Projeto Mar de Alcatrazes é coordenado pelo LabecMar/Unifesp e conta com a participação do CEBIMar/USP e da Unesp

Publicado em Notícias Arquivadas

Diretores das unidades universitárias do Campus Baixada Santista assumiram os cargos em solenidade virtual

Publicado em Notícias Arquivadas
Serão debatidos temas relacionados a geomorfologia costeira, geografia física e aspectos sociais

Publicado em Eventos Arquivados

A publicação está disponível para download gratuito

Publicado em Notícias Arquivadas

O Campus Baixada Santista totalizava, em 2018, oito programas e 50 projetos de extensão ativos, um terço do total da instituição

Entreteses050 ISS IMAR 
Fotografia: José Luiz Guerra

 

Luciana Togni de Lima e Silva Surjus 
Coordenadora da Câmara de Extensão e Cultura do Campus Baixada Santista

Liu Chiao Yi Inoue
Vice-coordenadora da Câmara de Extensão e Cultura do Campus Baixada Santista

Anthony Andrey Diniz
Representante da Câmara de Extensão e Cultura do Campus Baixada Santista

Marcella Santos
Secretária executiva da Câmara de Extensão e Cultura do Campus Baixada Santista

Gelson Ribeiro dos Santos
Estudante do curso de Engenharia Ambiental

O compromisso com uma formação cientificamente qualificada e socialmente referenciada faz o Campus Baixada Santista da Unifesp se destacar com um terço do total das ações extensionistas, finalizando 2018 com oito programas e 50 projetos de extensão ativos. Das 8 áreas temáticas propostas pelo Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (Forproex), os oito programas desenvolvidos em 2018 vincularam-se aos Direitos Humanos e Justiça (33,4%), Saúde (33,3%), Educação (22,2%) e Trabalho (11,1%). Sendo desenvolvidos pelos departamentos de Políticas Públicas e Saúde Coletiva (67%), de Biociências, de Ciências do Movimento Humano, e de Gestão e Cuidados em Saúde (respectivamente, cada um com 11% dos programas ativos).

Já os projetos contemplaram quase a totalidade das temáticas previstas, com exceção da Comunicação, tendo em sua distribuição a predominância nas áreas da Saúde (48%), seguidos de Cultura (13,5%), Educação (13,5%), Meio Ambiente (9,6%), Direitos Humanos e Justiça (7,7%), Trabalho (5,8%), Tecnologia e Produção (1,9%). Foram desenvolvidos em sua maioria pelos departamentos de Ciência do Movimento Humano (27,8%), de Políticas Públicas e Saúde Coletiva (14,8%), de Gestão e Cuidados em Saúde (13%), de Saúde, Clínicas e Instituições (11,1%) e 11,1% pelo Imar/Unifesp, ainda em 2018 enquanto departamento.

Comparando com o ano de 2014, podemos observar a ampliação das áreas de inserção, inicialmente com um predomínio dos projetos na área da Saúde (66,3%), com maior crescimento percebido nas áreas do Meio Ambiente e da Cultura atrelado à expansão da atuação do recente Imar/Unifesp que, naquele ano, realizava apenas 1,3% dos projetos de extensão do campus.

A inscrição comunitária segue se intensificando na Baixada Santista em 2019, tendo em curso 72 projetos com relevante potencial inovador e de transformação social. A Câmara de Extensão e Cultura vem engendrando esforços para realizar o georreferenciamento dos mesmos, visando aumentar sua visibilidade e acompanhar os impactos dessa inserção.

 

Campus Baixada Santista • Extensão em números:
58 programas e projetos de extensão
7 cursos de aperfeiçoamento e especialização
2 programas de residência multiprofissional
118 cursos de extensão e eventos
Dados de 2018
 
Publicado em Edição 12

Sessão solene celebrou os 15 anos da criação do campus

Publicado em Boletins Arquivados

Palestras ocorrem aos sábados, às 10h, no Espaço Cultural da Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto 

Publicado em Eventos Arquivados
Palestra tem inscrições abertas até 11 de outubro
Publicado em Eventos Arquivados
Página 1 de 4