Quarta, 20 Setembro 2023 12:43

Laboratório de Anatomia Microneurocirúrgica da EPM/Unifesp recebe novos equipamentos

Por meio de parceria público-privada, nova aparelhagem ajudará nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e assistência

Por José Luiz Guerra

O Laboratório de Anatomia Microneurocirúrgica da disciplina de Neurocirurgia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo recebeu, na última sexta-feira (15/9), novos equipamentos frutos de uma parceria público-privada (PPP) com a empresa Medtronic®. Os aparelhos de última geração, do modelo Midas Rex® (MR8), serão utilizados nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e assistência, elevando a capacidade do laboratório em reproduzir as técnicas que serão utilizadas nas cirurgias.

Feres Chaddad durante evento que marcou o recebimento dos novos equipamentos
Feres Chaddad durante evento que marcou o recebimento dos novos equipamentos

O chefe da Neurocirurgia Vascular e do Laboratório de Anatomia Microcneurocirúrgica, Feres Chaddad, celebrou a ocasião, ressaltando que o recebimento dos equipamentos aumenta a capacidade de atuação do laboratório, que já é uma referência na área, proporcionando a publicação de diversos artigos nos principais periódicos científicos do mundo. “Hoje tenho orgulho de falar que o setor de Neurocirurgia da EPM/Unifesp é líder na América Latina em qualidade de assistência e ensino. E a técnica que praticamos no laboratório vai para o centro cirúrgico, beneficiando o paciente”. Chaddad relembrou a trajetória desde o início do laboratório até os dias atuais. “Começamos o projeto em 2013, com um pequeno espaço físico, com apenas quatro estações de trabalho. Foi feita uma vaquinha entre os(as) docentes, que contribuíram para a compra de quatro microscópios. Com a nossa insistência, foi aprovado o projeto do laboratório que hoje possui 21 estações fixas, sendo considerado o maior do mundo, e equiparado ao da Saint Louis University, que é referência mundial na área”. Atualmente, segundo ele, pessoas de diversas partes do planeta procuram o laboratório para a realização de treinamento. “Nosso doutorado tem mais de 50% de estudantes de fora do Brasil. Aqui circulam, anualmente, de 200 a 300 pessoas de várias partes do mundo”.

O docente fez questão de lembrar que todo o processo, tanto para a celebração da PPP quanto para a realização de cursos e eventos, segue todos os trâmites da universidade, e os recursos são totalmente revertidos para a instituição. Chaddad reforçou ainda que, com o recebimento dos equipamentos, o laboratório poderá atingir padrões das principais universidades do mundo, ajudando a desenvolver habilidades das pessoas que passam pelos treinamentos, e agradeceu o apoio da Reitoria, desde a gestão da reitora, Soraya Smaili (2013-2021), presente no evento, até a atual, representada pela reitora, Raiane Assumpção, e pela vice-reitora, Lia Bittencourt. Agradeceu também à direção da EPM/Unifesp, ao também docente da disciplina Ricardo Centeno, ao professor titular da disciplina de Neurocirurgia, Sergio Cavalheiro, à técnica de laboratório Ildonete Rodrigues de Almeida e a toda a equipe.

Nelson Vicari, executivo da Medtronic®
Nelson Vicari, executivo da Medtronic®

O executivo da área de cuidados com a saúde da Medtronic®, Nelson Vicari, agradeceu à equipe do Laboratório de Neuromicrocirurgia pela oportunidade de contribuir com a formação de bons profissionais e com o desenvolvimento científico. “Esperamos que esses produtos possam trazer para todos(as) uma educação continuada, forte e que possamos juntar de maneira bem forte a melhor empresa do mundo e o melhor laboratório do mundo”. A apresentação do Midas Rex® (MR8) foi feita pelo especialista de produto de Neurocirurgia, Pedro Paulo Gomes.

27a

O professor titular da disciplina de Neurocirurgia, Sergio Cavalheiro, prestou uma homenagem ao professor Albert Rhoton Jr, falecido em 2016, e pioneiro na área. “Tive oportunidade de fazer um curso com ele quando eu era residente. Hoje ele está aqui, na pessoa do professor Feres Chaddad, que também realizou treinamento no laboratório dele e, hoje, o nosso laboratório é um espelho do trabalho do professor Rhoton”. Cavalheiro disse que um dos objetivos de sua equipe, desde quando se tornou professor titular, sempre foi colocar a disciplina entre as melhores do país. “A gente inova, inventa e tenta inspirar novas gerações e nada como estar em uma universidade como essa, que nos permite fazer tudo isso. Muito obrigado. Esse laboratório é uma peça fundamental na Neurocirurgia, e eu agradeço em público a todos(as) os(as) professores(as) que ajudam nessa conquista”.

Magnus Regius Dias da Silva, diretor da EPM/Unifesp
Magnus Regius Dias da Silva, diretor da EPM/Unifesp

“A EPM/Unifesp agradece ao Departamento de Neurologia e à disciplina de Neurocirurgia por essa conquista. Ficamos orgulhosos nesse dia e temos essa experiência como um modelo para expandirmos para outros projetos”, destacou Magnus R. Dias da Silva. O diretor da EPM/Unifesp disse ainda que a grande missão da instituição é o de manter o nome da EPM/Unifesp em destaque nacional e internacional e se colocou à disposição para colaborar com novas parcerias.

Raiane Assumpção, reitora da Unifesp
Raiane Assumpção, reitora da Unifesp

“Gostaria de deixar um eterno agradecimento por termos aqui uma reafirmação do que é o papel de uma universidade pública e do interesse público em uma parceria público-privada” declarou a reitora, Raiane Assumpção, que destacou o trabalho conjunto com a vice-reitora, Lia Bittencourt. Raiane agradeceu também à reitora da Unifesp na gestão 2013-2021, Soraya Smaili, reforçando o compromisso de continuar com a edificação da universidade pública, ao chefe de Gabinete, Dan Levy, e à secretária da Reitoria Flávia Patrícia Pinto, que colaboraram com o processo de conclusão da parceria. Agradeceu também ao diretor da EPM/Unifesp, Magnus R. Dias da Silva, destacando a celebração dos 90 anos da instituição, e ao presidente da Comissão de Residência Médica, Fabio Veiga de Castro Sparapani. Ao falar sobre o laboratório, destacou o trabalho dos professores Feres Chaddad, Ricardo Centeno e toda a equipe do laboratório, bem como ao professor titular, Sergio Cavalheiro.

A reitora concluiu sua fala reforçando que a universidade pública brasileira é lugar de excelência na produção de conhecimento, na formação de profissionais, na contribuição para a construção de um projeto de nação e na colaboração com outros países. “Esse laboratório mostra que passamos a não só importar conhecimento, mas também fornecer conhecimento e técnicas, colaborando para a formação de pessoas ao redor do mundo, além de inserir essa inovação no nosso ensino, pesquisa, extensão e assistência”.


Fotos: Alex Reipert

Lido 892 vezes Última modificação em Sexta, 29 Setembro 2023 10:06

Mídia