Bandar Live Casino
Sexta, 25 Março 2022 10:52

Saúde dos(as) calouros(as) é tema de projeto de extensão da Eppen/Unifesp

O Saúde 10, promovido pela Atlética do Campus Osasco, oferece aos(as) ingressantes atividades voltadas para a saúde física e mental

Por José Luiz Guerra

Atividades promovidas pelo "Saúde 10"
Atividades promovidas pelo "Saúde 10"

Uma das fases mais difíceis da vida acadêmica é, sem dúvida, a busca por uma vaga na universidade. São horas de estudo, abrindo mão dos encontros com amigos e família, tudo em busca de uma vaga em alguma instituição de ensino. Ser aprovado em uma delas traz muita alegria, mas a pressão para alcançar esse objetivo pode desencadear diversos problemas. Os(as) calouros(as) da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (EPPEN/Unifesp – Campus Osasco), têm um espaço para aliviar a tensão e cuidar da saúde física e mental: o projeto Saúde 10.

Criado pela Associação Atlética Acadêmica Unifesp Osasco (AAAUO), o projeto surgiu em 2017, em princípio como um evento, denominado “I Semana de Valorização à vida da EPPEN”. A ação foi realizada novamente em 2018 e 2019. Em 2020, já no contexto da pandemia de covid-19, foi realizado de forma remota, mas com um novo nome “Sinta-se em casa” e com a ampliação do tempo de permanência do projeto, que passou de uma semana para um mês. Já em 2021, as experiências acumuladas contribuíram com a criação do projeto Saúde 10, também com a ampliação do tempo, ofertando ações por mais de um semestre.

Roda de conversa promovida pelo "Saúde 10"
Roda de conversa promovida pelo "Saúde 10"

O projeto foi pensado com o objetivo de promover saúde mental entre os/as estudantes, incluindo ingressantes da Unifesp, através da prática de exercícios físicos, dicas de autocuidado, dicas de estudos, formas de entretenimento e lazer, higiene do sono e alimentação balanceada. Tal disposição visa levar aos participantes à uma melhor situação psicológica, visando a melhor integração ao curso escolhido. As atividades incluem também conscientização de temas de importância coletiva, como saúde mental e física e discussões de gênero, raça e etnia.

Susana Zheng, estudante do curso de Relações internacionais e atual vice-presidente da AAAUO explica que, além do bem estar físico e psicológico, o projeto também ajuda na integração. “A Atlética é uma das primeiras instituições com a qual os(as) alunos(as) tem contato. Então eles(as) acabam se interessando em participar”. Zheng lembra ainda que a participação é voluntária, tanto dos(as) alunos(as) quanto dos(as) profissionais que colaboram com o projeto, oferecendo as atividades específicas.

Equipe responsável pelo projeto "Saúde 10"
Equipe responsável pelo projeto "Saúde 10"

Apoio do NAE

O Saúde 10, desde a sua criação, conta com o apoio do Núcleo de Apoio Estudantil (NAE) do Campus Osasco, órgão multiprofissional da Unifesp que acompanha o desenvolvimento acadêmico de estudantes, apoiando a permanência, que inclui a temática da saúde física e mental dos(as) estudantes do campus. O serviço colabora com a sugestão de particerias, no aprofundamento em alguns temas e na qualificação técnica. “Nossa colaboração principal é no pré-evento, mas só no esclarecimento de algumas questões. Depois é literalmente com eles”, explica Carlos Eduardo Burgos Dias, pedagogo do NAE.

Os profissionais do núcleo reconhecem a importância do projeto por trabalhar pelo bem estar dos participantes. “A perspectiva de saúde mental sempre foi importante e hoje compreendemos a questão holística da saúde, como ter rotina de estudos, negociar prazos, altruísmo, prática de atividades físicas, alimentação, meditação... é preciso pensar na saúde de forma abrangente para ampliar a sensação de bem estar”, comenta Camila Moreira, psicóloga do NAE.

Para conhecer mais sobre o Saúde 10, acesse o perfil do Instagram da Associação Atlética Acadêmica Unifesp Osasco.

*Obs.: As fotos foram tiradas antes da pandemia de covid-19

Lido 787 vezes Última modificação em Quarta, 20 Abril 2022 12:48

Mídia