; Magali Aparecida Silvestre; GOMES, M. O; Vera Lucia Gomes Jardim

      2012

      Fonte: Políticas de formação inicial e continuada de professores , p. 221


    2011


    • Anotações de uma prática docente: a dimensão espacial na formação de professores para a educação infantil

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2011

      Fonte: A produção do conhecimento e a pesquisa sobre o ensino de Geografia

    • Construindo um grupo de estudos e pesquisas: trajetória e desdobramentos.

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Magali Aparecida Silvestre; João do Prado Ferraz de Carvalho; GOMES, M. O; PINTO, Umberto. A

      2011

      Fonte: Simpósio de Grupos de Pesquisa sobre Formação de Professores - GT8 - ANPED

    • Quais saberes contituem um bom professor de Geografia?

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2011

      Fonte: O Ensino da Geografia e suas Composições Curriculares , p. 221


    2010


    • Experiências curriculares na formação docente em geografia - uma análise sobre projetos de pesquisa de estágio.

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Regina Rizzo Ramires

      2010

      Fonte: XVI Encontro Nacional de Geógrafos - Crise, Praxis e Autonomia: espaços de resistência e esperanças

    • A Geografia na formação de professores no departamento de educação da UNIFESP

      Artigo publicado

      Autores: Antonio Carlos Pinheiro; Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2010

      Fonte: Boletim Paulista de Geografia , v. 89 , p. 61

    • Formação de professores de Geografia da PUCSP na formação pré-universitária: a experiência do Foco Vestibular

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2010

      Fonte: Educação e extensão universitária Foco Vestibular: um experimento da diferença , p. 07


    2008


    • Onde se constrói a identidade formativa do geógrafo e do professor de Geografia? Ou ainda, é possível fazer geografia nos cursos de Geografia?

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Regina Rizzo Ramires

      2008

      Fonte: XV Encontro Nacional de Geógrafos, 2008

    • Onde se constrói a identidade formativa do geógrafo e do professor de Geografia? Ou ainda, é possível fazer Geografia nos cursos de Geografia?

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Regina Rizzo Ramires

      2008

      Fonte: Terra Livre , v. 2 , p. 173

    • História e Geografia (Ensino Fundamental) - 5º ano

      Livro publicado ou organizado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Terra, A.

      2008

      Fonte:


    2007


    • Formações em Geografia - Identidades e articulações

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Regina Rizzo Ramires

      2007

      Fonte: Boletim Paulista de Geografia , v. 86 , p. 123


    2006


    • O mapa do Brasil não é o Brasil

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Nestor André Kaecher

      2006

      Fonte: A aventura cartográfica - perspectivas, pesquisas e reflexões sobre a cartografia humana. , p. 173


    2005


    • Formação de professores de Geografia e a fundamentação de suas abordagens didáticas

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2005

      Fonte: 8o Encontro Nacional de prática de Ensino de Geografia - Formação do professor e prática de Ensino de Geografia


    2004


    • O espaço da análise geográfica

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Diamantino A C Pereira; Regina Rizzo Ramires

      2004

      Fonte: Ensino de Geografia nas Séries iniciais do ensino Fundamental , p. 1575


    2003


    • Formação de Professores de Geografia e a fundamentação de suas aulas

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2003

      Fonte: Novos Desafios na Formação do Professor de Geografia


    2002


    • Subsídios para se pensar alguns dos fundamentos teórico-metodológicos do movimento de renovação da Geografia no Brasil: a Geografia Ativa no Brasil

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2002

      Fonte: Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros

    • Subsídios para se pensar alguns dos fundamentos teórico-metodológicos do movimento de renovação da Geografia no Brasil: a Geografia Ativa

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2002

      Fonte: Caderno de Resumos - Espaço de Diálogo, Grupo de Trabalho, Comunicação Coordenada , p. 296

    • Reflexões sobre o pensamento geográfico de Delgado de Carvalho e o ensino de Geografia

      Artigo publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2002

      Fonte: Boletim Gaúcho de Geografia , v. 27 , p. 40

    • O que está acontecendo com o ensino de Geografia? Primeiras impressões

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2002

      Fonte: Geografia em Perpectiva , p. 313

    • O espaço da análise geográfica

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Diamantino A C Pereira; Regina Rizzo Ramires

      2002

      Fonte: O ensino de Geografia nas séries iniciais do ensino fundamental , p. 1641


    2000


    • Geografia identidade da disciplina - conteúdos e atividades de referência (o ensino de 1ª a 4ª série)

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Nelson Moreira Leite

      2000

      Fonte: O ensino de primeira a quarta série. As disciplinas, as habilidades , p. 107

    • Geografia identidade da disciplina conteúdos e atividades de referência

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Nelson Moreira Leite

      2000

      Fonte: O ensino de quinta a oitava série e o ensino médio: as disciplinas e as habilidades. , p. 13

    • Quinhentos anos de Historia e Geografia: A Alteridade Como Negação da Identidade na Colonização Brasileira

      Capítulo de livro publicado

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva; Douglas Santos; Vera Lúcia Vieira

      2000

      Fonte: Imagens do Brasil: 500 anos , p. 115


    1998


    • Reflexões sobre as bases teórico-metodológicas do incipiente pensamento científico no Brasil e os discursos geográficos

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      1998

      Fonte: A Geografia brasileira e as transformações no trabalho e no espaço , p. 140

    • Notas sobre a Geografia Ativa, Pierre George, Yves Lacoste e os Geógrafos Brasileiros

      Trabalhos em eventos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      1998

      Fonte: A Geografia Brasileira e as Transformações no Trabalho e no Espaço , p. 140

    Atuações

    Companhia de Escolas da Comunidade

    • professor auxiliar de ensino

      1989 a 1989

    Centro Hispanpo Brasileiro de Cultura

    • professor responsável

      1991 a 1991

    Colégio Santa Cruz

    • 1992 a 2001

    • 2007 a 2009

    Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

    • professor assistente-mestre

      1991 a 2009

    Universidade Federal de São Paulo

    • Professor adjunto

      Desde 2009

    Revista Brasileira de Educação em Geografia

    • Revisor de periódico

      Desde 2011

    Terra Livre

    • Revisor de periódico

      Desde 2008

    Boletim de Geografia (Online)

    • Revisor de periódico

      Desde 2012

    Sociedade Educacional Leonardo da Vinci

    • Professor

      1988 a 1989

    Educação e Pesquisa

    • Revisor de periódico

      2011 a 2021

    Ensino

    Orientações e supervisões

    Supervisão de pós-doutorado em andamento

    Tese de doutorado em andamento

    • Ana Paula Santos Reis Dias

      Da bncc à bnc-formação: dualidades e implicações para a formação de professores de geografia no extremo norte do Brasil

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2023

    • Michele Rodrigues

      Escola Pública e Democracia no Brasil: um estudo de interpretação sobre a formação de professores(as) do ensino médio

      Educação

      UNIFESP

      Desde 2021

    • Vanessa Lidiane Domiciano Bezerra

      O desafio de ser docente: a inserção profissional de professores de educação básica na Rede Municipal de Guarulhos

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2021

    • Adalberto Dire Adão

      Os saberes dos profissionais docentes frente aos processos de ensino desenvolvidos no ensino fundamental no município de Guarulhos.

      Educação

      UNIFESP

      Desde 2020

    • Anderson Gabrelon

      Os professores iniciantes de Geografia e a base nacional comum curricular: formação, saber docente e a política do conhecimento oficial

      Doutorado em Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2019

    Dissertação de mestrado em andamento

    • Fanny Sanciarai Belarmino do Nascimento

      A ludicidade na formação do professor e a sua contribuição para a prática docente

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2023

    • Sinhá Carvalho de Oliveira Silva

      Ensino de jovens e adultos (EJA): Escola e formação continuada de professores

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2023

    • Elisabeth Conceição Bortoti

      A categoria da práxis na formação de professores centrada na escola para uma educação crítica emancipadora

      Educação

      UNIFESP

      Desde 2022

    • Marcelo Aparecido da Silva

      Perspectivas dos professores do Ensino Fundamental I da Rede Municipal de Cajamar sobre o Projeto Comunidade de Aprendizagem

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Desde 2022

    • Wildiane Sousa Braga

      Programa São Paulo Integral: Desafios docentes na ampliação e articulação dos territórios educativos para além dos muros da escola

      Educação

      UNIFESP

      Desde 2021

    • Leandro Duarte Monteiro Bagues

      os impactos da bncc em diferentes pedagogias: um estudo de caso na pedagogia waldorf e no construtivismo.

      Educação

      UNIFESP

      Desde 2021

    • Shirley Roberta Antonio Fialho

      Práticas de Ensino de Geografia e as relações étnico-raciais

      Educação

      UNIFESP

      Desde 2020

    Tese de doutorado concluídas

    • Anderson Gabrelon

      Professores iniciantes de Geografia: a percepção docente acerca da escola pública e das práticas pedagógicas na região metropolitana de São Paulo

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2023

    Dissertação de mestrado concluídas

    • Wildiane Souza Braga

      PROGRAMA SÃO PAULO INTEGRAL: perspectivas de docentes sobre a implementação do programa

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2023

    • Sonia Maria Pereira de Oliveira

      Percepções acerca do desenvolvimento profissional do professor dos anos iniciais do ensino fundamental na escola pública municipal da cidade de Santo André - SP

      Educação

      UNIFESP

      Concluído em 2021

    • Alessandro França Soares

      O uso das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação nas aulas de Geografia

      Educação

      UNIFESP

      Concluído em 2020

    • Tayná Mota Santos

      Formação de Professores: a construção das territorialidades docentes na escola pública do município de São Paulo

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    • Tatiana do Nascimento Fonseca

      Percepções de Professores de Educação Física de Escolas Públicas do município de São Paulo ao participarem da Jornada Especial Integral de Formação ( JEIF)

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    • Fernando Bianco Solano

      Professoras dos anos iniciais do ensino fundamental da rede municipal de São Paulo: o que dizem a respeito do ensino de Geografia e do Ciclo de Alfabetização

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2019

    • Marcos Pedro Rezende

      A Geografia do espaço escolar: disponibilidade, organização dos espaços e a formação docente em serviço para a atuação: Estudo de caso nas escolas estaduais do município de Itaquaquecetuba

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2017

    • Anderson Gabrelon

      O território do Brasil e os brasileiros dos livros didáticos de Geografia

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2017

    • Adalberto Diré Adão

      Relações entre família e escola a partir de uma perspectiva territorial nos municípios de Guarulhos e São Paulo. Estudo de caso comparativo

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2017

    • Guilherme Macedo Pascal

      O ensino de Geografia nos anos iniciais do ensino fundamental : uma perspectiva a partir da análise dos livros didáticos aprovados pelo PNLD 2013

      Educação

      Universidade Federal de São Paulo

      Concluído em 2016

    • Luciane Crepaldi

      A Geografia na educação básica: investigando a proposta curricular (2007) do Estado de São Paulo.

      Programa de estudos pós graduados de Geografia

      Pontifícias Universidade Católica de São Paulo

      Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

      Concluído em 2009

    • Valeria Maria Marques

      Alfabetização geográfica : o ensino de Geografia nas séires iniciais do ensino fundamental

      Geografia

      Pontifícias Universidade Católica de São Paulo

      Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

      Concluído em 2009

    Gestão

    Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

    • vice-coordenação pedagógica do departamento

      Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP

      Departamento de Geografia

        Desde 2001

    • Supervisão de Estágio Licenciatura Geografia

      Faculdade de Educação

      Departamento de Tecnologia da Educação

        Desde 2009

    • Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP

        Desde 2009

    • Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP

        Desde 2007

    • coordenação pedagógica do departamento

      Faculdade de Ciências Sociais da PUC/SP

      Departamento de Geografia

        Desde 1997

    Universidade Federal de São Paulo

    • Residencia Pedagogica na Escola da Prefeitura de Guarulhos Elis Regina: avaliacao de uma experiência formativa.

      Campus Guarulhos

      Departamento de Educação

        Desde 2011

    • Coordenador de Área de Gestão de Processos Educacionais do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID/UNIFESP 2012 - Projeto Capes nº 66002.

      Pró-Reitoria de Graduação

        Desde 2014

    • Coordenação do Programa de Residência Pedagógica Ensino Fundamental

      Campus Guarulhos

        Desde 2017

    • Vice Chefe do Departamento de Educação

      Departamento de Educação

        Desde 2021

    Pesquisa

    Colégio Santa Cruz

    • Projeto Amazônia

      O projeto Amazônia desenvolve com estudantes do 1º ano do Ensino Médio, um amplo programa que integra objetivos de duas disciplinas curriculares Meio Ambiente e Ética e Cidadania. Além de uma viagem de uma semana, realizada no mês de julho, o projeto prevê encontros semanais durante todo o primeiro semestre sistematizadores das discussões relacionadas a Amazônia.

      2001 a 2001

    Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

    • Reordenamento Curricular da rede pública do Estado do Amapá

      Convênio firmado entre Secretaria de Educação do Estado do Amapá e PUCSP com o objetivo de reordenação curricular - Atuação como professor especialista de Geografia escola básica - capacitação de professores

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Gilda Soares, Suzana Granato, Katia Griecco

      2000 a 2000

    • Leituras geográficas do Brasil - os discursos geográficos e a construção da brasilidade

      Quando se fala em Geografia do Brasil o ponto de partida é a forma, o tamanho e a localização. A forma antecede e constitui-se no ato de se reconhecer o país. Por uma questão teórico-metodológica (portanto uma construção social) concebe-se o país a partir de linhas de fronteiras formalmente estabelecidas, além de sua extensão e localização no globo. Assim, me pergunto: que significado isso adquire na construção de nossa brasilidade? Somos resultado do quê? Como ficam as relações sociais cotidianas que, ao mesmo tempo que definem (construção da identidade) o significado de brasilidade não se expressam nessas representações da territorialidade? Será que esse procedimento analítico ? a perspectiva da forma, da matematização dos processos e, principalmente, o ocultamento do significado das relações sociais, não têm raízes no identificado olhar europeu que parametrizou nossas construções teórico-metodológicas? E se têm raízes nesse processo, que conseqüências trazem para as atuais compreensões da Geografia do Brasil? Nesses vários séculos que se passaram construíu-se a identidade de um povo, nós mesmos. No processo de construção identitária, a vinculação entre indivíduos e lugares assume um papel vital, o que possibilita apontar para o fato de que as leituras da territorialidade implicam em desvendar a construção da identidade. Essas representações da territorialidade geralmente são expressa em manifestações (literárias, poesias, artes plástica, música, relatos com fins determinados e mapas) tão neutras como pode ser uma mensagem que se quer incontestável, que procura esconder a processualidade que dá sentido e significado aos fenômenos. Seja em nome da Metrópole, seja em nome do Estado brasileiro já constituído, ou ainda, seja em nome de outras determinações, um amplo conjunto de registros foram sendo construídos. Para dar cabo dessa investigação escolhi aqueles que mais expressam (justamente porque mais intencionam esconder), a relação entre fenômeno e processo: a cartografia e textos de época ? sem esquecermos que o presente é também uma época ? e, com eles, procurarei desvendar o que cada leitura da territorialidade revela no movimento que a construção da brasilidade pensou, ou pensa, de si mesmo. Um Brasil de 500 e poucos anos vividos numa constante, necessária, tensão de ter de se transformar radicalmente a cada dia revela um país de muitas Geografias. Entendê-las pode ser um ferramental de análise e compreensão de nossas próprias identidades.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Douglas Santos

      1999 a 2007

    • Formação do pensamento geográfico brasileiro e o ensino de Geografia

      Identificação das trajetórias da Geografia escolar, destaque para o período 1930 até o movimento de Renovação da Geografia no Brasil

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      1997 a 2000

    • Formação do Pensamento Geográfico Brasileiro

      Identificação das bases teórico - metodológicas do pensamento geográfico brasileiro no século XIX e problematização sobre a institucionalização da ciência geográfica no Brasil, abordando a consolidação da Geografia escolar após 1930 referenciada em manuais didáticos; discursos acadêmicos e aqueles difundidos, nos primeiros anos, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE)

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      1992 a 1996

    • Projeto Institucional para Formação de Professores da Educação Básica (PIFPEB)

      O Projeto Institucional para Formação de Professores da PUC/SP apresenta os fundamentos para elaboração dos projetos pedagógicos específicos dos Cursos de Licenciatura existentes na Universidade, bem como de novos cursos que venha a ser propostos. Apresenta, também as bases para vinculação dos cursos de bacharelado e licenciatura, nos casos pertinentes. A coordenação geral é constituida por um período experimental de dois anos, durante o qual terá acompanhamento do CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA e do CONSELHO UNIVERSITÁRIO e após o qual será por ambos avaliado. Projeto Aprovado pelo CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA DA PUC/SP na sessão de 03/11/2004 pelo CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS em 16/11/2004 e pelo CONSUN nas sessões de 24/11/2004 e 16/02/2005. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2006 a 2009

    • FOCO - Projeto patrocinado pela Vice-reitorias Acadêmica e Comunitária e pelo MEC-SECAD PROJETOS INOVADORES DE CURSOS NO PROGRAMA DIVERSIDADE NA UNIVERSIDADE

      Formação complementar para vestibulandos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Neide Noffs

      2007 a 2009

    • FOCO -Projeto patrocinado pelas Vice-Reitorias Academica e Comunitária e UNESCO-MEC

      Destinado a formação complementar para vestibulandos

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2006 a 2006

    • FOCO - consórcio da PUCSP (Vice-Reitoria Acadêmica e Comunitária) e Mitra Arquidiocesana de São Paulo-Pastoral Universitária PUCSP

      Curso vestibular formação complementar para o vestibulando

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Silvana Totora, Edelcio Ottaviani

      2005 a 2005

    • Metodologias de ensino de disciplinas da área de ciências humanas e suas tecnologias no ensino médio de Geografia e História

      Metodologias de ensino de disciplina da área de ciências humanas e suas tecnologias no ensino médio. O ensino de Geografia.

      2005 a 2005

    • Programa de Educação Continuada professores de 1ª a 4ª série - rede pública. Professor orientador e professor Especialista do PEC -Programa de Educação Continuada - Município. Convênio entre a Prefeitura municipal de São Paulo e PUCSP. Elaboração de mater

      Formação para docência escolar. Pré escola, 1ª a 4ª série.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2003 a 2004

    • Programa PEC - Formação Universitária 1ª a 4ª série rede pública. Convênio entre Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e PUCSP. Professor Especialista na área de Geografia e Membro do Grupo de Trabalho do Tema 7: Espaço, Tempo e Cultura

      Formação para docência escolar: cenário político-educacional atual, conteúdos e didáticas das áreas curriculares. Período março a novembro de 2002.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Helenice C R Fester

      2002 a 2002

    Universidade Federal de São Paulo

    • Os professores iniciantes nas escolas de educação básica: os desafios da profissão docente na interface com a formação inicial

      Este projeto tem como objetivo principal analisar as percepções de professores iniciantes oriundos das licenciaturas sobre a sua formação acadêmica inicial na interface com suas práticas pedagógicas. Para tanto, serão contatados por e-mail egressos dos diversos cursos de licenciatura oferecidos pela Unifesp a fim de formar um banco de dados com informações sobre os professores iniciantes e suas impressões sobre sua formação. Os instrumentos de pesquisa a serem empregados são: questionários e entrevistas. Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo. A participação dos indivíduos na pesquisa seguirá todos os protocolos estabelecidos pelo Comitê de Ética da Unifesp e demais instâncias responsáveis. Os principais aportes teóricos têm como base os trabalhos de Apple (1991), Contreras (2012), Nóvoa (2013), Oliveira (2004) e silva Jr. (2015). espera-se, com esta pesquisa, obter subsídios que auxiliem a compreender e a pensar no papel da universidade na formação de professores da educação básica..

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Diamantino Alves Pereira, Regina Rizzo Ramires, Beatriz Leonel Scavazza

      Desde 2022

    • Ensino de Geografia, formação de professores e experiência urbana: da compreensão de territorialidades da vida cotidianas na/da escola pública à consciência geográfica

      Esse projeto tem como objetivo distinguir as diferentes formas de relações sociais presentes na cidade (classe, raça gênero) e reconhecer o processo de identidade/ estranhamento dos indivíduos com a cidade em suas coexistências. A partir de pesquisa bibliográfica e documental problematiza o ensino de Geografia e a formação de professores, considerando suas inserções na cidade e na escola no tocante à necessidade de consciência da dimensão geográfica nessa realidade. A presente pesquisa também mapeia as proposições de práticas cotidianas relacionadas ao ensino de Geografia e a formação de professores historicamente construídas na escola pública, em diferentes escalas geográficas

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, João do Prado Ferraz de Carvalho, Umberto de Andrade Pinto, Isabel Melero Bello, Marieta Gouvêa de Oliveira Penna, Celia Batista Serrão, Itale Luciane Cericato, Barbara de Souza Orlandin, Andressa Baldini da Silva, Fabio Santos Bouças, Renata Nassralla Kassis

      Desde 2022

    • Mapeamento e Reconhecimento dos Coletivos Culturais da Cohab José Bonifácio Itaquera

      Este projeto está inserido num programa de pesquisa Estudos Urbanos e Interdisciplinaridade que tem como objetivo estimular, oferecer suporte e acompanhar atividades de pesquisa e extensão realizadas no âmbito do Instituto das Cidades da Universidade Federal de São Paulo. Ao dialogar com temas contidos no espectro temático desse programa, como a produção intelectual e cultural oriunda das periferias urbanas; a educação formal na cidade; as práticas pedagógicas e ações educativas associadas aos processos de urbanização; os conflitos urbanos e movimentos sociais e diferentes sujeitos políticos, propõem-se o papel dos coletivos culturais da Zona Leste, no Conjunto Habitacional José Bonifácio (COHAB 2) - Itaquera, a luz do reconhecimento de suas vinculações e em suas interlocuções com a escola pública, associando-se às relações estabelecidas entre coletivos culturais, escolas públicas e cidades a partir da compreensão da participação popular

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2020 a 2020

    • Egressos de cursos de licenciaturas e inserção profissional na docência em territórios de alta vulnerabilidade

      O foco da pesquisa é conhecer como egressos dos cursos de Licenciaturas que atuam em classes dos anos iniciais do ensino fundamental em escolas públicas da rede estadual ou municipal de ensino, vivenciam os primeiros anos de inserção no magistério. O objetivo principal é identificar elementos que caracterizam seu preparo para a iniciação na profissão em regiões de alta vulnerabilidade. A amplitude do universo de pesquisa é demarcada pelo que estamos denominando de Região do Alto Tietê que compreende os municípios de Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano, Biritiba Mirim, Salesópolis, Santa Isabel, Guarulhos, Arujá e parte da região leste do município de São Paulo. Com o desenvolvimento da pesquisa espera-se alcançar os seguintes objetivos específicos: a) reunir informações da região, descrevendo suas características quanto aos sistemas educacionais, dados sócio econômicos e índices de vulnerabilidade; b) organizar dados das escolas da região e traçar perfil de professores que atuam nos anos iniciais do ensino fundamental; c) identificar professores que se encontram no início da carreira, aspectos que caracterizam o seu preparo para a iniciação na profissão em regiões de alta vulnerabilidade e relacionar dados sobre inserção profissional e desistência da carreira. Trata-se de pesquisa teórico-empírica, de abordagem qualitativa, cuja produção de dados se dará por meio de survey e entrevistas semiestruturadas. O grupo responsável pela investigação é composto por pesquisadores doutores, mestres, doutorandos, mestrandos e professores da rede municipal e estadual de ensino. Durante o desenvolvimento da pesquisa será organizada plataforma digital pública para criação de repositório de dados (legislação, produções científicas nacionais e internacionais; dados da própria pesquisa) com vistas à criação de um Observatório de Inserção Profissional, Desenvolvimento Profissional Docente e Inovação Pedagógica. Espera-se com os resultados da pesquisa produzir indicadores indutores de políticas públicas municipais relacionadas ao ingresso na carreira e à formação de professores.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Silvia Lopes Raimundo, Ricardo Barbosa da Silva, Jorge Luiz Barcellos da Silva, Magali Aparecida Silvestre, Vanessa Lidiane Dominiciano Bezerra, Amanda Amaro, Alcione Zaniboni Corral, Ana Alice Izidorio Fernandes, Sonia Regina Paroni, Ana Paula Reis Felix Pires, Sandra Altino de Queiroz Resende, Sheilla André Carlos da Silva, Zilda Borges da Silva, Alessandra Braga Souza, Marlucia Silva Vieira

      Desde 2018

    • Professores nas cidades: experiências urbanas, escola pública em periferias , fundamentos teóricos e práticas pedagógicas

      Esse projeto de pesquisa tem como objetivo geral investigar como os professores iniciantes do ensino fundamental, da Zona Leste de São Paulo e da Região dos Pimentas de Guarulhos retratam a luz da experiência de viver em cidades suas inserções profissionais na escola pública periférica, seus fundamentos epistemológicos , seus saberes docentes, e suas práticas pedagógicas.Para compreendermos a proposta temos de partir do princípio de que vivemos o capitalismo e, portanto, mais que um ser exógeno a ser evidenciado, ele é a nossa própria maneira de viver. Trata-se, por sua vez, do único modo de produção que conseguiu absorver todas as formas de vida criadas pela humanidade sendo que, ao mesmo tempo que as absorve, recria-se sob novos parâmetros. Sua realização, seja em diferentes escalas e diferentes lugares, seja nas inserções na vida urbana, nos currículos, na formação docente, ou ainda nas práticas pedagógicas é, igualmente, a materialização de um amplo conjunto de valores, comportamentos, leituras de mundo. Essa maneira de viver possui, portanto, um currículo que, na diversidade da produção, circulação e construção de ideias do/no mundo, da /na cidade, se ajusta e se confronta com tudo que lhe é externo para que possa realizar o que possui de estrutural a fim de garantir seu processo de acumulação ou reprodução ampliada.À luz desse movimento, entendemos o quanto é importante pensar sobre as maneiras como os professores que vivem e trabalham nas escolas públicas periféricas das grandes cidades têm reconhecido suas interpretações e apropriações da cidade, assim como resistido (ou não) às imposições curriculares e recriado os saberes docentes e práticas pedagógicas construídas na escola.Nesse sentido, o ponto de partida da discussão toma como referência a compreensão de que viver em cidades (no campo ou em alhures) possui um currículo que estabelece normas de convivência e reprime ou absorve suas contradições.Em nosso dia a dia, seja em cidades grandes, médias ou pequenas, podemos constatar aprendizagens de inúmeras situações. Desde aprender a usar o transporte de massas, dirigir um automóvel, uma bicicleta, assistir televisão, ir ao cinema ou museus, comprar algo em uma loja, se vestir, falar, escrever e ler, assim como desenvolver a capacidade de estabelecer relações de solidariedade específicas do mundo urbano etc. que configuram todos os aspectos de nossa vida. A cidade é a materialidade topologicamente identificável das relações capitalistas (SANTOS, 2002), caracterizando nesse processo comportamentos aqui entendidos como de urbanidade (MOREIRA, 2014).Quando a escola faz a opção de ? oferecer aos sujeitos os elementos necessários à sua inserção na vida urbana como o acesso à cultura escrita e [o dimensionamento de como] a vida da cidade é organizada pela escola? ( FILHO,2006,p.113) (grifo nosso) podemos pensar os sentidos das práticas pedagógicas. Está em curso a tentativa de se reconhecer os significados que essas escolhas têm na vida dos professores, da instituição e de seus alunos e, portanto, como de fato pode ocorrer a incorporação de saberes, culturas, valores , leituras/escritas de/sobre mundo que refletem as lutas de diferentes grupos sociais.Com essas ponderações, essa pesquisa busca ouvir, por meio de depoimentos, os professores iniciantes na carreira dos 4°, 5°, 6º e 7º anos de escolas das redes públicas municipais e estaduais , sem deixar de estabelecer vinculações entre o Estado, por meio da dimensão das políticas públicas, o currículo da escola e indagações sobre a relação entre experiências urbanas e autonomia/profissionalidade docente. Essa escuta que toma como referência os percursos formativos dos docentes e ações educativas associadas aos processos de urbanização dialoga com os aportes de Cavalcante, Bordieu, Thompson, Novoa, Zeichener, Harvey, Wacquant, Faria Filho, Goodson, Algebaile

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Felipe Jose do Nascimento Henrique

      2018 a 2022

    • Construção coletiva de narrativas do percurso formativo do curso de extensão Conflitos Urbanos e Direito à Cidade

      O curso de extensão Conflitos Urbanos e Direito à Cidade, oferecido pelo Instituto das Cidades, Campus Zona Leste, período: agosto a novembro de 2017 permitiu aos participantes a oportunidade de reconhecer e problematizar diferentes tipos de conflitos assim como organizar proposições de estratégias gerais para o enfrentamento dos mesmos em três territórios: Jardim Helian, Jardim Colônia e Pinheirinho 2 na zona leste de São Paulo. O curso possibilitou, ainda, a elaboração da sistematização das experiências e a elaboração da narrativa individual de cada participante sobre o seu percurso formativo, que foi entregue no final do curso. Para criar subsídios e permitir a revisão e redação final das narrativas, previu-se, como estratégia geral, duas oficinas presenciais com os objetivos de: 1. Analisar coletivamente as narrativas individuais entregues no final do curso como condição para verificar as aprendizagens e os conteúdos, as linguagens utilizadas, as condições oferecidas, as dificuldades encontradas; 2. Dialogar sobre os resultados esperados, as estratégias gerais, condições e agenda para o processo de construção coletiva do caderno de narrativas do curso, 3. Oferecer condições para a revisão das narrativas de cada participante e ajustes de formato; 4. Produzir coletivamente um caderno, contendo o percurso formativo do curso de extensão, as narrativas de cada participante e as sugestões para melhoria do curso. Público a ser atendido: participantes do curso de extensão Conflitos Urbanos e Direito a Cidade que entregaram as narrativas finais no prazo estipulado.

      2018 a 2018

    • Curso de extensão Conflitos Urbanos e Direito à Cidade

      O curso de extensão identificará situações-problema em conflitos urbanos e direito à cidade. A partir de casos concretos, referenciados nas experiências dos participantes, serão mapeados territórios e agentes em conflito, em suas várias dimensões, políticas públicas, ações de resistência e mobilização. O reconhecimento das situações também será explorado por meio de jogos, cartografias críticas, mapas temáticos, diagramas, produção de vídeos e exercícios de dramatização. O objetivo é mobilizar e articular diversos conhecimentos e saberes, para avançar no entendimento sobre a dinâmica e interesses na produção social do espaço, a atuação do Estado e dos múltiplos atores envolvidos, possibilitando a compreensão multidimensional dos conflitos urbanos. Os exercícios, baseados em demandas sociais, contextos reais e aprendizado por problemas, irão ao fim solicitar a proposição de estratégias e ações. O curso apresenta processos e estratégias que poderão ser mobilizadas pelos participantes futuramente em contexto de educação não formal e popular, mobilização, organização e planejamento governamental. É, igualmente, uma introdução aos temas e metodologias do Instituto das Cidades da Unifesp e implantação, e sua proposta político pedagógica.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Cledson Akio Sakura, Zysman Neiman, Pedro Fiori Arantes, Ioshiaqui Shimbo, Gabriela de Brelàz, Joana Silva Barros

      2017 a 2017

    • O sentido social e fundamentos teóricos metodológicos do ensino de Geografia na perspectiva de professores dos anos iniciais do ensino fundamental em escolas de alta vulnerabilidade: aproximações em territórios constituintes da identidade docente

      O projeto tem como objetivo investigar a relevância da Geografia escolar a partir do que os professores polivalentes, localizados em escolas da periferia de Guarulhos pensam e praticam no lugar do exercício profissional. Identifica os entendimentos a respeito do conhecimento construído na escola, seus fundamentos e suas metodologias desenvolvidas. Essa agenda de trabalho busca contribuir para a compreensão de processos relacionados a constituição da identidade do professor dos anos iniciais do ensino fundamental, destacando o reconhecimento de suas racionalidades e de seus encaminhamentos metodológicos relacionados ao componente curricular Geografia.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Marcos Antonio de Moraes Xavier, Cledson Akio Sakura, Anderson Rosa, Zysman Neiman, Pedro Fiori Arantes, Ricardo Moretti, Ioshiaqui Shimbo, Gabriela de Brelàz

      2016 a 2018

    • Relações entre Escola pública, Famílias e Professores: territórios enredados

      Esse estudo propõe estabelecer aproximações entre as áreas Geografia e Educação, desenvolvendo encaminhamentos que buscam efetivar leituras geográficas como ferramenta analítica no contexto da formação de professores. como já o fizeram (e têm feito), em relação a Educação, algumas áreas do conhecimento como a Sociologia, História, Filosofia, Antropologia, Economia, Psicologia entre outras. Aborda os fenômenos educacionais tendo como referência suas localizações, colocando em evidência o que o movimento da empiria pode revelar. Trata-se de um procedimento teórico-metodológico convergente que, ao abordar temáticas como escola pública, famílias, professores, alunos, gestores educacionais e processos de ensino e aprendizagens etc. se consubstancia pela perspectiva espacial, entendendo esse termo como aquele que se inicia pelos aspectos locacionais, distributivos e de coexistência que os fenômenos educacionais portam. A busca das convergências entre a Geografia e Educação é resultado de indagações, ponderações e achados construídos no interior da escola pública. Procuramos identificar como os estudos geográficos dos processos de ensino aprendizagens se constituem em uma opção teórico-metodológica no que se refere a área de formação inicial e permanente de professores. Para esse desafio refletimos sobre a premissa de que os estudos sobre a construção da identidade do professor passa pela necessária identificação e opção de ferramentas que lhes permitam dimensionar seus pertencimentos aos processos que fazem parte . Nesse sentido, suas localizações - adquirem uma importância vital, em função do fato de estarmos falando das espacialidades socialmente construídas. Trata-se de indagarmos sobre as territorialidades no cotidiano das escolas e seus respectivos significados para quem se prepara ou já atua, seja na gestão educacional ou na docência. Com essas preocupações, a proposição de um projeto denominado Relações entre Escola pública, Famílias e Professores : territórios enredados se articula pensando nos aspectos locacionais da instituição, reconhecendo quem são os elementos que as constituem e como estão distribuídos no interior das dinâmicas escolares. As diferentes localizações e distribuições de gestores educacionais, alunos, professores, famílias e outros participantes que vivem e definem o significado de lugar para a escola, são identificadas a partir da dimensão territorial que as relações sociais constroem e, nessa direção, podemos pensar na distinção, indagação e ponderação sobre os significados das diferentes formas de poderes e conflitos que ali se configuram.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2015 a 2017

    • Laboratório Interdisciplinar para Formação de Educadores da UNIFESP (LIFE)

      O projeto tem como objeto a criação de laboratórios interdisciplinares de formação docente a serem compartilhados por todas as licenciaturas dos campi Diadema e Guarulhos da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Tais laboratórios constituir-se-ão em ambientes voltados à idealização, implementação e avaliação de práticas pedagógicas adequadas para as licenciaturas, a formação continuada de professores e o ensino básico, sempre calcados em investigações das múltiplas dimensões e manifestações da linguagem e de seu desenvolvimento. Nesse contexto, a articulação entre conhecimentos, práticas e tecnologias educacionais nas diferentes licenciaturas será privilegiada. Trata-se, dessa forma, de espaço interdisciplinar para formação de educadores e para a formação continuada de professores onde pesquisa, prática, ensino e aprendizagem são considerados indissociáveis e onde as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) são vistas como recurso para a interação, instrumentos do docente-pesquisador e do aluno-pesquisador (em suas primeiras experiências com a pesquisa) e, ao mesmo tempo, como possíveis recursos didáticos. Observa-se, pela descrição acima, que o mencionado ambiente e seus recursos representarão contribuição relevante no fortalecimento do tripé ensino-pesquisa-extensão.. Situação: Em andamento; Natureza: Outra. Integrantes: Terezinha Maria Sprenger - Coordenador / Verilda Speridião Kluth - Integrante / Marcelo Roberto Souto de Melo - Integrante / Clecio dos Santos Bünzen Jr. - Integrante / Flamínio de Oliveira Rangel - Integrante / Lígia A. Azzalis - Integrante / Luciana Aparecida Farias - Integrante / Shirley Possidonio - Integrante / Thaís Cyrino de Mello Forato - Integrante / Edna Martins - Integrante / Jorge Luiz Barcellos da Silva - Integrante / Lucila Maria Pesce de Oliveira - Integrante / Maria de Fátima Carvalho - Integrante / Sueli Salles Fidalgo - Integrante. Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2012 a 2015

    • OBEDUC - Desenvolvimento Profissional Docente e Inovação Pedagógica: estudo exploratório sobre contribuições do PIBID

      A contribuição do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID para o desenvolvimento profissional de professores da Educação Básica constitui foco temático deste projeto que articula experiências e estudos de grupos de pesquisa de três Programas de Pós-Graduação situados nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil. Seu propósito reúne indagações sobre a formação centrada na escola vivenciada por professores que participam como coformadores no Programa e sua contribuição para o desenvolvimento profissional desses docentes, em particular para a melhoria e inovação das práticas de ensino. Compõe o Programa Observatório da Educação, Edital CAPES n. 049/2012 e possui como objetivo: a) Identificar aspectos da experiência formativa do PIBID que assinale contribuições para fomentar uma profissionalidade docente superadora da racionalidade técnica e que posicione os professores da Educação Básica como sujeitos produtores de saberes sobre sua profissão; b) Favorecer a pesquisa em rede sobre desenvolvimento profissional docente, consolidando grupos de pesquisa nessa área; c) Organizar dados educacionais regionais no âmbito do eixo Nordeste e Sudeste - Ceará, Minas Gerais e São Paulo - produzidos pelo INEP, como subsídio ao aprofundamento de estudos sobre o perfil das escolas e dos professores que compõe o PIBID

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Verilda Speridião Kluth, Thaís Cyrino de Mello Forato, Terezinha Maria Sprenger, Marcelo Roberto Souto de Melo, Clecio dos Santos Bünzen Jr., Flamínio de Oliveira Rangel, Lígia A. Azzalis, Luciana Aparecida Farias, Shirley Possidonio, Edna Martins, Lucila Maria Pesce de Oliveira, Maria de Fátima Carvalho, Sueli Salles Fidalgo

      2013 a 2017

    • PIBID/UNIFESP 2012

      : O Programa Institucional de Bolsas a Iniciação à Docência PIBID é uma iniciativa do governo federal que visa ao aperfeiçoamento e a valorização da formação de professores para a educação básica. Possui como objetivo principal desenvolver ações voltadas à formação inicial de licenciandos e formação continuada de professores em local de exercício da docência, vinculado à política de formação de professores da Educação Básica da CAPES. Nessa direção e tendo como princípio o compromisso que a UNIFESP possui, em seus cursos de licenciatura, de formar professores para a escola pública, o campus Guarulhos, representado por docentes que compõem o curso de Ciências Sociais e Pedagogia, em parceria com o campus Diadema, representado por professores que compõem curso de Ciências, é responsável pelo PIBID/UNIFESP 2012. Projeto composto por sete subprojetos promove a inserção de estudantes no contexto da escola pública, nos municípios de Guarulhos e Diadema, durante sua formação acadêmica, para que desenvolvam atividades didático-pedagógicas, com a orientação de um docente da licenciatura e de um professor da escola pública, denominado supervisor. Este projeto visa a um trabalho integrado entre escola básica e universidade, tanto nas séries iniciais como nos anos finais dessa modalidade de ensino. A ação conjunta entre os docentes supervisores das escolas e os professores da Universidade ocorre no sentido de propor temas para a discussão e trabalho dos alunos envolvidos nas iniciativas previstas nos subprojetos. Nesse sentido, pretende-se que haja uma troca entre os saberes práticos dos professores em sala de aula, que constituem um repertório didático construído ao longo de anos de escolarização e de vivência do lugar de professor, e os conhecimentos teóricos da universidade, que permitem o distanciamento com relação às demandas e urgências da prática.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Magali Aparecida Silvestre, João do Prado Ferraz de Carvalho, Umberto de Andrade Pinto, José Rubens Lima Jardilino, Isabel Maria Sabino de Farias, Giodésia Conceição Gomes de Araújo, Denise de Sousa Gomes Llata, Ana Alice Fernandes Nagahama, Glauber Guimarães Feitosa, Maria Liduína Facundo Severo, Simone Carvalho de Oliveira Pereira da Silva, Vanessa Lidiane Dominiciano Bezerra, adalberto adao dire

      2012 a 2018

    • Cartografias dos saberes e das práticas docentes: (des)continuidades (?) das Geografias escolares no Ensino Fundamental de 9 anos.

      Esse projeto focaliza as Geografias escolares no ensino fundamental de 9 anos. Investiga de um lado como os professores polivalentes do 5º ano e os professores especialistas do 6º ano da escola pública concebem seus saberes e articulam suas práticas pedagógicas para ensinar Geografia, e, de outro como identificam os sentidos dos diferentes componentes curriculares. Pesquisas como de Libâneo (2010), Callai (2009) e Gatti (2009), por caminhos diferentes, assinalam como tem se desdobrado o ensino de conteúdos específicos nas graduações de Pedagogia. Revelam que os professores em formação, chegam ao final de sua graduação, com diminutas ponderações (e vivências) no que tange identificar a natureza de cada componente curricular. As problematizações das diferentes áreas do conhecimento voltadas para os sentidos do ensino (e aprendizagem) dos componentes curriculares nem sempre ficam evidentes. A formação do professor polivalente tem se apresentado na prática e nos seus resultados com uma frágil identidade profissional. Sobre essa questão, a relação entre a construção da identidade profissional e os sentidos dos conteúdos específicos das disciplinas a serem ensinadas nos anos iniciais destacamos que, em grande parte dos cursos investigados, as matrizes curriculares apresentam uma organização que nos permite indagar: como se constrói e operacionaliza as fundamentações e práticas dos profissionais em formação? Mesmo que tenhamos a clareza de que a existência de uma matriz com outra natureza e articulação não é a garantia de uma vigorosa formação docente, a questão delineadora é a concepção de teoria e prática apartadas, subsidiando a formação do professor dos anos iniciais. Vale assinalar, ainda, que essa perspectiva metafísica, não é exclusiva a formação do professor polivalente, ela se faz presente em grande parte das licenciaturas voltadas a formação do professor especialista. Nelas há enquadramentos durantes os trajetos formativos que revelam os impasses.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Magali Aparecida Silvestre, Henrique Zoqui Martins Parra, Verilda Speridião Kluth, João do Prado Ferraz de Carvalho, André Amaral Gonçalves Bianco, Vanessa Dias Moretti, Ligia Ajaime Azzalis, Thaís Cyrino de Mello Forato, Marilena Aparecida de Souza Rosalen

      2010 a 2014

    • Diálogos Pertinentes - proposições para um projeto de formação de professores da Educação Básica

      Esse projeto está localizado no âmbito do Programa de melhoria da qualidade das licenciaturas - PRODOCÊNCIA - CAPES, edital 028/2010. O projeto reúne seis cursos de Licenciatura da Unifesp: Pedagogia, História, Sociologia, Letras, Filosofia (Campus Guarulhos) e Ciências (Campus Diadema). Em continuidade ao Projeto de Residência Pedagógica aprovado em 2007, a proposta atual pretende agregar elementos que contribuam para a consolidação do Programa de Residência Pedagógica PRP - no Curso de Pedagogia e para a aproximação entre todas as licenciaturas da UNIFESP por meio de ações que envolvem o estudo sistemático da formação inicial de professores das diversas áreas da educação básica, o contato com profissionais de outras instituições formadoras, o conhecimento e a partilha de experiências exitosas no campo e a criação de condições favoráveis para a concepção coletiva de uma instância universitária em que as questões relativas à formação de professores possam ser tratadas de modo qualificado, técnica e politicamente, inspirando um modelo mais orgânico e menos burocrático, que tenha por meta a excelência no campo, produzindo uma política institucional para a formação de professores na perspectiva da "valorização da formação e a relevância social dos profissionais do magistério . O projeto envolve o desenvolvimento de estudos de aprofundamento relativos à metodologia de formação prática instituída pelo Programa de Residência Pedagógica do Curso de Pedagogia da Unifesp e a construção de um núcleo de estudos sistemáticos sobre formação inicial de professores para produzirmos, coletivamente, proposições para um projeto institucional de formação de professores para a Educação Básica.

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva

      2010 a 2012

    • Formação continuada de professores e o uso do estudo da meio como metodologia no ensino de história e geografia para os anos iniciais do Ensino Fundamental.

      O projeto insere-se na proposição da Rede Nacional de Formação Continuada de Professores, prevista no âmbito do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. Trata-se da articulação de cinco subprojetos de cursos propostos por professores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), direcionados aos docentes das redes públicas de educação infantil, ensino fundamental e médio. O sub-projeto Formação continuada de professores e o uso do estudo da meio como metodologia no ensino de história e geografia para os anos iniciais do Ensino Fundamental. tem como objetivos produzir subsídios ao trabalho pedagógico de professores não especialistas em história e geografia que atuam nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Apresenta uma proposta de formação continuada que se organiza a partir da necessidade de desenvolver com o educador formas de trabalhar temas como a história local e do cotidiano e a leitura da paisagem local, e elege o estudo do meio como uma das metodologias adequadas a esses estudos. A formação no sentido da utilização organizada e competente dessa metodologia permite ao educador levar os seus alunos a conhecerem e estudarem o bairro como unidade espaço-temporal, considerando-o como local de pertencimento e de construção de identidade social. Integrando ensino e pesquisa, o estudo do meio potencializa a prática do professor na direção do conhecimento sistemático do espaço, da história, dos alunos e da comunidade atendida pela escola, o que justifica a proposta de um curso de formação, presencial que permita aos professores um melhor domínio desse instrumento de trabalho no seu fazer pedagógico..

      Autores: Jorge Luiz Barcellos da Silva, Marieta Gouvêa de Oliveira Penna, GOMES, M. O, João do Prado Ferraz de Carvalho, Magali Aparecida Silvestre, PINTO, Umberto. A, Maria Rita Toledo, Celia Maria Benedicto Giglio, Lucila Pesce, Henrique Zoqui Martins Parra, Alexandre Pianelli Godoy, Verilda Speridião Kluth, Marcia Aparecida Jacomini, Marcia Cristina Romero Lopes, Daniel Revah, Cláudia Barcelos de Moura Abreu, Maria Angelica Pedra Minhoto, Claudia Vóvio

      Desde 2010

    Outras atividades técnico científicas

    Atualização Lattes em 2024-02

    Processado em 2024-03-02