A xenofobia racializada e recepção seletiva a determinados grupos de imigrantes no Brasil: questões para as ciências sociais e a educação

Inscrições abertas até 13/12/2023

Cartaz Palestra A xenofobia racializada e recepção seletiva a determinados grupos de imigrantes no Brasil CARLOS JOSE LIRIO

No âmbito da unidade curricular (UC) Tópicos em História, Cultura e Linguagens Afro-Brasileiras, cujas atividades de extensão estão diretamente vinculadas ao Projeto Memorial Digital do Refugiado (MemoRef), da Unifesp, e, também, em articulação com as UCs Sociolinguística e Políticas Governamentais para o Ensino de Línguas e Literatura na Escola Básica, será realizada a palestra A xenofobia racializada e recepção seletiva a determinados grupos de imigrantes no Brasil: questões para as ciências sociais e a educação.

O objetivo da palestra é oferecer aos(às) estudantes que, neste semestre letivo, estão matriculados(as) nas referidas UCs, mas também aos(às) demais estudantes, professores(as), pesquisadores(as) e comunidade em geral, a oportunidade de terem um primeiro contato com ou um aprofundamento em questões como migração, xenofobia e racismo, tão prementes para as sociedades contemporâneas e, em especial, para a sociedade brasileira, que, cada vez mais, tem recebido (nem sempre de forma adequada) imigrantes advindos(as) de todas as partes do mundo, geralmente em busca de condições dignas de vida, estas já inexistentes em seus países de origem devido à opressão do Estado, violência e/ou vulnerabilidade social.

Os(As) palestrantes – Deivison Mendes Faustino, professor do Campus Baixada Santista e Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Políticas Sociais da Unifesp, e Leila Maria de Oliveira, professora da Rede Municipal de Santo André e do Programa de Pós-Graduação em Educação da PUC-SP – discorrerão sobre os critérios de aceitação e distinção em sociedades pautadas pela colonização, nas quais existe um cenário de distribuição desigual de acolhimento a estrangeiros, que varia de acordo com sua origem e heteroclassificação nos marcadores sociais de diferença locais. Tal seletividade, nomeada por esses dois pesquisadores como xenofobia racializada, determina características sociológicas peculiares às dinâmicas migratórias no contexto particular brasileiro.

Serviço:
A xenofobia racializada e recepção seletiva a determinados grupos de imigrantes no Brasil: questões para as ciências sociais e a educação
Data e horário: 14 de dezembro de 2023 das 19h15 às 22h
Público-alvo: professores(as), profissionais das áreas de humanas, saúde e educação, estudantes de graduação e pós-graduação da Unifesp e comunidade em geral
Local: EFLCH/Unifesp - Campus Guarulhos (Estrada do Caminho Velho, 333 - Jardim Nova Cidade, Guarulhos/SP)
Inscrição
Lido 382 vezes Última modificação em Quarta, 13 Dezembro 2023 10:42

Mídia