Terça, 21 Mai 2024 20:40

Parceria entre Unifesp e o Observatório Social do Brasil busca fortalecer a transparência e a cidadania em Osasco e região

Entre os objetivos do projeto de extensão está o incentivo da participação ativa da sociedade na fiscalização dos recursos públicos

Por Paula Garcia

O projeto Fortalecendo a Transparência e a Cidadania é uma parceria entre a Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (EPPEN/Unifesp) - Campus Osasco e o Observatório Social do Brasil (OSB), que tem como objetivo criar ações colaborativas para monitorar as contas públicas de Osasco e região, visando fortalecer a transparência e a cidadania local. Surgiu como fruto de diálogos entre o docente da EPPEN/Unifesp e membro do conselho consultivo do OSB, Ahmed Sameer El Khatib, e Gioia Tumbiolo Tosi, presidente da organização.

“A nossa parte é ajudar no levantamento de dados das prefeituras de Osasco e região, para contribuir com o monitoramento das contas públicas. Essa colaboração é fundamental para a construção de um quadro mais preciso da gestão pública nessa área, permitindo que a sociedade civil e os(as) cidadãos(ãs) tenham acesso a informações mais detalhadas sobre a utilização dos recursos públicos”, explica Khatib.

Esta iniciativa também envolve a colaboração estratégica da Transparência Internacional - Brasil, organização que atua no combate à corrupção e busca projetos dedicados à lisura e à governança pública em diversas regiões do país, como a avaliação da transparência das contas municipais relacionadas às ações contra a covid-19.

Os(as) estudantes de extensão da Unifesp já estão recebendo treinamento da própria Transparência Internacional, e os primeiros relatórios de Carapicuíba e Santana de Parnaíba já foram produzidos. O próximo passo será o compartilhamento desses resultados com as prefeituras para que essas possam implementar as ações de monitoramento.

“Essa colaboração entre a EPPEN/Unifesp, organizações da sociedade civil e órgãos internacionais é fundamental para a construção de um quadro mais preciso da gestão pública em Osasco e região, permitindo que os(as) cidadãos(ãs) tenham acesso a informações mais detalhadas sobre a utilização dos recursos públicos, fortalecendo assim a transparência e a cidadania”, finaliza o docente.

 

Lido 152 vezes Última modificação em Quarta, 29 Mai 2024 10:10

Mídia